segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A "Propaganda Negra" Que Incomoda Tanto os Corifeus do Regime


 
Há por aí certa gente que se sente incomodada com o que eu escrevo. Sentem-se tão incomodados que recentemente até vim a descobrir que há quem se refira a mim como sendo um autor de "propaganda negra". Isto porque eu gosto de "espetar o dedo na ferida" e ir direito à jugular dos meus inimigos e o meu inimigo neste caso tem um nome, chama-se Terceira República Portuguesa. 

Não é segredo nenhum e eu nunca escondi sequer o facto de não sentir qualquer simpatia pelo actual regime, que desde 1974 sequestra Portugal com uma Constituição para-marxista, aprovada em 1976 sob a coaccção de terroristas de extrema-esquerda, muitos deles então militares e até hoje nunca sujeita a qualquer referendo popular. Tudo muito "democrático", que não haja qualquer dúvida...

Mas como eu dizia, não nutro simpatias pelo actual regime e também sempre assumi que o meu desejo é ver este regime que tanto mal tem feito à Nação dos portugueses, derrubado, os seus principais membros e colaboradores presos, julgados e executados por Traição à Pátria, entre muitos outros crimes que têm cometido ao longo dos últimos 42 anos contra o povo português. Tudo isto deve ser acompanhado de uma simultânea purga de todo o sistema judicial, do ensino superior e das Forças Armadas. Não será possível fazer-se seja o que for em Portugal, sem primeiro erradicar os elementos tóxicos que estão instalados como parasitas na máquina do Estado.

Foi a maçonaria e o comunismo, dois braços do sinistro polvo mundialista, que tomaram conta de Portugal a 25 de Abril de 1974, aproveitando-se por um lado da fraqueza de um regime ultra-católico que nunca soube punir adequadamente os seus inimigos (até os deixava ir de carrinha celular fazer exames à faculdade...) e por outro, da inocência do povo português que maioritariamente analfabeto ou com muito poucos estudos, não tinha qualquer capacidade de perceber o que é que realmente se estava a passar quando os tanques saíram à rua naquela triste madrugada em Abril. 

É a isto, a estas simples verdades que eu humildemente vou escrevendo a troco de nada, que certa canalha abrilista chama de "propaganda negra", como se eu fosse uma versão portuguesa de Joseph Goebbels, o antigo chefe da propaganda da Alemanha Nacional-Socialista, a quem também acusavam de ser um autor de "propaganda negra"

Há mais de dois anos atrás, escrevi um texto cuja publicação me foi recusada por vários jornais. Não desisti e publiquei o texto à mesma neste modesto blog que estão ler neste momento. O texto, intitulado Há Quarenta Anos Teve Inicio Uma Limpeza Étnica..., já obteve entretanto 38 387 visualizações, sendo que o número de consultas ao mesmo disparou desde a morte de Mário Soares, presumo que devido ao facto de muitos cidadãos estarem curiosos para descobrir mais sobre "descolonizações exemplares" e "tubarões", entre outros temas proibidos na imprensa do regime. O facto é que só nas últimas 24 horas o meu texto foi consultado por 13 959 pessoas, sendo que isto ultrapassa todos os recordes, pois nunca um texto meu foi lido por tanta gente em tão pouco tempo.

A censura do actual regime já não funciona. Os jornais até podem recusar-se a publicar a "propaganda negra" que eu e mais alguns autores "perigosos" escrevemos, que isso não me irá travar, nem demover. Antes pelo contrário, é até um incentivo para fazer ainda "pior". A maçonaria e a tralha comunista que mandam em Portugal, é bom que metam na cabeça que já não vão ter o monopólio da situação política no nosso País durante muitos mais anos e assim que os nacionalistas portugueses conseguirem vencer na frente externa, com a subida ao poder de alguns importantes aliados seus na Europa e a consequente implosão da União Europeia, será o fim não só do regime que hoje governa Portugal, mas de toda a canalha que há 42 anos anda a gozar com o pagode. 

João José Horta Nobre (o autor da pavorosa e extremamente perigosa "propaganda negra")
9 de Janeiro de 2017

13 comentários:

  1. ELES SÃO ETS REPTILIANOS E CONTROLAM MENTES DOS LACAIOS UM POVO NÃO SE SABOTARIA TANTO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lool, caro CENSURADO AGAIN, eu sei que o David Icke diz muitas verdades e a meu ver, é um excelente analista sobre o que realmente se está a passar no Mundo, mas a teoria reptiliana do David Icke, comigo simplesmente não pega.

      Pessoalmente, acredito que o termo "reptilianos" é uma metáfora para supremacistas judeus. David Icke sabe perfeitamente bem que quem realmente está a puxar os cordelinhos do "sistema" são supremacistas judeus. Ele próprio já deu alguns indícios disso em alguns textos seus, o que até já o levou a ser também acusado de anti-semitismo, lool.

      Basta substituir a expressão "reptilianos" por "supremacistas judeus" quando se lê David Icke e tudo passa a fazer muito mais sentido...

      Eliminar
  2. Entretanto o que dizer mais do regime actual?Que parece criar alucinados(não falemos agora dos corruptos)como cogumelos. Sugiro http://estadosentido.blogs.sapo.pt/marcelo-deficit-emocional-e-populismo-3781839

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, que grande parte da classe política está a viver em estado de auto-alucinação, já eu sei há muito.

      O poder é algo que distorce a mente e essa gente que vive em torres de marfim, a elite do regime, é uma anti-elite que está claramente a viver numa realidade paralela à do povo português.

      Quando isto vier abaixo e acredito com toda a sinceridade que um dia este regime vai vir abaixo, teremos de nos interrogar é sobre como foi possível tal ando de lunáticos sequestrar um País durante tanto tempo?...

      Eliminar
    2. Caros Bilder e JJHN


      Não é só a classe política que está a viver em auto-alucinação, é o próprio povo também e isso comprova-se nas eleições.

      Eliminar
    3. Mas é que o Arquivista não tenha mesmo dúvidas disso!

      Ainda ontem eu tentava explicar a uma pessoa que a dívida que o País vai acabar por nos dar grandes problemas um destes dias. Não adianta. Foi como falar com uma parede.

      O povo habituou-se a credito sem fim à vista e a classe política irresponsavelmente vai alimentando o vício com promessas falsas e muita demagogia.

      Eliminar
  3. A maçonaria e a tralha comunista que mandam em Portugal, é bom que metam na cabeça que já não vão ter o monopólio da situação política no nosso País durante muitos mais anos e assim que os nacionalistas portugueses conseguirem vencer na frente externa, com a subida ao poder de alguns importantes aliados seus na Europa e a consequente implosão da União Europeia, será o fim não só do regime que hoje governa Portugal, mas de toda a canalha que há 42 anos anda a gozar com o pagode. "----------------------Foi mesmo a entrada na CEE(actual UE)que permitiu a continuação da democracia corrupta,daí a assinatura do sr Soares em 1985 nos Jerónimos(no mesmo lugar onde hoje desfilam todos os cinicos da máfia política pós abrilina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Bilder, sem a UE e os fundos da mesma que começaram a entrar em Portugal ainda antes de 1985, já este regime teria acabado há muito.

      A Terceira República está presa por fios e os donos do poder sabem disso. Daí a obsessão da nossa elite com a União Europeia. Eles sabem que o poder deles está dependente da continuação de Portugal na União Europeia. Sem União Europeia e sem fundos da União Europeia, com a dívida que Portugal tem e as dificuldades económicas de que o País sofre, não tardaríamos a descambar para uma ditadura de extrema-direita ou de extrema-esquerda em pouco tempo, pois o País ficaria no caos.

      A União Europeia é um seguro de vida da Terceira República Portuguesa, por isso mesmo é que eu acredito que a melhor e mais rápida forma de se acabar com o actual regime em Portugal, é acabando com a própria União Europeia.

      É preciso vencer primeiro na frente externa, de forma a possamos posteriormente vencer na frente interna...

      Eliminar
  4. "Há mais de dois anos atrás, escrevi um texto cuja publicação me foi recusada por vários jornais."

    Caro JJHN

    Como já mencionei anteriormente o capitalismo resolve, bastava-lhe comprar muitas acções da Impresa ou da Cofina, ou das duas que até poderia escrever textos todos os dias nos jornais.

    O problema de nome Mário já não existe, agora existem problemas de nome António, Jerónimo, Catarina, etc.

    Estes problemas irão continuar a perdurar enquanto não forem desmanteladas as bases de sustentação destes problemas e isso faz-se com reformas estruturais que façam com que o Estado gaste menos do que receba.

    ResponderEliminar
  5. Hoje vi na televisão declamarem poemas em homenagem a Mário Soares e também quero deixar o meu:

    Alma pouco gentil que te finaste,
    Arde no Inferno eternamente,
    Que eu fico cá pagando arduamente
    Os calotes da seita que fundaste.

    Agora que ao Averno foste ter,
    Tens ao dispor, enfim, tempo que baste,
    P'ra do livro de Rui Mateus ler
    Aquelas cópias todas que compraste.

    E se acaso te sentes só aí,
    Com saudades da gente que ficou,
    Teus comparsas com quem roubaste aqui,

    Roga ao Demo que tarde te levou
    Que bem mais cedo os ponha ao pé de ti,
    Quão cedo o vosso gangue nos lixou.

    ResponderEliminar
  6. Da minha parte espero que continue tão incisivo e pertinente como tem estado até agora. É um prazer ler praticamente tudo o que escreve, pois o contraditório está cada vez mais marginalizado na media portuguesa e são necessárias vozes corajosas como a sua na nossa praça. Compete-me pois, na medida do possível, redivulga-lo.
    Um bem haja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro A-24, fico muito grato pelas suas simpáticas palavras. Agradeço mesmo que me redivulgue os meus escritos mais possível, pois já se tornou óbvio que este blog incomoda muita gente, alguma dela bem poderosa e influente e por isso mesmo, a Google pode encerrar-me isto a qualquer momento.

      O "sistema" ultimamente anda a apertar na censura, por isso quanto mais se redivulgar e quanto maior for a diversidade de plataformas (blogger, facebook, wordpress, etc...) em que for feita essa divulgação, melhor é.

      Eliminar
  7. Há quem desminta(no face ontem por exemplo alguém disse que foi invenção do jornal "Diabo")que a frase seja do sr Soares(na verdade ele foi apenas um dos "descolonizadores",houve outros como Melo Antunes).Entretanto a rtp memória está a passar(ouvi metade da entrevista "saudades do Portugal futuro" hoje,onde ouvi detalhes interessantes contados por Soares sobre os anos antes de 1974,incluindo o primeiro encontro com Balsemão e seu encontro com Palma Inácio em Paris antes do dito Inácio ser preso na Alemanha por posse de armas a caminho de um golpe planeado para Lisboa,e mais conta o sr Soares,entre risos,que foi falar com Willy Brant(sabem quem foi?) para libertar Inácio)entrevistas do sr Soares.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...