quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Wikileaks Confirma: George Soros Financia a Igreja de Bergoglio

Bergoglio, apenas mais uma marioneta do Supremacismo Judaico.



Eu ando a advertir há muito tempo todos aqueles que estiverem dispostos a ouvir ou ler aquilo que tenho para dizer, que o Vaticano não passa de uma agência de lavagem cerebral sob o controlo da "mão invisível" do supremacismo judaico.

Não fico por isso minimamente surpreendido com o facto de graças ao Wikileaks, se vir agora a saber que George Soros está a financiar a disseminação da agenda da esquerda radical dentro do Vaticano. Para além disto que já não é pouco, Soros utilizou o Vaticano e o Papa Francisco, de forma a influenciar as presidenciais americanas deste ano e tentar forçar assim a vitória de Hillary Clinton. Tudo isto vem-se a saber num altura em que o próprio Papa já afirma abertamente e sem pudor, que os comunistas "pensam como os cristãos". Porque será que eu não estou surpreendido?...

Volto novamente a insistir e reitero de forma veemente que a Igreja Católica é nossa inimiga, estando hoje totalmente comprometida com os planos maquiavélicos da Superclasse Mundialista que pretende erguer um governo mundial totalitário à custa do desmantelamento das nações. 

Porém, como gosto de fazer sempre um pouco de futurologia, vou-vos dizer o que vai acontecer daqui a mais alguns anos com a Igreja e a sua postura para com os movimentos nacionalistas. Assim que a Igreja perceber que os ventos políticos estão a mudar e que a mesma já não vai poder continuar a desafiar os movimentos nacionalistas, como tem feito até aqui, o seu discurso vai mudar e passar a ser mais amigável para connosco. Nessa altura, a Igreja vai começar a tentar aproximar-se de nós com conversas mansas e vai fazer um lobby intenso junto dos partidos nacionalistas. A nossa resposta à Igreja nessa altura deve ser um rotundo NÃO! A Igreja deve ficar desde já a saber que não estamos disponíveis para colaborar com víboras filo-semitas e lunáticos[1] que acreditam que um judeu pregado a um pau era o filho do Deus dos judeus. Aliás, os nacionalistas devem mesmo de começar seriamente a pensar na possibilidade de no futuro se ter de vir eventualmente a ilegalizar o Cristianismo, encerrar todas as igrejas e deportar todos os padres e freiras para a "Terra Santa".[2]

___________________________________________

Notas:
[1] Para lunáticos, já nos basta os problemas que nos dão os da esquerda e os seguidores do credo de Mafoma...
[2] Esta gente é muito provável que se não for toda expulsa do nosso País, venha a dar-nos problemas que nunca mais vão acabar. 

João José Horta Nobre
17 de Novembro de 2016
 

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Ontem dia 17 de Novembro, passou na SIC uma reportagem com o tema :
      - Angola, um país rico com 20 milhões de pobres -

      link - http://sicnoticias.sapo.pt/programas/reportagemsic/2016-11-17-Angola-um-pais-rico-com-20-milhoes-de-pobres-1

      Eu não a vi toda, mas ouvi falar no nome de George Soros e kim kardashian, lá mais para o meio da reportagem ! Parece que o regime Angolano dá-se bem com o magnata !

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. O jornalista Rafael Marques - a partir do minuto 38 ou 39 mais ou menos, parece que se refere a George Soros.
      Quanto à kim kardashian ? Pá, devo ter tido associado nalguma coisa, ainda não vi a reportagem toda :)

      Eliminar
  2. Também acho estranho, é o PCP e o PS dar-se bem com essa gente ! E então e o BE, não faz nada ? Estranho !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol, é óbvio que não fazem nada caro Ivan Baptista, ou você por acaso não sabe que é a própria Superclasse Mundialista que alimenta os grupos de esquerda e usa os mesmos como "oposição controlada"?

      A elite mundialista sabe perfeitamente bem que o Comunismo nunca funcionou, nem vai funcionar, mas dá-lhes jeito manter esse sucata ideológica viva, de forma a espalhar o caos social, dividir as nações colocando-as em conflito consigo próprias e garantir a ruína de um qualquer País que opte por seguir a via do Socialismo. A Venezuela é um bom exemplo disto..

      Eliminar
  3. João José Horta Nobre disse...
    «Assim que a Igreja perceber que os ventos políticos estão a mudar e que a mesma já não vai poder continuar a desafiar os movimentos nacionalistas, como tem feito até aqui, o seu discurso vai mudar e passar a ser mais amigável para connosco.»

    Uma previsão muito interessante! Eu por acaso acho que é muito difícil de acontecer, porque a Igreja precisa urgentemente de novos fiéis e só os conseguirá arranjar no terceiro-mundo. Os europeus, sobretudo os mais jovens, já não vão na conversa do "Deus que morreu por nós".

    Nesse sentido, julgo que a IC só passará a ser menos hostil ao Nacionalismo se a nossa vitória for mesmo muito grande. Algo como a Marine ser presidente da França, Wilders primeiro-ministro da Holanda, a Aurora Dourada governo da Grécia, etc.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...