quarta-feira, 11 de maio de 2016

O Totalitarismo Politicamente Correcto em Acção

 O animal em causa a visionar videos de discursos do Hitler.


«Cão faz "saudação Nazi" e o dono é detido»



Isto só por si demonstra bem o ponto de loucura paranóica a que o totalitarismo politicamente correcto chegou na nossa sociedade. Obviamente que se tivesse sido um preto, ou um mouro a ensinar ao cão a fazer a saudação nazi, o esquerdalho ria-se e era capaz de ainda achar piada à coisa. Mas como o dono do cão é branco e ainda por cima europeu (um escocês), foi logo de cana, apesar de aparentemente nem sequer se tratar de alguém com simpatias pelo Nazismo e ter feito o que fez, apenas por mera piada. Infelizmente, não o informaram de que os corifeus da Nova Ordem Mundial têm pouco sentido de humor, especialmente quando este tipo de brincadeiras de mau gosto são feitas por europeus caucasianos que não sejam judeus ou muçulmanos.

No fundo, isto tudo é apenas mais um sinal do nervosismo do sistema, que com os nacionalismos a crescerem de dia para dia em toda a Europa, começa a intensificar as perseguições a quem "saia fora da linha" dos mandamentos da Santa Madre Igreja Anti-Racista e Multiculturalista dos Últimos Dias do Ocidente.

É possível e bastante expectável que quando as elites começarem a sentir o tapete do poder, a simplesmente fugir-lhes de debaixo dos pés, mandem encerrar a Internet, ou pelo menos determinem o encerramento de todas as grandes redes sociais, como o youtube, o facebook (que eu não tenho, nem uso), o blogger e até mesmo os serviços de email, de forma a tentar cortar as comunicações electrónicas de quem se lhes opõe.

Com o tempo logo lá chegaremos, pois isto é mesmo tudo apenas uma questão de tempo até a bolha rebentar...

João José Horta Nobre
11 de Maio de 2016
 

5 comentários:

  1. Há-de chegar o dia em que chamar muçulmano a um muçulmano, ou judeu a um judeu, ou preto a um preto, também vai ser considerado crime.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há-de chegar o dia em que até dar um peido vai ser crime, porque o peido liberta gases na atmosfera que contribuem para o aquecimento global.

      Nessa altura o Bloco de Esquerda vai propôr uma taxa a pagar por cada peido libertado e a instalação obrigatória de filtros de ar no cu dos cadadãos e cidadoas, de forma a sermos todos ecológicos e amigos do ambiente.

      Eliminar
  2. Enquanto isso a propaganda marxista cultural continua(e muitos nem dão conta). Por acaso já se questionaram do porquê de as grandes empresas e os governos esquerdistas frequentemente se encontrarem unidos? Uma pergunta mais profunda será: "Porque é que a direita política e os partidos esquerdistas aparentemente são incapazes ou relutantes de fazer alguma coisa contra a imigração em massa para os países do Ocidente?"

    Estas perguntas são respondidas no excelente livro de Kerry Bolton com o nome de ‘Babel, Inc: Multiculturalism, Globalisation, and the New World Order’. O que eu acho de mais valioso no livro de Bolton é a forma como ele demonstra o falhanço dos partidos esquerdistas de proteger os seus principais constituintes da competição económica e da desarticulação causadas pela imigração em massa.

    Longe de serem os defensores naturais da classe operária, os actuais partidos esquerdistas estão unidos com as forças da globalização e do Grande Capital, que nada se preocupam com o impacto negativo da imigração em massa na sociedade anfitriã, já para não falar do nada que eles protegem a classe operária (a facção social mais afectada pela imigração em massa e pela desarticulação).

    Ironicamente, os trabalhadores naturalmente correm para os braços dos partidos esquerdistas esperando que estes protejam os seus interesses económicos, só para descobrirem que estes partidos, e sem buscarem o consentimento da classe operária, apoiam políticas que diminuem os ordenados e transformam as comunidades. - See more at: http://omarxismocultural.blogspot.pt/2015/09/marxismo-e-o-capitalismo-juntos.html#sthash.Vhr5XzsS.dpu

    ResponderEliminar
  3. Na charlie hadbo sempre se meteu pau nos muslos ,nos cristãos e nos brancos ,mas nunca nos judeus. De fato ,o governo frances processou a mesma , e um chargista foi demitido , apos uma charge a publicaçao de una charge relacionando os judeus a riqueza.


    E justamente na França é onde podemos encontrar o ápice da hipocrisia midiática em torno da liberdade de expressão. Recordemos do caso de Dieudonné, humorista que foi exorcizado pela mídia por ter criticado o sionismo e os judeus poderosos. Este vídeo é exemplar: http://youtu.be/lmbgU_iHvFQ
    No vídeo, Djamel Bouras pergunta ao moderador Ardisson: “Por que você vai ofender milhares de pessoas? (ao publicar charges ofensivas ao Islã)”; Ardisson: “Porque é a liberdade de expressão”. Em outra edição do programa, o mesmo moderador pergunta a Dieudonné, depois que esse havia feito o papel de um judeu ortodoxo em um teatro parisiense: “Por que ofender essas pessoas?”; Dieudonné: “Por que não podemos nos exprimir sobre esse assunto?” Ardisson: “Eu vou falar porque não podemos; porque nós mandamos judeus para as câmaras de gás durante a guerra…”. Percebam, as mesmas câmaras de gás que nunca existiram para matar pessoas (apenas para matar piolhos), cuja discussão é proibida nesses países que defendem agora a “liberdade de expressão”…. Hipocrisia pura!~

    Qual seria a reação destes paladinos que defendem a liberdade de expressão, mesmo tratando-se da Charlie Hebdo que não poupava as mais grotescas charges contra a religião islâmica, se fossem defrontados hoje em dia com as charges publicadas pela revista Der Stürmer, do ativista nacional-socialista Julius Streicher? Streicher também foi “oficialmente” assassinado em Nuremberg, apenas por exprimir suas opiniões grotescas contra os judeus. Seria deveras curioso observar estampado na frente de todos os jornais do mundo a audaciosa tirada: Je suis Der Stürmer…

    ResponderEliminar
  4. Enquanto Dieudonné ,por fazer humor com os judeus, é ostracizado pela midia francesa e processado/perseguido pelo governo frances , o jornal charlie hebbo ,com suas charges anti islãmicas e anti-cristãs, sempre foi promovido e tolerado em nome da "liberdade de imprensa" !

    aqui denuncia-se a falta de critica do jornal aos judeus e ao sionismo:

    http://quenelplus.com/revue-de-presse/charlie-hebdo-chronique-des-violeurs-de-cadavres.html

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...