sexta-feira, 28 de março de 2014

Angola: A Verdade Sobre a Guerra Civil

Um edifício coberto por marcas de balas na cidade de Huambo, Angola.



"Morreu mais gente nas ex-províncias ultramarinas portuguesas, vítimas da guerra e da fome, nas duas décadas que se seguiram à «descolonização exemplar», do que em 500 anos de colonização portuguesa." - Orlando Braga

A Guerra Civil Angolana, fruto da "descolonização exemplar" promovida pelos traidores e vendidos que tomaram o poder em Portugal após a Abrilada de 1974, resultou em mais de 500,000 mortos e num deslocamento interno forçado de 4,28 milhões de pessoas, ou seja, um terço da população total de Angola.[1] Para além disto, a Human Rights Watch estima que cerca de 9 mil crianças-soldados foram empregues durante a guerra civil, quer pelo MPLA, quer pela UNITA. A somar-se a tudo isto, a violência sexual foi também usada como arma de guerra para intimidar as populações e subjugá-las através do terror.[2] Depois de um saldo destes (e estamos a falar apenas de Angola...), não sei como alguém pode considerar o 25 de Abril como tendo sido um "sucesso" e a descolonização como tendo sido algo "exemplar". Talvez os psicopatas da esquerda portuguesa (os mesmos que roubaram uma parte dos arquivos da PIDE/DGS e os enviaram para Moscovo...) nos pudessem elucidar um pouco mais sobre esta questão...

Deixo aqui um documentário que as nossas televisões não mostram porque o actual regime dito "democrata" - dominado pela máfia maçónica e pelos psicopatas marxistas - continua a esconder a pilha de sangue e de cadáveres sobre a qual foi erguido há 40 anos.

Felizmente, há aqueles que não esquecem, não perdoam e jamais irão perdoar a cáfila que destruiu Portugal e abandonou milhões de portugueses, angolanos, moçambicanos e guineenses
num inferno do qual estes ainda não se conseguiram libertar após 40 anos de "sucesso democrático" e "descolonização exemplar":


















___________________________________________________

Notas:
[1] - POLGREEN, Lydia - Angolans Come Home to 'Negative Peace'. The New York Times, 30 de Julho de 2003. Link: http://www.nytimes.com/2003/07/30/world/angolans-come-home-to-negative-peace.html
[2] - HUMAN RIGHTS WATCH - IV. Use of Children in The War Since 1998. Link: http://www.hrw.org/reports/2003/angola0403/Angola0403-03.htm

João José Horta Nobre 
Março de 2014

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...