segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Porque é Que Esta Gente Não se Aborta a si Própria?!




Quem me lê regularmente, sabe que eu tenho sido visceralmente crítico da Igreja Católica e da religião cristã, por uma diversidade de motivos. Mas ao contrário da maioria que ataca a Igreja por considerar esta como sendo demasiado conservadora e "retrógrada", o motivo do meu ataque à Igreja deve-se exactamente ao motivo oposto, ou seja, à falta de Conservadorismo e ao Anti-Nacionalismo demonstrado pela Igreja, características estas que se acentuaram muito desde que o comunista do Papa Francisco - pessoa contra a qual já fiz uso de muito calão - tomou conta do Vaticano.

Não é portanto o ataque à Igreja em si que me incomoda, mas sim, o ataque selvático aos valores civilizacionais como o que podem ler aqui. Nunca houve uma Civilização que prosperasse sem ser simultaneamente uma sociedade patriarcal. Tal como também nunca houve uma Civilização que prosperasse com abortos a rodos, paneleirices, droga na veia, mudanças de sexo, adopções de crianças por pares de invertidos, divórcios e crescimento natural negativo da população. A decadência do Ocidente deve-se exactamente a isto. A esta merda de "valores", que são na realidade anti-valores. Quem defende este pus infeccioso, largamente normalizado a partir da década de 1960, por um certo grupo de bacilos semitas que se radicou nos Estados Unidos, devia de fazer um favor à Humanidade e abortar-se a si próprio. 

João José Horta Nobre
13 de Fevereiro de 2017

5 comentários:

  1. Desmantelar as bases de sustentação da esquerda é relativamente fácil, basta vontade política para implementar rapidamente reformas estruturais.


    Eis a lista actualizada:

    Abolição do salário mínimo
    Liberalização dos despedimentos
    Abolição dos descontos
    Pagamento do verdadeiro custo da água e energia pelo utilizador
    Pagamento do verdadeiro custo de educação e saúde pelo utilizador
    Liberalização (facilitação, desregulamentação) do acesso às profissões liberais
    Liberalização das rendas
    Sujeição a IRC a todas as pessoas colectivas
    Simplificação do IRS com sujeição individual, taxa única, sem deduções e abatimentos
    Taxa única no Iva
    Desmantelar o sistema escolar com o e-learning
    Varrer a função pública
    Extinção das juntas de freguesia
    Redução do número de deputados
    ...
    ...
    ...

    ResponderEliminar
  2. Varrer a função pública

    KK FOI NO AMAGO O ASH POR EXEMPLO SE DIZ NÃO RED MAS DEPOIS VIVIA COM A MÃE DE BABAR O MAIOR RED DE CA PARA NÃO PERDER O CABIDÃO NOS TROUXAS

    ResponderEliminar
  3. Como todos os seus defeitos, podemos de facto apontar essa grande virtude à Igreja, a de ter contribuído para manter o patriarcado durante séculos, fazendo com que a fertilidade e a vitalidade demográfica das populações europeias se mantivessem em níveis saudáveis.

    Esse vídeo do Black Pigeon Speaks é, quanto a mim, o melhor de todos os que ele fez. Não concordo com tudo o que ele disse, mas a questão principal que ele levanta é absolutamente pertinente. Infelizmente, também é muito difícil discutir o papel das mulheres na queda das civilizações sem colocar em causa muitas das verdades adquiridas pela "modernidade" e sem suscitar grandes discussões.

    Para mim, tudo se resume à função do Estado Social. O ES apenas deveria servir para ajudar inválidos e crianças e para pagar as pensões a quem descontou. A partir do momento em que o Estado entra em jogo com as falácias dos "direitos reprodutivos" ou pior, do "direito ao aborto" ou a "mudar de sexo", o jogo muda para pior: o dinheiro de todos os contribuintes passa a ser usado contra os contribuintes e, pior do que isso, contra o futuro da nação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Como todos os seus defeitos, podemos de facto apontar essa grande virtude à Igreja, a de ter contribuído para manter o patriarcado durante séculos, fazendo com que a fertilidade e a vitalidade demográfica das populações europeias se mantivessem em níveis saudáveis.»

      Sem dúvida! O patriarcado é o único modelo civilizacional que verdadeiramente funciona. Esta nova treta das "famílias diferentes", mais não é do que uma aberração que vai contra todas as leis da natureza e da própria lógica.

      «Esse vídeo do Black Pigeon Speaks é, quanto a mim, o melhor de todos os que ele fez. Não concordo com tudo o que ele disse, mas a questão principal que ele levanta é absolutamente pertinente. Infelizmente, também é muito difícil discutir o papel das mulheres na queda das civilizações sem colocar em causa muitas das verdades adquiridas pela "modernidade" e sem suscitar grandes discussões.»

      O Black Pigeon Speaks é, a meu ver, um dos melhores canais nacionalistas do youtube. Produz material excelente, sempre bem investigado e exposto com bons argumentos que se tornam muito difíceis ou até mesmo impossíveis de rebater. Quanto ao "papel das mulheres na queda das civilizações", bem, eu diria que isso só acontece porque os homens o permitem...

      «A partir do momento em que o Estado entra em jogo com as falácias dos "direitos reprodutivos" ou pior, do "direito ao aborto" ou a "mudar de sexo", o jogo muda para pior: o dinheiro de todos os contribuintes passa a ser usado contra os contribuintes e, pior do que isso, contra o futuro da nação.»

      Como o Afonso decerto saberá, a subsidio-dependência é uma das formas da esquerda garantir uma base de votantes. Verdade seja dita: o que é que a esquerda hoje tem para oferecer para além das promessas de subsídios de treta???

      Nada!

      A esquerda está moral, política e ideologicamente acabada. Todas as revoluções comunistas que fez foram pelo cano abaixo e não houve uma única forma de Socialismo que funcionasse. No fim e para tentarem salvar a face, inventaram essa coisa da "social-democracia" que até foi funcionando enquanto as taxas de natalidade eram elevadas. O probema para a esquerda é que o Estado Social só passível de ser mantido numa sociedade demográficamente jovem, o que exige um mínimo de dois filhos por casal, isto apenas para que se possam cumprir os mínimos...

      Tendo em conta que a esquerda neomarxista destruiu as famílias com a porcaria de valores que tem andado a incentivar desde a década de 1960, arruinando assim a sua forma de sustentar os subsídios com que compra os eleitores, agora acabou-se. Resta à esquerda importar imigrantes do Terceiro Mundo de forma maciça, para num último acto de desespero tentar manter o Estado Social a funcionar, mas isto obviamente que não é solução porque vai criar graves atritos sociais que só vão beneficiar os partidos e movimentos nacionalistas que como se pode ver, já estão a capitalizar nas urnas com todos os problemas provocados pelas políticas de imigração completamente descabidas que foram colocadas em prática na Europa Ocidental.

      Por isso, dê por onde der, a esquerda está já ferida de morte, precisamente porque já lhe faltam as suas "bases de sustentação" de que tanto fala o Arquivista e agora é apenas uma questão de tempo até ser definitivamente colocada fora de combate.

      Eliminar
    2. É precisamente por isso que eu não entendo como é que ainda há tanta gente que vota na esquerda, sobretudo aqui em Portugal. Parece quase uma religião, as pessoas votam em promessas e ideias românticas, não em políticas concretas e muito menos em estratégias de longo prazo.

      O meu grande receio é que seja preciso ficarmos como Cuba ou como a Venezuela para aprendermos a lição.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...