quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Como Wall Street Financiou a Revolução Bolchevique: Uma Verdade Esquecida




"Os homens... são facilmente induzidos a acreditar num modo maravilhoso de governação em que todos podem ser amigos uns dos outros, especialmente quando alguém é ouvido a denúnciar os males agora existentes nos estados, [...]. Estes males, no entanto, são devidos a uma causa muito diferente - a maldade da natureza humana." - Aristóteles in "Política", Livro II, 1263.b15.

A Revolução Bolchevique sempre me cheirou a peçonha e vigarice sem fim. Nunca vi a "coisa" com bons olhos e quanto mais leio sobre o assunto, mais dúvidas tenho sobre o mesmo. Podemos hoje ter a certeza absoluta de que a "versão oficial" sobre a Revolução Russa, propagandeada por Moscovo durante décadas, não passa de uma meia-verdade com inúmeras fabricações, distorções e mentiras descaradas.

Um dos historiadores que mais contribuiu para levantar a verdade possível sobre a Revolução Bolchevique foi Antony C. Sutton (1925 - 2002), autor de Wall Street and The Bolshevik Revolution: The Remarkable Story of The American Capitalists Who Financed The Russian Communists, uma obra fruto de investigação cuidadosa e inteligente, publicada pela primeira vez em 1974, salvo erro.

Durante décadas muitos houve que levantaram a questão das ligações entre Wall Street e os bolcheviques, porém, a propaganda soviética encarregou-se sempre de rebater os acusadores chamando-lhes "lunáticos" e "teóricos da conspiração". Ora, se há coisa que a obra de Sutton deixa claro, é que já não é possível afirmar que as ligações entre Wall Street e os blocheviques são uma mera "teoria da conspiração". Essas ligações existiram, foram profundas e beneficiaram amplamente ambas as partes.

Por exemplo, por que é que a Missão Americana da Cruz Vermelha de 1917 enviada para a Rússia, incluía mais homens ligados ao mundo financeiro de Wall Street do que médicos?

A resposta a esta questão é bastante simples: Os interesses financeiros de Wall Street aproveitaram a Missão Americana da Cruz Vermelha para infiltrarem a mesma e subsequentemente entrarem mais fácilmente em contacto com o governo de Alexander Kerensky e posteriormente com o governo Bolchevique.

Antony C. Sutton baseou-se em fontes históricas obtidas nos arquivos do State Department do governo Estado-Unidense, em documentos pessoais de grandes figuras do mundo financeiro de Wall Street, biografias e testemunhos, de forma a chegar a várias conclusões:

1º -  Os executivos bancários da Morgan tiveram um papel activo na canalização do ouro Bolchevique roubado ao povo russo para os cofres de bancos estado-unideneses.

2º - A Cruz Vermelha foi amplamente utilizada pelas forças poderosas de Wall Street de forma a se infiltrarem na Rússia Bolchevique.

3º - Houve figuras influentes de Wall Street que intervieram pessoalmente na Revolução Bolchevique, nomeadamente foram estas que fizeram pressão de forma a libertar Leon Trotsky, para que este pudesse ficar livre e assim derrubar o governo russo, abrindo o caminho para a Guerra Civil Russa com a qual Wall Street "engordou" mais um pouco.

4º - Várias grandes empresas estado-unidenses celebraram acordos secretos com o governo bolchevique uma década e meia antes de os Estados Unidos reconhecerem o regime soviético.

5º - Houve homens de negócios bem colocados em Wall Street que apoiaram a Revolução Bolchevique em segredo, enquanto simultâneamente, defendiam publicamente o Capitalismo e o mercado livre.

6º - Sem a vital assistência financeira prestada por Wall Street, os bolcheviques nunca teriam conseguido vencer a Guerra Civil Russa.

Estas revelações de Sutton não são novas como é óbvio, pois a sua obra data do início da década de 1970, porém, apesar de terem passado quatro décadas, muitos ainda desconhecem por completo estes factos que certamente hoje poderão ser aprofundados graças à maior abertura que existe em poder consultar os arquivos soviéticos, agora disponíveis de forma parcial devido à queda da URSS.



Quem quiser ler a obra completa de Antony C. Sutton numa versão gratuita em pdf autorizada pelo autor, pode fazê-lo aqui: 



João José Horta Nobre
Agosto de 2013








Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...