sábado, 30 de janeiro de 2016

Já Caiu no Ridículo e Não Faz Efeito



Alguém que por avise os judeus fanáticos, que continuam a tentar usar o Holocausto como desculpa para aprofundar as suas agendas políticas, que essa técnica de manipulação psicológica das massas - tentando perpetuar um hipotético sentimento de culpa nas mesmas - já caiu no ridículo e perdeu praticamente todo o efeito que em tempos teve.

O último episódio célebre disto de que estou a falar, passou-se precisamente esta semana quando a propósito do dia da memória do Holocausto, a irmã de Anne Frank, veio atirar numa entrevista que na sua opinião "Trump é o novo Hitler!"

Não vale a pena alguns judeus continuarem a insistir em utilizar o Holocausto para fins políticos, pelo simples motivo de que já não faz efeito psicológico e francamente, já cansa... Não adianta tentarem continuar a rotular de "nazi" qualquer cidadão que se preocupe com o seu País, porque isso também já não funciona. O Holocausto foi utilizado até à exaustão por muitos judeus e não-judeus nas últimas décadas, como forma de tentar minar a oposição através de um artificial "sentimento de culpa" e isto realmente funcionou durante algum tempo, mas como já seria de esperar, o efeito foi-se esmorecendo com o passar dos anos, até chegar ao ridículo actual.

João José Horta Nobre
30 de Janeiro de 2016
 

22 comentários:

  1. Os "liberais" norte-americanos ainda não perceberam que quanto mais diabolizarem o homem, mais ele continuará a subir nas sondagens. E até já há algumas sondagens que o colocam à frente da bruxa Hilária!

    É isto que acontece quando se sabe falar directamente ao coração do povo... uma arte que todos os Nacionalistas devem fazer por aprender! Trump não é um nacionalista, desconfio sinceramente que nem sequer é um patriota. Mas quando se trata de política, saber vender o peixe é tudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Os "liberais" norte-americanos ainda não perceberam que quanto mais diabolizarem o homem, mais ele continuará a subir nas sondagens. E até já há algumas sondagens que o colocam à frente da bruxa Hilária!»

      LOOOOL, essa da "bruxa Hilária" é boa, realmente o nome assenta-lhe que nem uma luva...

      Quanto aos "liberais" norte-americanos, essa gente não percebe, nem vai perceber, porque são estúpidos. É apenas isso. São estúpidos por natureza e não há nada a fazer a gente que nasce estúpida. Pelos vistos até é uma doença hereditária:

      http://www.tsf.pt/arquivo/2003/ciencia/interior/estupidez-e-uma-doenca-721476.html

      Eliminar

  2. "não passa de um capitalista selvagem"


    Caro JJHN


    O que é um capitalista selvagem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isto:

      http://historiamaximus.blogspot.pt/2014/03/oliveira-salazar-sobre-problematica-da.html

      Eliminar

    2. Se isso é ser um capitalista selvagem, porque achas que o Donald Trump é um capitalista selvagem? e és capaz de mencionar nomes de mais capitalistas selvagens?

      Eliminar
    3. Você acha que uma pessoa que só sabe defender a redução de salários como meio para relançar a economia, é mais alguma coisa a não ser um selvagem?

      Um tipo que nasceu em berço de ouro, herdou a fortuna do pai, nunca soube o que é o desemprego ou a miséria na primeira pessoa e quer dar lições aos pobres. Ele que vá mas é gozar com outro.

      Quando a burguesia souber o que é a fome, a miséria e o desemprego na primeiro pessoa, eu logo aceitarei lições de moral da mesma.

      Eliminar

    4. "só sabe defender a redução de salários como meio para relançar a economia"


      Caro JJHN


      Como é que na sua opinião se relança a economia?

      Eliminar
    5. Pois olhe, se meter um povo inteiro a passar misérias, o mais certo é relançar uma revolução comunista do que outra coisa qualquer.

      Ou acaso julga que as revoluções são coisas que caiem do céu por artes mágicas?

      Eu não sou economista, não me compete a mim fazer política económica, nem definir um plano sobre como se relança uma economia. Mas parvo é que não sou de certeza absoluta e não adianta virem tentar convencer-me a alinhar com as máfias da alta finança, porque eu não estou à venda.

      Essa gente o que quer é amassar fortuna atrás de fortuna, cada vez estão mais ricos, enquanto os pobres cada vez estão mais pobres. Não é nenhum segredo que o fosso entre ricos e pobres não pára de aumentar:

      http://www.ionline.pt/493798

      Eliminar

    6. "Não é nenhum segredo que o fosso entre ricos e pobres não pára de aumentar"


      Caro JJHN


      Surpreende-me que um Mestre em História Contemporânea tenha essa noção, pois eu tenho uma opinião bem diferente.

      Eliminar

    7. Caro JJHN


      Também me surpreende que ligue a esses estudos da treta e às ONGs do que aos seus supostos conhecimentos de História que se não os tem deveria tê-los.

      Que esses estudos da treta sejam relevantes para os moribundos jornais ainda se compreende mas para historiadores sinceramente não compreendo.

      Eliminar
    8. O estudo é o que é, um estudo.

      Agora mostre-me lá os seus estudos para eu ver essas maravilhas.

      Eliminar

    9. Não são estudos, são simples análises básicas:


      Podemos começar pela principal diferença, homens e mulheres, hoje em dia, as mulheres têm muito mais poder, influência, direitos, dinheiro, conhecimento e liberdade do que nunca na História, chegam a cargos políticos, empresariais, sociais, culturais, científicos, educativos, até militares, têm liberdade para constituir negócios (ainda no tempo de Salazar precisavam de autorização masculina), têm o direito de votar (que até há pouco mais de 100 anos não tinham), são professoras universitárias, médicas, juízas e advogadas, podem trabalhar nas forças armadas e na polícia, actrizes e modelos. São proprietárias de empresas, imóveis, acções, carros, etc.

      Como vê é uma análise simples e básica, mas acho que a sua falta de visão deve-se essencialmente à relevância que dá ao factor dinheiro.

      Pode agora continuar a fazer o mesmo tipo de exercício para outras diferenças que existem, por exemplo entre brancos e não brancos, entre patrões e trabalhadores, entre produtores e consumidores, entre heterosexuais e homosexuais, entre não deficientes e deficientes, etc.

      Eliminar
    10. Análise básica ou não, é ou não é um facto que hoje 1% da população mundial é detentora de mais de 99% da riqueza mundial?

      Eliminar

    11. Obviamente falso, esses estudos da treta (é sempre importante saber quem os faz, quem financia estes estudos e depois quais são os pressupostos desses estudos) normalmente calculam o valor monetário através da valorização ou desvalorização das acções, se hoje vale isto, amanhã vale outro e se a empresa falir não tem nada.

      Essa do fosso entre ricos e pobres crescente é um argumento da treta dos esquerdalhos que só os ignorantes e os que se deixam levar sem fazer uma análise minimamente credível é que acreditam.

      Surpreende-me é que sendo historiador não faça uma análise histórica em vez de ler umas parvoíces.

      Eliminar
    12. «Essa do fosso entre ricos e pobres crescente é um argumento da treta dos esquerdalhos que só os ignorantes e os que se deixam levar sem fazer uma análise minimamente credível é que acreditam.»

      Mas pode mostrar-me um estudo credível que demonstre o contrário?

      «Surpreende-me é que sendo historiador não faça uma análise histórica em vez de ler umas parvoíces.»

      Já escrevi imenso sobre economia, basta consultar os meus artigos e poderá encontrar imenso material sobre essa matéria.

      Eliminar

    13. Caro JJHN


      O que tem de fazer é análise histórica, os estudos da treta actuais são basicamente ideológicos, efectuados pelas ONGs para manter a ideia no público do fosso entre ricos e pobres, afinal, de vez em quando há sempre essas notícias destes estudos nos jornais.

      Epá, ponha os seus alunos a trabalhar de graça para si, mande efectuar trabalhos sobre o fosso entre ricos e pobres e se este tem vindo a aumentar ou diminuir. Veja ao nível entre homem e mulher, entre brancos e não brancos, entre adultos e crianças, entre nobres e povo, patrões e empregados, produtores e consumidores, heterossexuais e homossexuais, não deficientes e deficientes, entre pessoas livres e presos, etc.

      Vai ter dezenas de estudos para ler.



      "Eu não sou economista, não me compete a mim fazer política económica, nem definir um plano sobre como se relança uma economia."


      Escreveu sobre economia, mas descarta responsabilidades até ao nível da opinião. É que criticar umas coisas é bastante simples, dar soluções é estar sob crítica e aí é preciso saber defender as soluções, ou seja, perceber realmente alguma coisa de economia, mas caso não saiba, também não precisa de se preocupar, há doutorados em economia que não sabem ou, pelo menos, fingem não saber.

      Eliminar
    14. Está enganado, eu responsabilizo-me pela minha opinião, sempre me responsabilizei. Agora, é óbvio que não posso estar aqui numa caixa de comentários a fazer um plano pormenorizado sobre relançamento económico, isso parece-me loucura...

      P.S. Há quem me trate por professor, mas eu não sou professor. Especializei-me na vertente da investigação e não do ensino.

      Eliminar

    15. Caro JJHN


      Não é preciso nenhum plano pormenorizado, isso deve ser similar aos antigos planos quinquenais da antiga URSS, basta definir metas e objectivos e os meios de os alcançar o mais simples, rápido e de modo mais eficaz possível. Não precisa tentar prever nada nem estar preocupado com as condicionantes ou obstáculos, isso é bom em exercícios académicos mas na prática só atrapalha.

      Eliminar
  3. Conhece o Dr.Savage? O Dr. Michael Savage é um indivíduo que para além de ter 2 mestrados e um doutoramento, ter publicado mais de 25 livros entre os quais 4 bestsellers também trabalhou para desenvolver o programa de rádio "Savage Nation" que é o programa político com mais ouvintes nos EUA, mais "listeners" do que a grande mídia nacional, estimasse que 20% dos votos sejam baseados na opinião do Dr.Michael Savage que é tido como demónio na grande me(R)dia liberal/socialista/globalista. Porque digo isto? Simples, porque apesar de ser um programa de rádio com muitos anos, Donald Trump foi o PRIMEIRO CANDIDATO A PRESIDENTE dos EUA a ser convocado para falar nesse programa. Pense nisso, deixo com um link http://www.michaelsavage.wnd.com/about-michael-savage/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Michael savage é um judeu que defende israel e suas politicas com unhas e dentes , incluindo as imigratorias que descriminam por etnia , ao passo que critica e chama de "supremacistas brancos" aqueles que defendem uma politica imigratoria semelhante para os Eua .

      Eliminar
  4. As intervençoes americanas no médio oriente nada tinha a ver com pétroleo ou democracia ,foi em beneficio dr israel

    A desestabelizaçao no iraque e arredores é algo planejado desde os inicio dos anos 80
    http://irishsavant.blogspot.ie/2014/12/a-simple-answer.htm


    A própria mídia israelense se gabou de que foram acessores judeus de bush os responsaveis pela mentira das armas quimicas e consequente agressao e desestabilizado do iraque
    http://www.haaretz.com/news/features/white-man-s-burden-1.14110

    http://www.ipsnews.net/2004/03/iraq-war-launched-to-protect-israel-bush-adviser/

    É fato conhecido que al qaeda participou nas primaveras arabes recebendo ajuda do governo CONTROLADO americano .

    É fato conhecido que o tal ISIS recebeu armamentos americano e ajuda medica israelense.
    http://m.huffpost.com/us/entry/3438625

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...