quarta-feira, 6 de julho de 2016

O Cristianismo Foi a Vingança das Elites Judaicas Contra o Império Romano

Obelisco no centro da Praça de São Pedro e onde se pode ler "Vicit Leo de Tribu Juda", ou seja, "O Leão da Tribo de Judá Venceu".
 

"O cristianismo, no seu verdadeiro significado, destrói o Estado." - Lev Tolstoi (1828 - 1910)

O ódio cego que as elites judaicas nutrem contra Roma é antigo e advém pelo menos desde o tempo da Primeira Guerra Judaico-Romana (66 d.C. - 73 d.C.), quando os romanos saquearam e destruíram Jerusalém e o Segundo Templo. A guerra acabou efectivamente com uma vitória para o lado romano, que escravizou os judeus sobreviventes e estima-se que terão morrido cerca de um milhão de judeus em consequência da ofensiva romana, um número de baixas pesadíssimo para a época e que prova bem como os romanos "não brincavam em serviço" quando se tratava de esmagar os inimigos do Império. 

As elites judaicas, como é óbvio, não esqueceram isto e juraram vingança. Decerto, viram na seita do judeu de Nazaré, então em plena expansão, uma óptima oportunidade de infiltrar o Império Romano, subverter a sua religião oficial e em consequência enfraquecer os seus alicerces morais e espirituais.

Os romanos só conseguiram criar um Império e manter uma Civilização durante cerca de doze séculos, porque eram absolutamente implacáveis para com os seus rivais e inimigos. No auge, o Império Romano abrangia cerca de 6.5 milhões de km² de território e continha no seu seio cerca de 20% da população mundial (50 - 90 milhões de habitantes)[1]. Toda esta extensão de território e diversidade de etnias, só se conseguiam manter sob controlo através de uma mistura de assimilação e brutalidade castigadora que os romanos souberam sempre empregar com extrema eficácia. A religião romana ía então ao encontro desta pax romana e não existiam na sociedade ou elite de Roma, ideias derrotistas sobre "dar a outra face" ou "oferecer a túnica a quem nos quer roubar a capa"

Veio a seita cristã e tudo isto começou a mudar. O que os cristãos começaram a operar dentro do Império Romano, foi uma autêntica manobra de subversão interna do Império, que as elites judaicas decerto não tardaram a ver como algo útil para atingirem o seu objectivo de vingança contra Roma. Pouco a pouco estas elites judaicas foram infiltrando as massas romanas e as elites do Império através de agentes seus (zelotas?) estrategicamente colocados dentro do movimento cristão. O Cristianismo, como um autêntico veneno mortífero, foi-se espalhando e corroendo a moral do Império de dentro para fora. Por fim, lá tiveram um golpe tremendo de sorte quando conseguiram manipular o Imperador Constantino no sentido de passar a professar o Cristianismo. Só para que os leitores tenham uma noção comparativa da gravidade disto, ser-se cristão nesta época, seria como ser-se comunista no Estado Novo de Salazar...

Não há forma de se fugir a um facto muito evidente e esse facto é que a penetração do Cristianismo no Império Romano, coincide exactamente com o início do declínio do mesmo. À medida que o Cristianismo se foi espalhando dentro do Império, o mesmo começou gradualmente a apodrecer por dentro e a perder força. Alguém minimamente sério e intelectualmente honesto pode achar isto uma mera coincidência?...


A conclusão é mais do que óbvia: o Cristianismo minou a moral romana, tendo subvertido e destruído o Império de dentro para fora. Querem mais uma prova bastante boa de tudo isto? Podem encontrá-la num famoso obelisco que está localizado no centro da Praça de São Pedro e onde está escrito para que todos possam ver: "Vicit Leo de Tribu Juda", ou seja, "O Leão da Tribo de Judá Venceu". Isto caros leitores, é o que está gravado num obelisco (símbolo maçónico...) em plena praça de São Pedro, no coração do Vaticano, ou seja, de Roma!

Não percebem que isto são as elites judaicas a gozar connosco?! Instalaram uma religião subversiva que faz o culto a um judeu no seio do mesmo Império que saqueou Jerusalém e depois não só ajudam a destruir esse mesmo Império, como ainda colocam um obelisco em Roma a gabar-se de que "O Leão da Tribo de Judá Venceu"! Vejam bem a canalhice de que são capazes estes patifes semitas, que tiveram o desplante de colocar uma coisa destas na antiga capital do Império Romano, mesmo só para provocar e para troçar dos goyim. Fica pois mais do que claro que a disseminação do Cristianismo, foi não só uma vingança operada pelas elites judaicas contra o Império Romano, mas também uma manobra no sentido de tentarem envenenar a cabeça dos não-judeus com uma ideologia/religião internacionalista e derrotista. 

Hoje isto ainda não acabou e basta verem como o filo-semita do Bergoglio utiliza os recursos do Vaticano para fazer propaganda internacionalista de manhã à noite. O "Universalismo" de que falam os cristãos, nada mais é do que Internacionalismo/Mundialismo disfarçado. O alvo agora já não é o Império Romano, mas os restos e descendentes do mesmo, pois as elites judaicas só descansarão quando não restar pedra sobre pedra na Europa.

A Superclasse Mundialista que discretamente está a conduzir os destinos do Mundo, por intermédio das marionetas políticas e financeiras que a mesma controla, não é exclusivamente judaica, mas existe um forte elemento judaico no seio da mesma, que até Fernando Pessoa reconheceu e que opera nas trevas no sentido de atingir objectivos sinistros. O Cristianismo no meio disto tudo não passa de uma ferramenta de vingança das elites judaicas.

___________________________________________

Notas:
[1] UNRV HISTORY - Roman Empire Population. Link: http://www.unrv.com/empire/roman-population.php

João José Horta Nobre
6 de Julho de 2016

48 comentários:

  1. Sem querer colocar em causa sua tese nesta matéria(como está neste post)sugiro este video https://www.youtube.com/watch?v=h-J7sKhx5P4 que aponta para os askenazi(ramo hebraico da Khazária diverso do ramo que conhecemos por sefarditas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O video está realmente interessante, mas a mim parece-me simplesemnte absurda essa ideia de que os sionistas, na realidade, são os descendentes da elite do Império Romano que querem reconstruir o mesmo.

      Os romanos, pelo menos os verdadeiros romanos, eram pagãos e a sua cultura nada tinha a ver com a dos povos semitas. Não faz sentido nenhum dizer-se que entretanto houve uma elite romana que sobreviveu à queda do Império e se refugiou na Ásia, onde andou a planear o regresso ao poder e entretanto se converteu ao Judaísmo. Isso para mim já entra mesmo no domínio da fantasia...

      Eliminar
    2. Acho que não viu o video todo,o ponto que eu queria relevar é o da ligação aos khasarianos(império do século 8)que se converteram ao judaismo(há aliás trabalhos genéticos que apontam para essa ligação do ramo azkenazi aos khazars)

      Eliminar
    3. Vi o video todo sim, mas isso dos khasarianos interessa para quê?

      Eliminar
    4. A teoria dos khasarianos não passa de uma fraude e já foi bem desmontada aqui:

      https://www.youtube.com/watch?v=BUDU1X29SJU

      Eliminar
    5. se é uma fraude entao donde vem a mongolizaçao dos askhenazis ? os askhenaiz nada se assemelham aos semitas.

      Eliminar
    6. Veja o video e ouça a explicação do Kevin Macdonald, ele explica tudo bem explicadinho.

      A leve (muito leve mesmo...) "monogolização" dos ashkenazis advém simplesmente do facto dos judeus serem um povo oriundo da Ásia e com certeza que terão havido misturas étnicas por lá. Não existe uma "raça pura" judaica.

      Eliminar
  2. Cada um e livre de acreditar naquilo que quer uns acreditam e teem um testemunho de Deus o pai,Seu filho unigenito jesus cristo e no espirito santo como e o meu caso,outros preferem acreditar que evoluiram dos macacos,isso nao prova que Deus nao exista so porque nao o veem,sera que alguem consegue ver o vento...entao porque nao o veem o vento nao existe? ,entao e a eletricidade que passa nos fios eletricos alguem consegue ver?,tambem nao existe porque nao a vemos? So precisamos ter fe ler e estudar as escrituras e essa fe crescera ate ter um forte testemunho.que o senhor abencoe a todos crentes e nao crentes.amen

    ResponderEliminar
  3. Roma caiu devido a assimilaçao de escravos libertos e outros povos de origem estrangeira intelectualmente inferiorres com a populaçao romana .

    "I wonder what the world be if Rome just maintained it's Racial purity and no civil war happened after Augustus
    Rome depended too heavily on slaves for all menial and hard work. Indeed it was said that economically Rome was a system that produced wine and exchanged it for slaves at its ever enlarging frontiers. It failed once these frontiers stopped growing. When you have a 50-50 rate of slaves to citizens miscegenation is absolutely inevitable

    we will quote from the foremost historian on the economic history of Rome before his death in 1939,Professor T. Frank. His monumental five-volume work on Roman Economics and Social Life is the recognized authority on the subject. He, probably more than any other person, has studied at length the native Roman records, epigraphical information and archaeological finds relative to his subject.
    The Cambridge Ancient History consistently refers to his works.
    Now, let us notice what Professor Frank says about the race question in the American Historical Review, vol. 21, July 1916, p. 689. The information he records is illuminating:

    "There is one surprise that the historian usually experiences upon his first visit to Rome. It may be the Galleria Lapidaria of the Vatican or at the Lateran Museum, but, if not elsewhere, it can hardly escape him upon his first walk up the Appian Way. As he stops to decipher the names upon the old tombs that line the road, hoping to chance upon one familiar to him from his Cicero or Livy, he finds prenomen and nomen promising enough, but the cognomina all seem awry. L. Lucretius Pamphilus, A. Aemilius Alexa, M. Clodius Philostosgas do not smack of freshman Latin. And he will not readily find in the Roman writers now extant an answer to the questions that these inscriptions invariably raise. Do these names imply that the Roman stock was completely changed after Cicero's day, and was the satirist (Juvenal) recording a fact when he wailed that the Tiber had captured the waters of the Syrian Orontes?
    If so, are these foreigners ordinary immigrants, or did Rome become a nation of ex-slaves and their offspring?

    "Unfortunately, most of the sociological and political data of the empire are provided by satirists.
    When Tacitus informs us that in Nero's day a great many of Rome's senators and knights were descendants of slaves and that the native stock had dwindled to surprisingly small proportions, we are not sure whether we are not to take it as an exaggerated thrust by an indignant Roman of the old stock. . . . .


    What Professor Frank did, besides referring to literary sources, was to study the epigraphical information on the various tombs and monuments in Rome and throughout Italy. He studied over 13,900 different names and found that about three quarters bore names of foreign derivation. The vast majority had Greek( In this epoch Greeks were already not white https://m.youtube.com/watch?v=0T7_pSJWw6o)
    cognomina not Latin at all.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo, Roma caiu devido a uma mistura de vários factores. Não existe um factor único que levou à queda do Império Romano e nem poderia haver, pois o mesmo era demasiado forte para cair apenas devido a um único factor.

      Eu pessoalmente, acredito muito a sério que a disseminação do Cristianismo teve um papel importante na queda do Império Romano, mas com certeza que existem muitos mais factores que contribuíram para tal.

      Eliminar
    2. nem falo do império ,falo mesmo da civilizaçao romana.assim como a suméria,persa,veda, grega etc ,a romana caiu por causa da continua e irreversivel mudança demografica .

      Eliminar
    3. A mudança demográfica foi apenas um factor entre muitos outros...

      Eliminar
    4. Foi o principal ,se não o único.

      Eliminar
    5. As pessoas acreditam naquilo que querem acreditar. Se o anónimo quer acreditar nisso, então esteja à vontade. Na Idade Média também se acreditava que a Terra era plana...

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  4. "O cristianismo, no seu verdadeiro significado, destrói o Estado." - Lev Tolstoi (1828 - 1910)

    Destrói mesmo, assim Gandhi destruiu o poderio inglês.

    João, pára com essas teorias da conspiração!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João,
      Vejo em Tolstoi uma das Pessoas com mais Espirito Cristão que já conhecei e tu citas Tolstoi para justificar teu, ateísmo, tua idolatria a pedras e arvores, teu paganismo primitivo?
      Que contradição!
      João, qual a origem e o significados da palavra Cristo?

      Eliminar
  5. CRISTO FOI UM HOMEM EM CARNE E OSSO,PORÉM O SEU CONTEÚDO É QUE FOI DIFERENTE DE TODOS NÓS,VISTO SER ELE O ESCOLHIDO E SER ÚNICO FILHO DIRETO DE DEUS,MAS A HUMANIDADE NÃO PODE ENXERGAR ALGUÉM COMO CRISTO,ONDE O MESMO PODERIA TER MULHER E FILHOS,ENFIM UMA FAMILIA. NUM MUNDO DE HOJE,SE ALGUÉM TIVESSE CONHECIMENTO DE UM DESCENDENTE DE CRISTO, QUE INFERNO SERIA A VIDA DESTA PESSOA,POIS A GANÂNCIA,A VAIDADE E TANTAS OUTRAS COISAS QUE DARIAM UMA FORÇA POLITICA E AMBICIOSA,A QUEM TIVESSE O CONHECIMENTO DO PARADEIRO DESTA PESSOA. GRAÇAS A DEUS NÃO SE SABE SE TEMOS AINDA UM DESCENDENTE DA FAMILIA DE CRISTO VIVO. SE AINDA EXISTIR ALGUÉM,E CREIO QUE EXISTA,QUE CRISTO A MANTENHA EM ETERNO SEGREDO,LONGE DOS PROFANOS E GANANCIOSOS.

    ResponderEliminar
  6. Para os cristãos, Jesus Cristo é Deus e único suficiente salvador.

    O restante é especulação.

    Até quando vão perseguir os cristãos?

    Postagem medíocre.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas acreditam naquilo que querem. Se o Anónimo lhe dá conforto acreditar nisso, o que quer que eu faça?

      Quanto à perseguição dos cristãos, eu de certeza absoluta que nunca persegui nenhuns cristãos, nem quero que os cristãos sejam perseguidos.

      Eliminar
  7. O histórico do Blog revelam a perseguição.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois deve revelar deve, na sua cabeça...

      Eliminar
    2. Os cristãos não diferem muito dos muçulmanos neste aspecto. Qualquer crítica que se faça à sua religião é logo interpretada como "perseguição" ou "racismo".

      São todos abraâmicos e basta...

      Eliminar
  8. Mais uma aberração das religiões. Só bons exemolos: http://www.dn.pt/globo/interior/igreja-mormon-admite-que-o-seu-fundador-tinha-40-mulheres-4231992.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso é bom . por mim todo branco deveria ser mormon ,um baby boom infinito é oque a raça branca precisa.

      Eliminar
  9. Basta ver as postagem. Perseguição é clara.

    E o mundo ateu é perfeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está, a "perseguição" de que fala só existe na sua cabeça.

      Quanto ao "mundo ateu", que fique pois a saber que nem eu sou ateu, nem alguma vez eu escrevi ou disse em sítio algum que o "mundo ateu é perfeito".

      Você é claramente alguém que sofre da mania da perseguição, há tratamento para isso:

      http://www2.uol.com.br/vyaestelar/paranoia_de_perseguicao.htm

      Eliminar
  10. Perseguição do Blog ao cristianismo.

    Não é ateu?

    É o que então?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você já parou para pensar que talvez seja um fanático religioso?...

      Eliminar
  11. EM TESE O CRISTIANISMO SOUBE CONVIVER BEM COM O ESTADO ERA SEU ASSISTENTE SOCIAL EM EPOCAS EM QUE ISSO NÃO EXISTIA VIDE QUE SÓ A IGREJA SE INTERESSAVA EM PAGAR OS RESGATES DOS PIRATAS DA BERBERIA COM DOAÇÕES ETC FORA OUTRAS ENTIDADES O PROBLEMA É QUE O CRISTIANISMO TRAZ DENTRO DE SI A SEMENTE DA PROPRIA DESTRUIÇÃO ACEITA POR EXEMPLO JUDEUS INFILTRADOS QUE GERARAM OS FILHOTES DOS ABRAAMICOS E ISSO SIM IRÁ DESTRUIR TUDO

    ResponderEliminar
  12. Aqui não tem fanatismo.

    Só quero entender qual objetivo da perseguição.

    Basta ver o histórico do Blog.

    Não é ateu?

    É o que então?

    Por enquanto vou classificá-lo de ateu fanático.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então faça lá o favor de me dar um exemplo dessa tal "perseguição"? Fico à espera...

      Eliminar
  13. Blog anti cristão ou anti catolicismo

    "A Igreja Católica ultimamente parece ter-se reduzido a uma associação de defesa de direitos corporativos. Enquanto o País continua a ser desmantelado de dia para dia e assistimos a uma autêntica invasão islamo-africana na Europa (que a Igreja no futuro vai pagar muito caro...), a prioridade do clero católico são os colégios privados, os abortos, a eutanásia e mais umas tretas que não interessam a ninguém. A Igreja em lugar de combater onde é essencial, desgasta-se nestas escaramuças secundárias contra a esquerda e as suas "causas fracturantes".

    Assim vai a Igreja Católica, totalmente controlada pela Superclasse Mundialista e dirigida por um anti-Papa ao serviço da Nova Ordem Mundial."

    Besteirol.

    ResponderEliminar
  14. ...a prioridade do clero católico são os colégios privados, os abortos...

    ...Igreja Católica, totalmente controlada pela Superclasse Mundialista...

    Quanto besteirol, parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Naotensnadaavercomisso Faltadeprivacidade10 de julho de 2016 às 13:53

      acho piada esta gente falar em DEUS e acreditar e levar essa treta ainda nos dias de hoje, ainda hoje se continua a ver gente a matar e a pregar pela merda da relegiao seja ela qual for, adorar o zero e seguir um livro que foi escrito que nem sequer é o original, sim esse ate hoje nao passa do um unico bocado de pregaminho escrito, conseguiram escrever desse bocado de papiro um livro com centenas de paginas, e estes burros andam a seguir uma historia, o giro é que acreditar em ET sao malucos, acreditar e seguir essa e outra relegiao já é correcto.... bando de primitivos

      Eliminar
  15. Prova.

    Ateus e a suas perfeições.

    ResponderEliminar
  16. Baita argumentação.

    Muita sabedoria vinda dos ateus.

    Enfim, mundo perfeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mostre-me lá então o seu blog para eu ver a sua argumentação. É que da sua parte só o tenho visto a cagar bocas por aqui, que não só não adiantam nada, como não trazem conteúdo nenhum.

      Eliminar
  17. Pelo contrário Ser Perfeito.

    Prove com documentos (oficias) da igreja as baboseiras que você escreveu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHHAHAHAHHA, documentos oficiais da Igreja? E você acha que a Igreja se tivesse sequer esses docemntos, os iria disponibilizar?

      Mas diga-me lá anónimo, o que é que você vê no Cristianismo?

      Eu confesso que gosto muito de falar e discutir estas coisas com cristãos, sinto muita curiosidade em tentar perceber o que é que vocês vêem nessa religião semita.

      Eliminar
    2. a igreja catolica não cometeu crimes horrorosos em nome da religião ?
      lembram-se do ano de 1431, ?
      POBRE JOANA D`,DARQUE ! TENHAM VERGONHA

      Eliminar
  18. Juro, procurei, procurei, procurei e não achei as provas.

    Fico no aguardo.

    Att.

    Comunismo é um sistema ateu, certo?

    lol

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...