sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Aldrabices Cristãs


Há por aí quem julgue que foi este tipo de gente que ergueu a "superior civilização ocidental". Eu prefiro nem comentar, pois o video acima fala por si...


Mentira, Marx não odiava Deus, pelo simples motivo de que ele nem sequer acreditava em Deus. Não se pode odiar algo em que pura e simplesmente não se acredita.


Se houve quem historicamente tivesse desrespeitado o direito à propriedade privada, foram os cristãos. Por todo o lado por onde passaram, apoderaram-se à força do que não era seu e saquearem sem rei, nem roque. Em África foi o que se viu, com o tráfico negreiro e a pilhagem de recursos do Continente que prossegue até hoje. Na América Central e do Sul, idem. Na Europa, não só chegou a ser ordenada a confiscação da propriedade privada de pagãos por édito Imperial, como até chegaram ao ponto de roubar as pedras dos templos pagãos para construir igrejas. Um pagão que protestasse contra tal política, corria o risco de ser executado, tal como hoje no Estado Islâmico, quem discordar da política oficial do Califa, corre o risco de literalmente perder a cabeça. Seria, aliás, interessante saber como é que os cristãos hoje iriam reagir, se um grupo de pagãos fosse roubar pedras de uma igreja, para erguer um templo de culto pagão. Isto a concretizar-se nem seria roubar, mas sim, recuperar o que é seu por direito. Como diz o velho ditado: "ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão."

A história do Cristianismo - a par das outras religiões abraâmicas - está tão pejada de violência, ódio, intolerância e injustiça, que os cristãos por mais que tentem, não têm argumentos que os possam minimamente sustentar. Nem do ponto de vista teológico, moral, ético ou histórico.

João José Horta Nobre
26 de Fevereiro de 2016


Uma mini-série documental sobre a Inquisição (só falta o último episódio sobre as caças às "bruxas"). Durante mais de 500 anos esta gente lançou uma autêntica onda de terror sobre a Europa e fez uso de torturas que nem a Gestapo, a Stasi, ou o KGB alguma vez se atreveram a aplicar. Isto é um bom exemplo do tal "contributo" do Cristianismo para a "superior civilização ocidental" de que certa gente anda por aí a falar. Trata-se de mais uma demonstração do sadismo típico das religiões abraâmicas e da selvajaria semita oriunda do Médio Oriente:


36 comentários:

  1. Tem razão. Há uma tribo de idiotas que só fala nonsense.
    Contudo, os melhores argumentos em favor do cristianismo não vêm daí. Há idiotas em todas as hostes e também no ateísmo.
    Não vou discutir a validade da religião. Cada um que avalie. Só refiro que a nossa ignorância e insignificância não nos permite chegar tão longe como as certezas definitivas neste campo.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. DEUS É UMA FICÇÃO E JESUS NUNCA EXISTIU.

      Eliminar
    2. Que revolta é esta, José Alameda?
      Não vale usar palavras chulas, hein!!

      Eliminar
    3. José Alameda, você acredita em que?
      Não estou querendo que você acredite em Jesus, ou Deus, ou Maomé, ou sei lá o que!!
      Só pergunto, você acredita em que?
      Se for em José Alameda, a situação fica difícil.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. DEUS É UMA FICÇÃO E JESUS NUNCA EXISTIU.

      Eliminar
    2. Que revolta é esta, José Alameda?
      Não vale usar palavras chulas, hein!!

      Eliminar
    3. José Alameda, você acredita em que?
      Não estou querendo que você acredite em Jesus, ou Deus, ou Maomé, ou sei lá o que!!
      Só pergunto, você acredita em que?
      Se for em José Alameda, a situação fica difícil.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. DEUS É UMA FICÇÃO E JESUS NUNCA EXISTIU.

      Eliminar
    2. Que revolta é esta, José Alameda?
      Não vale usar palavras chulas, hein!!

      Eliminar
    3. José Alameda, você acredita em que?
      Não estou querendo que você acredite em Jesus, ou Deus, ou Maomé, ou sei lá o que!!
      Só pergunto, você acredita em que?
      Se for em José Alameda, a situação fica difícil.

      Eliminar
  5. ""O comunismo não nasceu do pensamento: nasceu do ódio, o ódio pelo que o homem é, um filho de Deus; e o ódio pelo que o homem possui, em especial a propriedade, garantia da sua liberdade económica.""


    Caro JJHN


    Não, Marx não era assim tão mau, apenas era ignorante em relação à produtividade. Os marxistas é que são uns grandes canalhas com especial destaque para Lenine.

    ResponderEliminar
  6. As religioes sao muito engraçadas. Sempre a discriminar negativamente toda a gente que nao pensa como eles, ou simplesmente porque nao pertence à maioria vigente.

    Fala-se no cabrão do jesus cristo -> ai meu deus, cai o carmo e atrindade. aquele santo homem. basfémia!

    LOL. Camabada de burros intolerantes que preferem fingir que jesus cristo nao era uma gadelhudo drogado e rabeta!!! e que acabou crucificado pelos romanos pelo simples facto de ser um aldrabão perigoso.

    ResponderEliminar
  7. Uma afronta é ainda existir tanta gente atrasada no Mundo que ainda acredita na merda das religiões, motivo principal de guerras no passado, presente e futuro. Os padrecos pedófilos agradecem tanta ignorância. Quanto aos homossexuais podem-se enrrabar e lamber todos que em nada me diz respeito.

    ResponderEliminar
  8. Coitados dos bispos e igreja , sempre andaram no lamaçal , acordem estamos no século 21, quando o CLERO, dominava e massacrava o zé povinho os maiores pedófilos do mundo , não esquecendo os abortos , que se terão feito nas masmorras dos conventos, ahhhha deixem-me rir

    ResponderEliminar
  9. Vamos lá ver se a gente se entende. . Quando há mais de dois mil anos Jesus Cristo andava lá pelas praias da Galileia a engatar turistas suecas e a vender relógios contrafeitos" Made in CHINA " eu ainda não tinha nascido e portanto não assisti á multiplicação dos peixes , ao transformar água em vinho, ao curar um leproso, ao ressuscitar um morto e ao resolver o problema dos lesados do BES.

    Grandes feitos de Jesus mas parece que cada vez há menos peixe e que o gajo que ele ressuscitou já morreu outra vez. .

    ResponderEliminar
  10. A doutrina religiosa chegou a induzir nas pessoas a ideia que existe um homem-invisível habitando no céu, que vê tudo que nós fazemos, todo dia, a todo instante. E esse homem-invisível até criou uma lista de 10 coisas que ele não quer, que nós façamos. Se fizermos uma dessas 10 coisas, Ele envia-nos para um lugar Especial, um Inferno cheio de fogo, fumaça, ardor, tortura e angústia, onde vamos sofrer, queimar, sufocar, gritar e chorar para todo o sempre até ao fim dos nossos tempos ... mas Ele ama-te! Ele ama-te e precisa de dinheiro ...

    ResponderEliminar
  11. DEUS É UMA FICÇÃO E JESUS NUNCA EXISTIU.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José Alameda, você acredita em que?
      Não estou querendo que você acredite em Jesus, ou Deus, ou Maomé, ou sei lá o que!!
      Só pergunto, você acredita em que?
      Se for em José Alameda, a situação fica difícil.

      Eliminar
  12. As religiões, são como as luzes, precisam de escuridão para brilhar. Todas as religiões são fundadas sobre o temor de muitos e a esperteza de poucos. A verdade é que vale mais um descrente lutando por um futuro melhor para seus filhos, do que um crente orando pelo seu futuro. O homem crente é necessariamente um homem dependente, ele não pertence a si mesmo, mas ao autor da ideia em que ele acredita. Dizer que um crente é mais feliz do que um céptico é como dizer que um bêbado é mais feliz que um sóbrio.

    ResponderEliminar
  13. Mestre Nobre, por falar em "cristianices", veja aqui o que este porco católico do Orlando Braga diz a propósito da polémica em torno do cartaz do Bloco de Esquerda:

    https://espectivas.wordpress.com/2016/02/26/no-possvel-garantir-a-segurana-fsica-dos-dirigentes-do-bloco-de-esquerda/

    Esse Orlando Braga é um fanático e pelos vistos agora também anda a apelar publicamente à violência. Por aqui se vê a bela MERDA de que são feitos estes católicos conservadores. Pensam todos que vão ir para o céu, mas quando morrerem, vão é ser comidos e de seguida CAGADOS pelos bichos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse Orlando Braga é um atrasadinho mental, como de resto, todos os restantes ultra-conservadores cristãos. Gente assim tem de ser enxotada do movimento nacionalista e enfiada no sítio que merecem, ou seja, o caixote de lixo da história. Os comunistas por um lado, até nos fazem um favor ao estar a combater essa gente.

      Eliminar
    2. Eu sou agnóstico e nem venho em defesa de religião nenhuma...Mas ao invés de estarem aqui armadinhos em "comadres" a ofender e a insultar gratuitamente seres humanos, por que não são homenzinhos e vão lá ao blog contra-argumentar?

      Aqui são todos fortes não é?

      "Os comunistas por um lado, até nos fazem um favor ao estar a combater essa gente."

      Aqui se vê o desvario que vai pela nação quando um auto-proclamado nacionalista diz barbaridades destas...

      É certo que as religiões trouxeram muitos males ao mundo mas achar que o comunismo (ou ajuda do mesmo) é solução para alguma coisa é preciso ter uma falta de sustento mental sem precedentes...

      Eu prefiro um cristão com pés e cabeça que seja protector da cultura e identidade de um povo do que um revolucionário sem pátria e ideologias destrutivas com progressismo a todo o custo, nem que seja desumanização ou corte completo com a identidade de um país...

      Eliminar
    3. 1º - O Orlando Braga censura todos os comentários que não são do seu agrado. Como o Luís pode ver, aqui neste blog, o comentário é livre de restrições e de censura. Lá, pelo contrário, censura-se tudo. Trata-se de um exemplo do tal Cristianismo "tolerante"...

      2º - Ninguém aqui me parece que defendeu o Comunismo. Não penso que o José Alameda tenha dito isso. O que ele disse é que o facto de o Comunismo combater a Igreja é um aspecto positivo. Só isso.

      Pessoalmente e tendo em conta o ponto de degradação absoluta a que a Igreja chegou, já não sei o que seria pior, se uma teocracia católica, ou um regime comunista. Entre as duas, que venha o Diabo e escolha...

      Eliminar
    4. Caro João José Horta Nobre, tenho imenso respeito por si, pelo espaço e pelo que escreve tal como o tenho pelo Orlando Braga. À semelhança dos dois, concordo com algumas coisas, discordo de outras...

      O que eu critiquei foi o facto de se estar a fazer crítica a determinada pessoa não com base em qualquer tipo de argumentação mas simples achincalho puro e duro desprovido de senso (o chamado Ad Hominem).

      Honestamente, desconheço a censura ou não de comentário por parte do Orlando Braga. Não posso portanto corroborar o que afirma com exactidão... Conheço tanto o blog dele como o seu há pouquíssimo tempo (cerca de meio ano) para poder julgar o que quer que seja mas posso afirmar que já vi lá várias vezes troca de comentários entre ele e utilizadores que pensam de forma diferente da dele... E dando-se o caso da censura, está lá o e-mail dele para o poder confrontar pelo menos com argumentação... A solução, para mim, passaria muito mais por aí do que esta mesquinhez de estarem a trocar comentários insultuosos a quem pensa de forma diferente da nossa sem base argumentativa...

      E quanto ao comunismo e à teocracia católica? Olhe sinceramente, há mais factos e documentação que comprovem as desgraças do primeiro do que do segundo, também porque muitas provas foram abafadas pela dita Igreja...Mas honestamente nem quero discutir isso... Acho que, com todos os defeitos que a religião tem, seja sob a forma cristã ou pagã tem mais de humano e de cultural do que o comunismo...

      E já agora, o que atacaram os dois sujeitos acima de si foi o Cristianismo e não o Catolicismo que, parecendo que não, embora sejam conceitos idênticos são diferentes...

      Eliminar
    5. «Honestamente, desconheço a censura ou não de comentário por parte do Orlando Braga.»

      Dou-lhe a minha palavra de honra que é verdade. Por isso mesmo é que eu deixei de comentar por lá...

      «E quanto ao comunismo e à teocracia católica? Olhe sinceramente, há mais factos e documentação que comprovem as desgraças do primeiro do que do segundo,»

      Eu nunca disse o contrário!

      «Acho que, com todos os defeitos que a religião tem, seja sob a forma cristã ou pagã tem mais de humano e de cultural do que o comunismo...»

      O Comunismo é um sistema económico, ao passo que uma religião é um sistema de crença no sobrenatural. São coisas totalmente diferentes e convém nem sequer misturá-las...

      Eliminar
  14. Caro José Alameda, você afirma que cristo era rabeta e drogado, tudo bem atacar o mensageiro, mas em relação á mensagem que cristo transmitiu, ama o próximo..., dá a outra face a quem só sabe insultar, não respondas..., etc e tal. Qual o mal da mensagem de cristo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha aqui mais um troglodita seguidor da seita cristã.

      Eliminar
    2. Comunas e ateus sempre iguais, a religião sempre em 1º lugar, depois é que se usa os poucos neurónios.

      Eliminar
  15. "Mentira, Marx não odiava Deus, pelo simples motivo de que ele nem sequer acreditava em Deus. Não se pode odiar algo em que pura e simplesmente não se acredita."

    Na verdade, Marx invejava Deus, tanto que dizia que o seu objectivo em vida era tirar Deus do trono e destruir o capitalismo, para além disso dizia: "I wish to avenge myself against the One who rules above ...” portanto mentira é dizer que Marx não odiava Deus Sr.João Nobre, quem despreza Deus não manifesta sentimentos de vingança para com Ele, e já agora, o comunista Saul Alinsky("Rules for Radicals) no prefácio assume dedicar a sua obra ao primeiro radical da história que se revoltou contra o "establishment": Lúcifer. Há muitos outros documentos de fontes primárias que mostram essa conexão.

    Tendo em conta o que é projecto satânico/anti-cristão do Apocalipse Bíblico é impossível distancia-lo do comunismo(bem como de outro tipo de ideologias despóticas) não só pela atitude de alguns dos seus intelectuais como também pelo projecto geopolítico que representa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Na verdade, Marx invejava Deus, tanto que dizia que o seu objectivo em vida era tirar Deus do trono e destruir o capitalismo, para além disso dizia: "I wish to avenge myself against the One who rules above ...” portanto mentira é dizer que Marx não odiava Deus Sr.João Nobre,»

      Isso é um poema de Marx. Está por provar se ele realmente se referia a Deus, ou ao Capitalismo em forma de metáfora, ou se é apenas nonsense da juventude de Marx.

      Eliminar
    2. "Eu desejo vingar-me contra Aquele que reina lá em cima..." talvez seja um nonsense da sua juventude ou talvez uma consequência inevitável de um ideólogo humanista, quem sabe?

      Eliminar
    3. «"Eu desejo vingar-me contra Aquele que reina lá em cima..." talvez seja um nonsense da sua juventude ou talvez uma consequência inevitável de um ideólogo humanista, quem sabe?»

      Seja como for, a cristandade antecedeu Marx e o movimento comunista, no que toca ao uso da violência bruta para impor e espalhar a sua fé. A triste história da Inquisição diz tudo...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...