segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Jornal Israelita Confirma: Trump é um Anti-Semita!




Vejamos, a filha de Trump casou ela própria com um judeu - ultra-sionista diga-se passagem - e converteu-se ao Judaísmo. Não chega. Trump também já afirmou e reafirmou repetidas vezes a sua amizade para com Israel. Não chega. Para os supremacistas judeus nunca chega. Eu bem já o disse aqui há tempos: não adianta tentar apaziguar as elites judaicas. Simplesmente não adianta. Por mais promessas que lhes façam, por mais concessões que lhes dêem, os supremacistas judeus nunca param de exigir mais e à mínima suspeita atacam sem hesitar de "sete pedras na mão". No fundo, o que o supremacista judeu exige, todo o supremacista judeu, é a suberviência total. A mais completa e abjecta rendição dos goyim perante o "povo eleito". Quando não lhes fazem a vontade, aí então, "vira o disco e toca o mesmo": fulano ou sicrano é "nazi", "fascista", "anti-semita", blá, blá, blá, a treta do costume. Pois eu lamento ter de informar os judeus, mas andarem a usar o Holocausto e o reductio ad hitlerum o tempo todo, como meios para silenciarem toda a crítica, simplesmente já caiu no ridículo e não faz efeito. Acabou-se. Podem berrar "nazi", "fascista" e "anti-semita" as vezes que quiserem, que já quase ninguém vos liga. No one gives a shit anymore, entendem?...

O Presidente Trump é visceralmente odiado pela elites judaicas, não por ser anti-semita, coisa que eu acredito genuinamente que ele não é, mas sim, por ser um nacionalista e estar a tentar colocar travões ao governo mundial totalitário, que os supremacistas judeus têm planeado há possivelmente muito mais tempo do que alguém imagina. Quer queiram, quer não, há uma grande preponderância de elites judaicas na Superclasse Mundialista que está a dirigir os destinos do Ocidente e esta preponderância tem por base um eixo que assenta em três polos de poder essencias - o dinheiro, os media e a política. O domínio deste trio é o que basta para qualquer grupo poder tomar o controlo de um dado País e governá-lo ou desgoverná-lo propositadamente a seu belo prazer. Se perceberem isto, percebem também porque é que os judeus literalmente se denunciaram a si próprios há uns meses atrás, quando entraram em pânico por Trump ter prometido na campanha que iria combater os "banqueiros internacionais". É que Sião sabe o que isto significa. Sião sabe que "banqueiros internacionais" é sinónimo de judiaria internacional. Trump sabe. E Sião sabe que Trump sabe. E é exactamente isto que preocupa Sião...

João José Horta Nobre
20 de Fevereiro de 2016
 

9 comentários:

  1. MAS A PARTE DA SUPREMACIA TOTAL TAMBEM É REAL VEJA QUE NGGRS E JUDEUS NUNCA ESTÃO SATISFEITOS COM SUGAR E DESTRUIR O OESTE DE MODO CUMULATIVO

    ResponderEliminar
  2. Check https://geopolitics.co/2017/02/20/is-an-american-coup-detat-in-progress/

    ResponderEliminar
  3. Also https://geopolitics.co/2017/02/20/the-stakes-for-trump-and-all-of-us-paul-craig-roberts/ aconselho vivamente(quem leia bem em inglês)que sigam e leiam os posts deste website pois tem material muito pertinente e importante na minha opinião(e não é que concorde com tudo como é óbvio).

    ResponderEliminar
  4. Outro a ver http://www.veteranstoday.com/2017/02/19/neo-has-trump-been-secretly-stripped-of-his-presidency/

    ResponderEliminar
  5. https://www.youtube.com/watch?v=vZ-nw0ijTpQ&feature=youtu.be

    ResponderEliminar
  6. http://www.dailystormer.com/black-pigeon-goes-after-jews-over-inventing-5-million-holo-deaths/

    ResponderEliminar
  7. video de um cidadão sueco(e não é alto e louro) sobre a realidade na Suécia do último ano (e não apenas sobre uma noite) https://www.youtube.com/watch?v=y1_viPSD-bY

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...