sexta-feira, 26 de agosto de 2016

O Nível de Rebaixamento Perante o Primitivismo Islâmico Atinge Novos Patamares

 Tão lindo! Tão diverso! Tão vibrante!

«Mulheres polícias já podem usar hijab na Escócia e Canadá»


O nível de rebaixamento perante o primitivismo islâmico atinge novos patamares. Pouco a pouco e passo a passo, esta gente vai impondo o atraso e a merda em que acreditam à Civilização Ocidental. Sobre esta "avançada" ideia de agora permitir que as mulheres polícias andem de hijab, só tenho a dizer que podem ter a certeza que se esta moda chegar a Portugal, eu irei recusar-me terminantemente a acatar ordens ou obedecer a qualquer mulher polícia que se apresente perante a minha pessoa com um hijab enfiado na cabeça. Podem-me levar preso se quiserem e também me podem enfiar um tiro, mas eu RECUSO-ME a reconhecer sequer como autoridade no meu País, uma mulher polícia que ande de hijab.

Voltaire deve estar a dar voltas na sepultura, incrédulo a observar como é possível que mesmo mais de duzentos anos após a sua morte, a Europa ainda não tenha sabido enfiar um chuto definitivo neste lixo religioso oriundo do Médio Oriente, que não só é uma clara fonte de atraso, como uma ameaça aberta à Humanidade. 

João José Horta Nobre
26 de Agosto de 2016


25 comentários:

  1. Pessoas precisam de acordar para o problema de que se não começarem a dizer não estas pessoas mais dia menos dia eles vão fazer o que querem e ninguém pode fazer nada porque vai ser tarde demais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rosário Antuña Garcia26 de agosto de 2016 às 04:49

      Qualquer dia vao fazer o que querem ???? eles ja fazem e com a conivencia dos governos Europeus ,que sao uma fraude de todos os tamanhos.

      Eliminar
    2. Rua todos para a rua!!! Mandem esta ESCUMALHA TODA PARA A RUA!!!

      Eliminar
    3. A tolerância é muito bonita, o problema é que muitos já abusaram de toda a liberdade, que lhes foi proporcionada no mundo ocidental. Na verdade, o ideal para muitos deles, é impor a sua ideologia nos outros. É complicado, por um lado é necessário deixar cada um ser como se sente bem, por outro, o conflito de culturas, VALORES, democracia, e liberdade! Quando chegaram ao ponto de "exigirem" a lei da Sharia, na Inglaterra, quando por ex: o Paquistão, um país muçulmano, nem a usa a nível do estado, dá para imaginar aonde chegamos..... Enfim....

      Eliminar
  2. http://www.blancheurope.com/2016/08/23/omelette-multiculturelle-multirecidiviste-somalien-tente-enlever-petite-fille-britannique/


    Somalie ilegal nos Uk desde de 2009 e com mais de 20 passagens criminais ,preso mais uma vez por sequestro tentado.

    ResponderEliminar
  3. E não é Londres administrada agora por um muçulmano(do partido trabalhista/socialista inglês claro)? Os ingleses continuam como se nada fosse a beber suas pints(cervejas em canecas de meio litro)e a gritar pelo seu clube favorito(e como "nacionalistas" mal amanhados que são logo irão para a guerra seguinte ao serviço de "sua majestade"/corporação globalista)

    ResponderEliminar
  4. Caro JJHN

    Lembro-me perfeitamente disso. A mudança de vestuário na polícia em Inglaterra começou no governo de Tony Blair.

    É preciso que os eleitores saibam votar. Desmantelar as bases de sustentação da esquerda é uma prioridade da Humanidade.

    ResponderEliminar
  5. Mais um blog neomarxista https://obeissancemorte.wordpress.com/2016/08/26/que-o-livre-arbitrio-das-mulheres-venca-o-fundamentalismo-dos-homens-obrigacionistas-e-proibicionistas/ e pró islamista(disfarçado sempre em palavras de "liberdade" e "igualdades")

    ResponderEliminar
  6. No seguimento desse post(acima exposto) postado na página 1 milhão na avenida(facebook) temos a seguinte troca de coments que revelam bem o "pensamento" neomarxista: Martim Moniz Martim Moniz Porque não vais lá para a terra deles(muçulmanos)defender seus modos de vida?A propósito,não são os direitos das mulheres(postos em causa pelo islão) uma causa da esquerda e dos neomarxistas?
    Gosto · Responder · 4 min
    Renato Teixeira
    Renato Teixeira Eu vou para onde entendo. E entendo que todos devem poder fazer o mesmo. Já sobre roupa de mulher prefiro que sejam as mulheres a decidir.
    Gosto · Responder · 3 min
    Martim Moniz
    Martim Moniz vai "bardamerda" seu canalha neomarxista(ou será marxista-islamico?).
    Gosto · Responder · 2 min
    Renato Teixeira
    Renato Teixeira Só vou para onde encontro boa companhia. Saravá talibano-proibicionista. ;)
    Gosto · Responder · 1 min
    Martim Moniz

    Escreve uma resposta...

    Escolher ficheiro
    Martim Moniz
    Martim Moniz O erro maior da França( promovido pelos canalhas políticos de lá)foi abrir as portas a toda a "escumalha" em nome da liberdade e da democracia(resultado é o caos que todos marxistas sempre quiseram na Europa).
    Gosto · Responder · 3 h
    Martim Moniz
    Martim Moniz Renato Teixeira Um muro em cada fronteira e fica tudo resolvido. Não é Trumpinho?
    Gosto · Responder · Agora mesmo · Editado
    Martim Moniz
    Martim Moniz Não senhor,abaixo as fronteiras e a identidade nacional(esquecendo que as maiores desgraças sempre vieram dos internacionalistas e utopistas)para melhor desgraçar a Europa não é meu canalha marxista? -------------------------------------------------------------------------------- Renato Teixeira-Exacto caro fascista, em todo o caso prometo nunca ter a pretensão de escolher a sua roupa.
    Gosto · Responder · 2 h · Editado
    Martim Moniz
    Martim Moniz os maiores fascistas são voçês pois promovem o social-fascismo(bem camuflado com palavras bonitas para enganar os incautos).E são claramente os mais perigosos pois os fascistas ditos tradicionais são facilmente identificados(e eu não sou definitivamente um deles)enquanto voçês têm a arte da dissimulação.
    Gosto · Responder · 29 min · Editado
    Martim Moniz
    Martim Moniz Martim Moniz
    Martim Moniz A propósito,não são os direitos das mulheres(postos em causa pelo islão) uma causa da esquerda e dos neomarxistas?------esta questão colocada no meu comentário inicial foi ignorada(as vossas contradições são tantas que já evitam argumentar seriamente)mas para quê argumentar seriamente quando se pode chamar nomes(mesmo sem conhecer o pensamento dos outros)e acabar com a conversa?Não é assim?
    Gosto · Responder · 6 min
    Renato Teixeira
    Renato Teixeira Martim Moniz você é um mestre escola do insulto e agora pasma-se com o que recebe em troca? " vai "bardamerda" seu canalha neomarxista(ou será marxista-islamico?"
    Gosto · Responder · 4 min
    Martim Moniz
    Martim Moniz quando falta os argumentos logo se refugiam em questões de semantica(como se a palavra canalha fosse um grande insulto comparado com outras usadas pelos marxistas).Ponto final
    Gosto · Responder · Agora mesmo

    ResponderEliminar
  7. Argumentar com neomarxistas(ou marxistas ortodoxos)é como atirar "pérolas a porcos",mas claro que convém quem os exponha(como fez o Moniz no face)pois continuam a enganar e a iludir muitos incautos.Para melhor entenderem as agendas do neomarxismo http://omarxismocultural.blogspot.pt/2012/10/politicamente-correcto-vinganca-do.html

    ResponderEliminar
  8. Caro Mestre Nobre,

    Porque removeu a posta relativa aos dois animais iraquianos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque a posta não estava como eu queria. Eu por vezes (mas raramente) comporto-me como aqueles pintores que quando não gostam do resultado final de um quadro seu, simplesmente queimam a obra e ponto final. Felizmente que não sou como o Sr. Hamsun que tem o hábito de apagar blogues inteiros. Isso é que é mesmo um exagero completo.

      Eliminar
    2. Leia isto caro JJHN:

      http://antizionismo.blogspot.pt/2016/09/o-mito-da-ligacao-nazi-sionista.html#comment-form

      Eliminar
    3. Eu já tinha lido caro Afonso, pois eu também ando sempre "com um olho no burro e outro no cigano"...

      Esse Thor odeia-me também porque quando eu entrei em contacto com ele pela primeira vez, o tipo partiu para cima de mim com uma agressividade exagerada e eu dei-lhe logo o troco na medida certa.

      O Thor demonstra ser um muito ignorante em relação a determinados assuntos. Diz que a Alt-Right é toda "pró-Trump", mas ignora que muitos de nós nem concordamos com tudo o que Trump diz e só vamos apoiar Trump enquanto ele se mostrar fiel às suas palavras. Se Trump nos trair e vier a demonstrar ser "oposição controlada", o Afono pode ter a certeza de que eu e praticamente toda a Alt-Right se vão virar contra Trump. A aliança entre a Alt-Right e Trump é mais uma aliança estratégica, do que outra coisa qualquer.

      Loool, acho piada é quando o Thor diz que eu há um ano atrás era um "ferrenho cristão e sionista". Isso é mentira, pois eu nunca fui cristão, apesar de ter sido baptizado pelos meus pais e nunca fui sionista no sentido imperialista/supremacista do termo. Mas sim, continuo a defender o direito dos judeus a terem um Estado onde viver e se isso
      é ser "sionista", então sou "sionista" com muito orgulho!

      Quanto ao triste do Santon, esse então ainda acredita que o Lá Lá Cardo me "desmascarou". AHAHAHAHAHAHHAH, isto é cómico demais...

      Agora a nova teoria do Santon é que eu mudei o meu comportamento de uma postura intransigente da "defesa de Israel e do Sionismo, tendo-me tornado um "anti-judeu primário". Outra mentira. Eu não deixei de apoiar a existência de Israel como Estado e continuo a defender o direito de Israel a existir, pois os judeus têm de ter um sítio neste Mundo onde se possam meter. Agora que eu não gosto da religião, nem da cultura dos judeus, lá isso não gosto.

      A cereja no topo do bolo é quando o Santon diz que isto é tudo uma estratégia minha para me infiltrar nos meios NS! AAHHAHAHAHHAHAHAH, isto não tem mesmo ponta por onde se lhe pegue. Esse Santon e o Thor são dois alucinados completos.

      Ainda me lembro de que o Thor teorizou há uns meses que o Caturo é um agente da Mossad e que o Gladius é um blog da Mossad para se infiltrar nos meios nacionalistas. AHAHAHHAHAHAHAHAHAH, isto dava um filme do Mr. Bean!

      É ignorar essa gente Afonso, o melhor mesmo é ignorá-los e seguir em frente. Eles dizem que eu lhes "roubo ideias" e eles podem ter a certeza, de que agora é que eu não terei mesmo escrúpulos em roubar-lhes material se eu achar que publicam alguma coisa útil nas suas tascas nazis. Já que tenho a fama, também quero ter o proveito...

      Eliminar
  9. Mas temos de voltar ao seculo XIV ? Já levei com a catequese na minha infancia e agora que pensava ter-me livrado da beatice catolica, tenhos que levar outra vez com a Idade Media em cima ? Já não há pachorra para estas religioes manipuladores em 2016.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o pior é que o avanço de uma(neste caso do islão)dá justificação a outras de voltarem em força à manipulação da sociedade(aí têm uma possivel explicão para o apoio da actual hierarquia católica-romana aos muçulmanos).Não sei se me estou a fazer entender.

      Eliminar
    2. Caro Bilder, por acaso eu também já tinha pensado nisso que diz. Eu já vi por aí cristãos fanáticos como o daquele blog da Acção Integral, a dizerem que isto das burqas e hijabs é bom, porque traz de volta o pudor dos costumes católicos, ou seja, dos costumes semitas quer ele dizer. Veja por si aqui:

      http://accao-integral.blogspot.pt/2016/08/a-republica-francesa-contra-os-bons.html

      Eliminar
  10. Foi em 1990 que o primeiro sikh foi autorizado a usar turbante como membro da RCMP – Polícia Montada – o que causou grandes protestos por parte da população.
    A RCMP é (era) conhecida pelas suas tendências misóginas. Agora já autorizam também o uso do hijab, desenhado de forma a que as mulheres possam também usar um forage cap (tipo bóina) ou o chapéu tradicional, suponho. Somos uma sociedade tolerante, abrangente... mas – há um mas para tudo – deveremos manter a nossa identidade canadiana, diz a maioria. E o que é a identidade canadiana, afinal? Uma das suas características fundamentais é precisamente o multiculturalismo. Multiculturalismo é diversidade...
    O que me incomoda mais é que não há reciprocidade na aceitação dos costumes e tradições ocidentais por parte dos países onde as mulheres devem usar o hijab, a burca, o niqab...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Catarina, como nunca a vi por aqui, quero antes de mais dar-lhe as boas vindas ao História Maximus.

      Quanto ao que diz, aconselho-a a ter cuidado com a propaganda do "multiculturalismo", porque por detrás dessa utopia esquerdista, esconde-se o fim da própria Civilização...

      Eliminar
    2. Completamente certo,o delito de opinião blog hoje tem um excelente artigo no qual chega a essa mesma conclusão.

      Eliminar
    3. Rectifico,queria dizer o blog estado sentido e não o delito de opinião(que por vezes também tem posts relevantes).

      Eliminar
    4. Identidade canadiana sempre foi multicultural com anglos e os franceses ,mas nunca jamais ,multirracial . oque põe em perigo a identidade anglo-francesa é justamente o multirracial multiculturalismo.

      Eliminar
    5. Identidade canadiana sempre foi multicultural com anglos e os franceses ,mas nunca jamais ,multirracial . oque põe em perigo a identidade anglo-francesa dos canadenses é justamente o multirracial multiculturalismo.

      Eliminar
    6. «oque põe em perigo a identidade anglo-francesa dos canadenses é justamente o multirracial multiculturalismo.»

      Como é óbvio...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...