quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Como é Que Esta Gente Quer Ser Levada a Sério?


Uma cristã ultra-conservadora tenta demonstrar que as bebidas energéticas da marca Monster, são a "obra de Satanás".



 
Uma pessoa que acredita que uma  simples bebida energética - da qual eu por acaso até sou consumidor esporádico - é "obra de Satanás", não pode ser uma pessoa racional. Ponto. Também não pode ser uma pessoa que se leve a sério. Acredito que 99% dos ocidentais que ouçam os argumentos da senhora que vê Satanás numa lata de Monster, não a levarão minimamente a sério, pelo óbvio motivo de que pessoas assim, simplesmente não se podem levar a sério e constitui até um exercício de auto-estupidificação tentar tal proeza.

Há momentos em que eu penso que já vi e ouvi todas as loucuras e demências que é possível ver e ouvir. Mas não, há sempre uma nova surpresa que, volta e meia, me faz relembrar que por mais anos que se viva, não é possível que alguém veja e ouça todas as loucuras possíveis e imaginárias. Isto deve-se principalmente à infalibilidade e infinidade, que a imaginação humana possui para continuamente inventar novas taras irracionais. A única coisa que separa a razão da loucura é uma ténue linha que muito facilmente pode ser ultrapassada, isto quando se combinam os "ingredientes" necessários para tal. No caso das religiões, estas tanto podem servir de factor estabilizador do ponto de vista da ordem mental e espiritual, como podem ser um factor desestabilizador e altamente prejudicial do ponto de vista psico-sociológico, tudo depende das circunstâncias.

Não julguem que me refiro aqui apenas aos ultra-conservadores cristãos, pois no campo oposto existe tanta ou mais loucura ainda. Posso dar-vos o exemplo de um tarado assumidamente satânico que eu conheci em Coimbra há uns anos atrás e que não só lia a Bíblia Satânica todos os dias, como também rezava a Lúcifer (os satânicos acreditam que Lúcifer se revoltou contra Deus, por considerar este como sendo injusto e em consequência disso, Deus expulsou-o para o Reino dos Infernos) e tinha o quarto mobilado a rigor com caveiras, armas medievais e inúmeros instrumentos de tortura que o tipo mandava vir pela internet. Para além disto, o "artista" era também coleccionador de facas e um dia disse-me que "sentia a energia das armas" que tinha em casa. Ora, uma pessoa que faz e diz este tipo de coisas, não pode ser racional e muito menos ser levada a sério. Há uma grande diferença entre acreditar no sobrenatural e ser estúpido, infelizmente ainda existem é demasiados religiosos que não conseguem compreender isto e por isso é que o Mundo é o que é.

João José Horta Nobre
25 de Fevereiro de 2016


No video abaixo, cristãos ultra-conservadores tentam demonstrar que o famoso Harry Potter transforma as crianças que o vejam e/ou leiam em adeptos da bruxaria, algo que de resto, é uma prática enraizada na cultura europeia desde tempos imemoriais (leiam "The Encyclopedia of Witchcraft and Demonology" de Rossell Hope Robbins). Como não podia deixar de ser, o ataque destes ultra-conservadores, rapidamente passa da bruxaria, para o Paganismo e deste para o Neopaganismo, nomeadamente a Wicca, que diga-se de passagem, não tem absolutamente nada de satânico. Muitos cristãos (seguidores de uma crença semita, oriunda do Médio Oriente...), ainda não perceberem e parece que não querem perceber, que têm de respeitar as antigas crenças e religiões étnicas europeias, caso contrário, também não podem exigir que os respeitem a eles. O mesmo aplica-se a mouros, judeus e quaisquer outros sistemas de crença no sobrenatural.

8 comentários:

  1. Fanáticos irracionais como todo bom esquerdista. Atrasos de vida é oque essa gente é . Para esses atrasados mentais não haveria problema algum na extincao dos Europeus se esta fosse feita por invasores cristaos . Bando de débeis mentais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E anormais como tu não se importariam que os europeus desaparecessem se os invasores fossem os teus queridos muçulmanos. Assim é complicado. Ah e o ateísmo é filho do esquerdismo.

      Eliminar
  2. João,

    Pára de reclamar, esta senhora só está a usar a mesma "tecnologia" que o teu ídolo(Humberto Eco) usava, a saber, a SEMIÓTICA.

    Ela só está decifrando sinais ou signos.

    Segue significado.

    SEMIÓTICA: A semiótica é a ciência geral dos símbolos e da semiose que estuda todos os fenômenos culturais como se fossem sistemas sígnicos, isto é, sistemas de significação.
    Mais abrangente que a linguística, a qual se restringe ao estudo dos signos linguísticos, ou seja, do sistema sígnico da linguagem verbal, esta ciência tem por objeto qualquer sistema sígnico - Artes visuais, Música, Fotografia, Cinema, Culinária, Vestuário, Gestos, Religião, Ciência, etc.

    Hó mundo enrolado, a inteligência enrola tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na realidade, quando você começa a perceber como Age a Origem de todas as coisas com relação aos seus efeitos, já que Ela é a Causa Prima, então a semiótica deixa de ter sentido, porque ai você começa a ler a essência dos efeitos, já que você, mesmo sendo um efeito, tem consciência da Causa.
      Resumindo, assim você dá um salto de gigante com relação a quem busca entender os efeitos sem reconhecer a Causa, ou seja, tenta entender as coisas apenas por aquilo que seus sentidos lhe diz.

      Assim era Humberto Eco, como é a maioria dos inteligentes.

      "Mas o amigo não gosta de semiótica?"
      Não, quem gosta de semiótica e você e ao invés de criticar a senhora, era para ter elogiado a ação dela.

      Você sempre tentando a se desviar das suas próprias contradições.

      Eliminar
    2. E você gosta de semiótica?
      Se sim, porque criticou a senhora, se não, o que chamava a atenção em Humberto Eco?

      Eliminar
  3. João,
    Entre teu "conhecido", adorador de "satã" e esta senhora extremista, prefiro o extremismo dela.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...