domingo, 15 de maio de 2016

À Porca o Que é da Porca




Desta vez a maior porca da Germânia teve sorte, vá lá, não lhe terem enfiado logo com um balázio no meio dos cornos já foi muito bom, tendo em conta o que esta mulher tem feito ao seu País e à Europa. Também teve sorte de não ser "enriquecida" com uma violação colectiva, praticada por um grupo dos tais "jovens vibrantes" que ela importou para dentro do espaço Schengen. O mesmo já não podem dizer as 160 alemãs que foram vítimas de agressões sexuais e estupros, cometidos por "migrantes" apenas nos dois primeiros meses de 2016, sendo que a mais nova destas vítimas tem apenas sete anos de idade. 


João José Horta Nobre
15 de Maio de 2016


A Alemanha está a aproximar-se a passos largos do rubicão demográfico. Se tudo continuar como está, a curto/médio prazo, os alemães serão uma minoria dentro do seu próprio País:

3 comentários:

  1. Esta mulher é a criatura mais execrável que tomou conta da Europa desde o próprio tio Adolfo. Nunca pensei que alguém me pudesse meter mais nojo do que o velho Soares, mas esta criatura demoníaca e traiçoeira conseguiu superá-lo no pódio dos meus ódios de estimação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Merkel, no fundo, é uma espécie de Hitler versão 2.0.

      O Hitler quis acabar com os judeus, esta pelo contrário, quer acabar com todas as nações da Europa através de um genocídio "suave" que não necessita de campos de concentração, nem de câmaras de gás. Basta-lhe rebentar com as economias dos países europeus, de forma a empurrar a juventude para fora das suas pátrias e destruir a taxa de natalidade dos autóctones, enquanto simultaneamente promove uma substituição populacional feita maioritariamente por africanos e muçulmanos.

      Entretanto, vai-se anestesiando a população através de propaganda maciça nos me(r)dia 24/7 e quem ousar denunciar o que se está aqui a passar é "racista" e "extremista".

      Se isto não constitui um plano concertado de genocídio contra nós, então não sei o que será.

      Já escrevi sobre mais sobre isto aqui:

      http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/04/o-que-os-politicos-portugueses-estao.html

      Eliminar
  2. Caro JJHN

    Deve-se desmantelar as bases de sustentação da esquerda que tudo o resto tenderá a desmoronar em cadeia.

    Insisto, o que é preciso é implementar reformas estruturais que irão contribuir para o desmantelamento das bases de sustentação da esquerda.

    Apenas dependem da vontade política.

    Aí vai a lista actualizada:


    Abolição do salário mínimo
    Liberalização dos despedimentos
    Abolição dos descontos
    Pagamento do verdadeiro custo da água e energia pelo utilizador
    Pagamento do verdadeiro custo de educação e saúde pelo utilizador
    Liberalização (facilitação, desregulamentação) do acesso às profissões liberais
    Liberalização das rendas
    Sujeição a IRC a todas as pessoas colectivas
    Simplificação do IRS com sujeição individual, taxa única, sem deduções e abatimentos
    Taxa única no Iva
    Desmantelar o sistema escolar com o e-learning
    Varrer a função pública
    Extinção das juntas de freguesia
    Redução do número de deputados
    ...
    ...
    ...

    ...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...