sábado, 9 de julho de 2016

A Gastronomia Portuguesa é Suprema


 

 

«Portugal é “o segredo gastronómico mais bem guardado da Europa”, diz a CNN»


Se há área onde eu sou mesmo um chauvinista fanático, é no campo da gastronomia. A comida portuguesa, para mim, é a melhor do Mundo (talvez mesmo até do Universo...) e ponto final. Os estrangeiros com algumas excepções, não sabem cozinhar. Fui uma vez a um restaurante de sushi (que dizem ser um dos melhores em Portugal) e posso dizer que foi a pior experiência gastronómica da minha vida. Comer peixe cru? Para isso mais vale comer uma portuguesíssima Punheta de Bacalhau que sempre é melhor do que aquela coisa horrível que é por muitos considerada como sendo o prato nacional do Japão. Os chineses e coreanos já têm alguns pratos interessantes, mas nada que se compare à superioridade gastronómica oferecida por um Cozido à Portuguesa. Quanto aos indianos, a gastronomia que vem daquelas bandas é simplesmente demasiado estranha. Deixo uma nota positiva aos turcos no campo da doçaria que é, de facto, excelente e será talvez a única coisa boa que os otomanos sabem fazer com habilidade.  

Na América do Sul reconheço superioridade aos brasileiros no campo da feijoada (sem dúvida a melhor do Mundo!) e aos argentinos na picanha. Dos norte-americanos nem vale a pena falar, porque o melting-pot estado-unidense e canadiano, essencialmente, limita-se a copiar a gastronomia que se consome no resto do Mundo e normalmente copiam mal...

Já na Europa existe uma grande diversidade gastronómica, mas como é óbvio, a gastronomia portuguesa é claramente superior e melhor do que todas as outras. A gastronomia francesa é só visual e pouco conteúdo. Por Itália, comem-se massas e mais massas e parece que não se passa daí. Os alemães nem sabem o que é uma colher de pau. Os britânicos têm má fama na cozinha e não é por acaso. A Leste, exagera-se nas carnes e a Rússia é o único País europeu que minimamente ainda consegue rivalizar com Portugal no campo da gastronomia. Quanto à gastronomia espanhola, todos sabemos que nuestros hermanos limitam-se a roubar receitas portuguesas, mudam-lhes o nome e depois dizem que são espanholas.

Numa Era como a que vivemos, em que o politicamente correcto tomou conta da linguagem e das mentalidades, há muito poucas áreas em que nós (por enquanto...) ainda podemos gabar-nos de ser superiores, sem correr o risco de prontamente sermos rotulados de "racistas" ou "faxistas". A gastronomia é com certeza uma dessas áreas. Mas cuidado, porque em terras do Tio Sam a gastronomia também já se começou a transformar num campo de batalha para os proponentes do Marxismo Cultural e se a nova demência pega, não vai levar muito tempo até começarmos a ler na nossa imprensa artigos a denunciar o quão "anti-semitas" são as Alheiras de Mirandela e o quão "homofóbico" é o Frango à Maricas...

João José Horta Nobre
9 de Julho de 2016


11 comentários:

  1. CHURRASCO BRASILEIRO É MELHOR QUE O ARGENTINO ARGENTINOS TEM LOMBO?

    ResponderEliminar
  2. Mas entao e as aheiras nao eram koshers !?

    ResponderEliminar
  3. Estive em Roma 8 dias em Setembro de 2015, tive de fazer todas as refeições em restaurantes e nenhum se compara em qualidade/preço aos portugueses. Somos muito melhores.

    ResponderEliminar
  4. Li outro dia que só 5% da sardinha consumida em Portugal é pescada aí. Mas vou lhe dizer, nenhum outro país (que eu conheça, lógico), prepara uma sardinha tão bem como os portugueses. Por mim, aquelas sardinhas na brasa, preparadas na rua, poderiam estar em qualquer restaurante estrelado do mundo! Agora, o cozido português, ái que saudade!

    ResponderEliminar
  5. Para o dia a dia nada melhor que uma arrozada sendo que destaco:

    Arroz de pato, arroz de frango, arroz de marisco, arroz de bacalhau, arroz de tamboril, arroz de polvo, e os mais simples arroz de ervilha e cenoura, arroz de tomate ou mesmo um arroz de manteiga.

    Bacalhau tanto faz e destaco:

    Bacalhau com natas, braz, gomes de sá, lagareiro, cozido com todos, grelhado, no forno, frito, arroz de bacalhau, massa com bacalhau, pastéis de bacalhau, com grão, com feijão frade, açorda de bacalhau.

    Por falar em açorda, além desta destaco a açorda de camarão, açorda de marisco e variantes, açorda de alheira ou até as mais simples açorda de tomate ou de alho e coentros.

    Para o Inverno muita sopa com o clássico caldo verde na vanguarda das preferências e no Verão muitas saladas.

    Muito peixe: sardinha, peixe-espada, atum, cherne, linguado, dourada, truta, pargo, corvina, robalo, espadarte, salmonete, carapau e muito marisco também. De fora além do bacalhau vem o salmão.

    Leitão, cabrito, borrego, coelho e aves de criação: galináceos, patos, gansos, perus, pintadas, codornizes.

    Enchidos desde as simples alheiras, farinheiras, chouriços aos presuntos.

    Queijos tradicionais, de ovelha, de cabra, de vaca e os já industrializados mas também muito bons.

    Recomendo também caça: coelho, perdizes, javali.

    Recomendo também a utilização de azeite diário e de bons molhos a acompanhar, desde o molho picante, a mostarda, ketchup, maionese, molho de hortelã, molho de ameixa, molho de maçã, pesto de manjericão.

    Doçaria com muito doce de ovos, muita amêndoa e muitos e bons bolos.

    Para o fim o mais simples e o melhor prato: um clássico bife com batatas fritas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E até me esqueci de mencionar o pão, muito bom, desde o clássico pão de trigo ao pão de centeio e às broas de milho.

      Eliminar
  6. E a verdade, a cozinha portuguesa e maravilhosa, e os portugueses também.

    -um grego

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado ;)

      Da cozinha grega não posso falar porque nunca a experimentei, mas acredito que sejam muito boa e provavelmente bastante semelhante à portuguesa em muitos aspectos.

      Eliminar
  7. Concordo no essencial mas adianto que a cozinha espanhola não fica muito atrás da nossa, sobretudo no que respeita às carnes. Aquilo lá é uma maravilha, tanto a confecção como os acompanhamentos! Temos melhor peixe que eles, eles têm melhor carne a o restante da diferença tem a ver com a promoção; imensas vezes superior à nossa, porque o país vizinho recebe 62 milhões de turistas/ano e nós "apenas "14 milhões. Quem vem, prova e gosta, leva a receita e a mensagem para todo o mundo, logo não é por acaso que a cozinha italiana é mais popular no mundo, mesmo que as pizzas, lasagnas, bruschettas e spaguettis, etc não sejam dos pratos que exigem mais dos cozinheiros nem a sua receita a mais sofisticada, pelo contrário, é a facilidade com que se os conseguem preparar (mais a congelação que permite o armazenamento por imenso tempo) que explicam a sua difusão global no mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gastronomia espanhola e italiana é boa sim. Pessoalmente aprecio mais a espanhola, mas como é óbvio a portuguesa é a melhor de todas!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...