sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Ups... Parece Que Ciência (Mais Uma Vez...) Estilhaçou a Religião




«Cientistas criam embrião híbrido, metade porco, metade humano»


Enquanto uns rezam de cu para o ar e acreditam em superstições da Idade da Pedra, outros há, que preferem investir o seu tempo em coisas sérias e trabalham para criar coisas que realmente possam ser-nos úteis a todos. Não fosse ele a ciência e ainda hoje a esperança média de vida rondaria os quarenta anos, enquanto continuaríamos todos a acreditar que sim, a Terra é plana e o Reino do Preste João existe mesmo!

Nunca excluí, nem excluo a possibilidade da existência de uma ou várias forças ocultas no Universo, coisa aliás, que penso ser muito provável. Por isso mesmo é que não sou ateu. Acredito que existem forças do oculto, porém estas não são coisa para o entendimento humano e as tentativas do homem para entrar em contacto com as mesmas ou decifrá-las, podem trazer-nos mais problemas do que benefícios. Este é um dos motivos que me leva a não ver as religiões organizadas com bons olhos e considero-as mesmo um perigo para o Mundo. Isto porque a religião organizada, seja ela qual for, tenta entrar em contacto com forças ocultas que nenhum homem tem condições para compreender e isso pode trazer-nos a todos grandes males. Ninguém sabe com que forças pode estar potencialmente a mexer, de cada vez que tenta entrar em contacto com o oculto através de sistemas de crença no sobrenatural pré-estabelecidos. A coisa é perigosa e pode acabar muito mal. Muito mal mesmo.  

É frustrantemente redutor para a Humanidade continuar a tentar entrar em contacto com o oculto, através de religiões concebidas há milhares de anos e que estão por isso mesmo, total e completamente desactualizadas no que diz respeito à compreensão do Universo. É preciso ter-se em conta que quando as principais religiões que hoje grassam no Mundo foram desenvolvidas, o homem ainda nem sequer tinha noção da existência de uma coisa tão básica como o átomo.

Bem sei eu que os religiosos ficam normalmente muito irritados comigo por eu lhes dizer estas coisas, mas a culpa não é minha. Eu não tenho culpa de haver tanta gente alucinada a acreditar em mentiras fantásticas inventadas por judeus e não só. A culpa disto não é minha. Culpem antes quem vos enganou de pequeninos e vos enfiou as estórias da carochinha na cabeça. Porém, se mesmo assim continuarem a preferir a superstição primitiva (e perigosa...) à ciência, então da próxima vez que ficarem doentes e precisarem seriamente de consultar um médico, sejam coerentes com a vossa fé e dirijam-se antes a um qualquer templo religioso, para implorar a um Deus qualquer por uma cura. Desejo-vos boa sorte! 

João José Horta Nobre
27 de Janeiro de 2017
 

3 comentários:

  1. Isto porque a religião organizada, seja ela qual for, tenta entrar em contacto com forças ocultas que nenhum homem tem condições para compreender e isso pode trazer-nos a todos grandes males. "-----Além disso há o perigo imediato(e confirmado ao longo dos tempos)da religião ser dominada por imbecis/doentes mentais,canalhas ou mesmo por psicopatas.

    ResponderEliminar
  2. Caro JJHN

    Mais uma vez o meu comentário foi apagado sem motivo.

    Releia novamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Arquivista, desta vez juro-lhe que não apaguei nada. Não sei o que se terá passado. Não está nada na minha caixa de spam, portanto, só me resta pedir-lhe que escreva de novo o comentário se desejar.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...