domingo, 15 de janeiro de 2017

Das Mentiras Que Por aí se Dizem Sobre o Estado de Israel



«[Israel é] o único e ínfimo país do médio oriente onde impera a democracia e a lei, onde há progresso e liberdade, onde não há distinção de raças ou etnias,»

O trecho acima, ou melhor, a mentira acima, colhida no blog cristão Lura do Grilo, é um bom exemplo da imensa campanha de desinformação que o Estado de Israel anda a patrocinar há décadas, com o entusiástico apoio de muitos cristãos. Para quem não saiba e indo direito ao assunto, Israel é um Estado etnicamente judaico e racista ao ponto de até se punir com a pena de prisão os casamentos fora da raça:



Se fossem os Estados Unidos ou um País europeu a fazer isto, "caía o Carmo e a Trindade", mas como é Israel, os filo-semitas sem a mais pequena ponta de vergonha na cara calam o pio e baixam as orelhas, não vá o demente Deus judaico em que acreditam ofender-se por se dizerem as verdades... 

João José Horta Nobre 
15 de Janeiro de 2017
 
É desta forma que os não-judeus nascidos em Israel são tratados por esse mesmo Estado. Anualmente, Israel recebe largos milhões de dólares de supremacistas judeus que apoiam o racismo de Estado em Israel, mas que simultâneamente financiam e promovem na Europa e nos Estados Unidos, o anti-racismo militante através de inúmeras ONG's ligadas à extrema-esquerda e a partidos liberais. Já não adianta os judeus andarem a choramingar sobre o Holocausto para distrair os goyim, pois os planos maquiavélicos da judiaria internacional estão a ser expostos e divulgados para todo o Mundo ver. Neste momento esta gente já não passa de um "gato escondido com o rabo de fora"...

3 comentários:

  1. Media fazem blackout à manipulação do lobby sionista no Reino Unido:

    http://newobserveronline.com/uk-media-blackout-israeli-lobby-manipulation/

    ResponderEliminar
  2. O holocausto não existiu.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...