domingo, 7 de agosto de 2016

Uma Tragédia Chamada João Marques de Almeida



"Saberemos que o nosso programa de desinformação está completo, quando tudo aquilo em que o povo americano acreditar for falso." - William J. Casey, director da CIA (1981 - 1987)

João Marques de Almeida (ex-assessor político de Durão Barroso na Comissão Europeia...), um sujeito rasca e ordinário que publica textos no Observador da direitinha domesticada, decidiu presentear-nos a todos hoje, com mais um dos seus delirantes textos de propaganda que se pautam pela desinformação pura e simples. Vejam por vós a pérola em questão:



Esta estranha proximidade a Putin acontece num momento muito difícil para a segurança europeia. Após a invasão da Ucrânia, os russos continuam a provocar os seus vizinhos Bálticos, assim com a Finlândia, países membros da Aliança Atlântica e da União Europeia. Ora, apesar da ameaça russa, Trump já afirmou que não se sente vinculado pelo artigo 5 da Aliança Atlântica. Ou seja, os Estado Unidos com um Presidente Trump não garantem a defesa dos países bálticos e, presume-se, da Polónia. Putin tem o caminho aberto para atacar um dos vizinhos bálticos. Se os americanos nada fizessem, como sugere Trump, seria o fim da NATO. E ninguém consegue imaginar como reagiriam os mercados internacionais a uma agressão militar a um país da zona Euro. A irresponsabilidade política de Trump é ilimitada.



É assim que estes liberalóides pensam. Trump é uma "vergonha" e a sua candidatura é "indigna para a democracia americana", mas a candidatura da prostituta sionista Hillary Clinton, que levou a cabo fraude eleitoral comprovada para vencer a nomeação democrata, isso já não é uma "vergonha", nem uma coisa "indigna"

Trump é um candidato "perigoso para a segurança do seu país, e do mundo ocidental", mas a Hillary Clinton que é indubitavelmente uma das maiores responsáveis, senão mesmo a maior responsável, por muito do actual caos no Médio Oriente, essa já não é considerada como sendo um perigo pelos "bem pensantes" do costume. A senhora Clinton foi quem esteve em larga medida por detrás da destruição do regime de Muammar Gaddafi na Líbia, uma acção deveras "brilhante", que apenas fez com que a Líbia num par de anos deixasse de ser o País com o maior índice de desenvolvimento humano em África, para passar a ser apenas mais um estado-falhado e em vias de resvalar para as mãos de extremistas islâmicos. Na Síria, já se sabe desde o início que a "revolução" tem as mãos da CIA por detrás e recentemente confirmou-se aquilo de que muitos suspeitavam há muito: Hillary Clinton é pessoalmente responsável pelo fornecimento de armas ao Estado Islâmico. Mas lá está, mesmo depois de Hillary Clinton ter destruído dois países com centenas de milhares de mortes pelo meio, mesmo assim, o Donald Trump é que é "perigoso" na cabeça de liberalóides do calibre de João Marques de Almeida. 

Diz-nos ainda este gracioso comentador da direitinha domesticada que "a irresponsabilidade política de Trump é ilimitada", porque o mesmo pode acabar com a NATO ao recusar-se a defender os países bálticos da terrível "agressão russa".  Estão a ver os meus caros leitores como se distorce informação e se mente todos os dias nos grandes media? Se há País que tem provocado a Rússia nos últimos anos, são os Estados Unidos da América, que foram quem fomentou em larga medida todos os problemas actuais entre a Ucrânia e a Rússia e andaram a aproveitar-se de ódios e rivalidades antigas, para fomentar ainda mais divisões e confusão na Europa de Leste. O alvo disto tudo é a Rússia e é a Rússia, porque as elites mundialistas perderam o controlo sobre esse País com a chegada ao poder de Putin, um homem que apesar de estar longe de ser perfeito (não se pode exigir muito de um ex-KGB...), tem sido um dos maiores resistentes contra a Nova Ordem Mundial. O plano das elites mundialistas após o fim da União Soviética em 1991, era o de enfraquecerem a Rússia economicamente e desgastar a mesma por dentro, fomentando conflitos (lembram-se das guerras na Chechénia?...), até a mesma se começar a fragmentar por completo. Dividir a Rússia em vários países é uma necessidade para os mundialistas, de forma a poderem mandar assim abaixo um opositor de peso e de seguida acelerar os seus planos rumo à formação de um governo mundial totalitário. Putin colocou-se à frente desta gente toda como um obstáculo e por isso é perfeitamente natural que os mundialistas o odeiem visceralmente. É fácil de se perceber que o que verdadeiramente preocupa os mundialistas não é a "falta de democracia" na Rússia, como por aí se diz vulgarmente, mas sim, o facto de eles não controlarem a Rússia, tal como não controlam Donald Trump (até ver...) e por isso mesmo lhe dedicam tanto ódio a nível diário.

João Marques de Almeida refere ainda que outro dos grandes "perigos" inauditos, é o facto de Trump ser um opositor da União Europeia. Sim, Trump é um opositor da União Europeia e ainda bem! Espero mesmo que a União Europeia seja completamente arrasada e quanto mais depressa melhor, pois tal projecto transformou-se numa Anti-Europa absolutamente escabrosa e ao serviço de gente muito sinistra. Ver Portugal sair da União Europeia é mesmo uma das minhas maiores prioridades e se Trump puder dar-nos uma "ajudinha" nesse sentido, ajudando a enfraquecer e desgastar a mesma, essa "ajudinha" será com certeza muito bem vinda. 

Este ex-assessor de Durão Barroso (fede a maçonaria...) é apenas um entre muitos outros comentadores que escrevem por aí nos jornais sobre Donald Trump e Hillary Clinton e que sabem pouco, mesmo muito pouco, tanto sobre um, como sobre o outro candidato. Para além disto, normalmente são gente que é paga para mentir sob a capa de "cronistas" respeitáveis e com currículos que em muitos casos só são o que são, porque tiveram as "cunhas" certas. Estes escarros intelectuais fazem da desinformação um modo de vida e é nojento, verdadeiramente nojento que o jornalismo em Portugal tenha descido tão baixo. Em Novembro, se Trump vencer as eleições, aí é que eu depois vou ver a choradeira que vai ser durante dias a fio em todos os jornais e televisões. Será uma espécie de repetição do que aconteceu no pós-brexit, quando a nossa comunicação social armada em filha da puta, levou duas semanas seguidas só a falar da grande "tragédia" que tal representava e a apelar directa e indirectamente a que se ignorassem os resultados do referendo em causa. Só isto e apenas isto, já é bem demonstrativo do conceito de "democracia" que é nutrido por esta gente...

João José Horta Nobre
7 de Agosto de 2016 


14 comentários:

  1. Comunistas vao ser expulsos da America. Ninguem quer essa porcaria. A Hillary, Obama, Lula, Dilma, Maduro, Evo sao o que existe de pior no mundo. O Trump vai salvar a America e o mundo dessa racinha vagabunda !!!

    ResponderEliminar
  2. para quem começou por gozar ... andam desesperados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles já não sabem o que hão-de inventar para difamar Trump. Andam mesmo completamente desesperados e a Superclasse Mundialista está muito nervosa, pois sente o tapete do poder a fugir-lhe de debaixo dos pés...

      Eliminar
  3. «Também acho preocupante que os republicanos e os democratas não consigam nomear outros candidatos (o que mostra que a democracia americana atravessa uma crise séria)»

    Esta frase ilustra perfeitamente a hipocrisia do João Marques de Almeida. Repare-se: os níveis de participação eleitoral nas primárias do partido republicano foram os maiores desde o tempo de Reagan. No entanto, o JMA acha que a democracia norte-americana está em crise porque o máfia que controla o partido republicano (ainda) não decidiu ignorar a escolha do povo! A lata deste paspalho é inacreditável!...

    Parabéns por mais esta excelente posta, caro JJHN. E obrigado: precisávamos de mais JJHNs e de mais Histíorias Maximus na nossa blogosfera.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «A lata deste paspalho é inacreditável!...»

      Bem, trata-se de um ex-acessor de Durão Barroso. Será necessário dizer mais?...

      «Parabéns por mais esta excelente posta, caro JJHN. E obrigado: precisávamos de mais JJHNs e de mais Histíorias Maximus na nossa blogosfera.»

      Muito obrigado pelo elogio, caro Afonso. Como sabe e escuso de lhe dizer, é sempre bem-vindo neste espaço.

      Eliminar
  4. As víboras também matam...é o caso da Killary!

    ResponderEliminar
  5. A new left tem que ser destruída

    Trump veio para aniquilar o political correctness e a critical theory

    TRUMP 2016!!!!!!!!!!!

    MAKE
    AMERICA
    GREAT
    AGAIN!

    ResponderEliminar
  6. esportista cristão é preso apos tentativa de estupro na vila olimpica .
    O atleta é da Namibia cuja populaçao é 90% cristã.

    http://www.dailymail.co.uk/news/article-3729675/SECOND-boxer-arrested-suspicion-rape-Olympic-village.html

    ResponderEliminar
  7. Congo um país cristão e com a maior taxa de estupro do mundo . neste pais a cada 5 minutos 4 mulheres sao violadas.

    http://www.womenundersiegeproject.org/conflicts/profile/democratic-republic-of-congo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser do calor africano. Aquilo lá por aquelas paragens tem fama de ser bastante "vibrante" em todos os sentidos...

      Eliminar
  8. Ingles é condenado a 1 anos e meio de prisao por ,em uma conversa particular , dizer que prefere ter filhos brancos .


    http://diversitymachtfrei.blogspot.com/2016/08/tyranny-in-britain-judge-lets.html?m=1

    ResponderEliminar
  9. Trump fala muitas bobagens às vezes( pode ser de propósito). Mas grande parte de seus discursos, são coerentes e cheios de verdades, digamos, irritantes para certos ouvidos(demoniocratas, delegados do politicamente correto, poderosos de Wall Street, etc). Quem nunca ouviu, assistiu um discurso completo de Trump, está incapacitado de opinar qualquer coisa sobre ele. Os anti Trump, são um exemplo. A maioria se baseia unicamente nas informações manipuladas e mentirosas sobre ele. São incapazes de fazerem o uso do senso crítico e se perguntarem: Por que Donald, tem tantos seguidores? Acreditem, tem um cara super inteligente, sábio e compentente, por trás daquele jeito daquela máscara de fanfarrão bobo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...