sexta-feira, 13 de maio de 2016

O Maior Negócio da Igreja Portuguesa


O padre Mário de Oliveira entrevistado por Manuel Luís Goucha.




Se alguém ainda tem dúvidas sobre o fabuloso negócio para enganar totós que é Fátima, só tem de ler os livros Fátima Nunca Mais e Fátima S.A, do padre Mário de Oliveira, onde está bem explicada toda a patifaria e vigarice que se passou e continua a passar em torno dos ditos "mistérios de Fátima". Sim, porque a mim ninguém me convence de que uma judia que viveu há cerca de 2000 mil anos atrás, apareceu "miraculosamente" em Portugal a três crianças que pastavam gado, para literalmente não lhes dizer nada de jeito e de seguida desaparecer para nunca mais ser vista.

Quanto aos tais "segredos" de Maria, não deixa de ser cómico notar que os "segredos" só foram revelados, depois das coisas supostamente lá "profetizadas" já terem ocorrido. Isto não só é patético, como revela bem a forma como a Igreja nos toma a todos por parvos.

Mas há outro "pequeno" pormenor ligado aos segredos de Fátima e no qual vale a pena atentar. Muitos católicos agora caíram na moda de dizerem que "não existe inferno" ou que se ele existe, ninguém vai para lá, porque "Cristo ao morrer na cruz, perdoou todos os nossos pecados", no entanto, segundo a própria irmã Lúcia, Maria ao revelar-lhe o primeiro "segredo", mostrou-lhe o inferno "para onde vão as almas dos pobres pecadores". Ora, isto prova como a Igreja Católica, ao aceitar a veracidade das aparições de Fátima e dos "segredos" da mesma, continua a aceitar a existência do inferno "para onde vão as almas dos pobres pecadores" e que a irmã Lúcia terá descrito da seguinte forma:

"Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fogo que parecia estar debaixo da terra. Mergulhados neste fogo os demónios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras ou bronzeadas com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que delas mesmas saíam, juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das faúlhas em os grandes incêndios, sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Os demónios distinguiam-se por formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes e negros. Esta vista foi um momento, e graças à nossa boa Mãe do Céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o Céu (na primeira aparição)! Se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor."

Jesus ama-vos, mas não se esqueçam: ou vocês fazem o que o judeu Jesus e a judia Maria vos mandam fazer, ou vocês vão arder todos no maior horror das profundezas do inferno para toda a eternidade. Porém e apesar disto, Jesus ama-vos. 

Volto a insistir pela enésima vez: sabendo-se o que se sabe hoje, alguém consegue mesmo acreditar seriamente nas mentiras lunáticas destes judeus e filo-semitas aldrabões?!?!

João José Horta Nobre
13 de Maio de 2016


O padre Mário de Oliveira fala do seu novo livro, Fátima S.A.:

6 comentários:

  1. http://ramirolopesandrade.blogspot.pt/2013/07/continuem-doar-ouro-em-fatima-povo.html

    CONTINUEM A DOAR OURO EM FÁTIMA .... O VATICANO TEM 60 MIL TREZENTAS E CINQUENTA TONELADAS DE OURO !!!! O PAPA FRANCISCO AGRADECE.
    Porque o nosso governo não pede ao Papa Francisco, uma doação para pagarmos a nossa dívida externa ???
    60 mil e trezentas cinquenta toneladas de ouro guardado no Vaticano, são em euros cerca de UM TRILIÃO OITOCENTOS E CINQUENTA BILIÕES DE EUROS, em cotação de hoje.
    Só para terem uma pequena noção, a dívida pública externa de Portugal é de 240 biliões de euros.
    Afinal, muito desse ouro é proveniente das doações dos otários fieis de Portugal, nada seria mais apropriado.

    Ramiro Lopes Andrade


    ResponderEliminar
  2. Porque é que os paises cristãos lideram o raking da violência ? muito se fala em islão ,mas onde há islão a violencia é inexistente ,tanto que as naçoes islâmicas(exceto as que foram desestabelizadas pelo loby judeu ) estao entre as mais pacificas do mundo .

    ResponderEliminar
  3. Este gajo é como os anti-fassistas. Denuncia Fátima, mas se não fosse ela andava a mendigar. Com a quantidade de livros que já escreveu sobre o assunto bem pode agradecer a Fátima, como outros podem agradecer a Salazar as barbaridades que escrevem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Denuncia Fátima, mas se não fosse ela andava a mendigar. Com a quantidade de livros que já escreveu sobre o assunto bem pode agradecer a Fátima, como outros podem agradecer a Salazar as barbaridades que escrevem.»

      Tanto quanto sei, ele só escreveu dois livros e dúvido muito que isso seja o suficiente para lhe garantir o sustento.

      Mas eu só pergunto: alguma coisa do que ele disse em relação a Fátima, é mentira?

      A questão aqui não é ser anti-Fátima ou pró-Fátima, mas sim anti-mentira ou pró-mentira.

      Existe documentação disponibilizada pela própria Igreja, que prova de sobejo o vigarista que o Cónego Formigão era.

      Mas lá está, a mim não me incomoda nada que acreditem em Fátima, o que me incomoda é o Estado roubar-me dinheiro para sustentar essa fantasia, num País que supostamente deve ser laico.

      Eliminar
  4. Já escreveu mais que dois. Tem o Fátima SA, o Vistes o que foi escrito (ou coisa parecida) e mais uns quantos. Já li dois ou três que ele escreveu. Embora não sejam todos sobre Fátima em exclusivo fala sempre no assunto. E inventa muito, isso inventa. Para ler as aldrabices deste comuna mais vale ler o que o Reis Torgal escreveu acerca da questão Formigão.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...