quarta-feira, 17 de julho de 2013

Jorge Sampaio e os Refugiados de Guerra


Então???

Mas eu julgava que de acordo com a versão "politicamente correcta" da História, Salazar tinha fechado as fronteiras transformando Portugal num país medieval e impenetrável a qualquer estrangeiro e/ou influência estrangeira. Uma espécie de Coreia do Norte versão Lusitana.

Até passam a vida a falar da história do Aristides de Sousa Mendes para tentar demonstrar a "perfídia assassina" de Salazar que não se importava de deixar morrer os inocentes e alegadamente, de acordo com a versão "politicamente correcta" da História, Salazar era também um lambe-botas do Nacional-Socialismo alemão, um anti-semita fervoroso e uma máquina de matar implacável que a natureza determinou que viesse a nascer em Santa Comba Dão.

Agora vem o caríssimo Dr. Jorge Sampaio, um homem de esquerda e das "conquistas de Abril", dizer-nos a todos que afinal de contas Portugal acolheu milhares de refugiados durante a Segunda Guerra Mundial.

Pela graça de São Pancrácio, eu até já julgava que pudesse ser preso ou processado por dizer uma coisa destas tão "politicamente incorrecta". Mas como o Dr. Jorge Sampaio o admite, então parece que deve ser mesmo verdade...

Para que o caro leitor fique a saber (talvez até já saiba), para além das crianças austríacas, Portugal recebeu muitos outros milhares de refugiados de inúmeras origens durante a Segunda Guerra Mundial, incluíndo judeus que chegaram a Portugal legalmente e com a autorização do governo de Salazar.

 
Crianças austríacas acolhidas em Portugal ao abrigo de uma acção da Cáritas Portuguesa durante a Segunda Guerra Mundial. Ao todo, Portugal recebeu mais de 5500 crianças da Áustria que fugiam à miséria e ao infortúnio de uma pátria devastada pela guerra.


Notas:
1 - A.C.M - Portugal Vai Acolher Cem Estudantes Sírios. Diário de Notícias. 16 de Julho de 2013. Link: http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3325324. Data da última consulta: 17 de Julho de 2013.


João José Horta Nobre
17 de Julho de 2013

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...