quinta-feira, 23 de março de 2017

A Palhaçada já Recomeçou




«Amanhã haverá velas, flores, vigílias e lágrimas em Westminster; e o Islão continuará a matar europeus.»


É assim. A cada ataque da moirama em solo europeu, segue-se a palhaçada do costume com slogans idiotas a serem repetidos e actos puramente teatrais como este de apagar as luzes da Torre Eiffel. A elite cosmopolita que se encontra instalada no poder, aparentemente parece que julga que andar a brincar com as luzes da Torre Eiffel, de cada vez que ocorre um ataque terrorista, vai mudar alguma coisa, ou vai evitar a guerra civil que vem aí a caminho. Não vai. A única coisa que pode neste momento evitar o pior, se é que ainda estamos sequer a tempo de evitar o pior, é levando a cabo deportações em massa, encerrando totalmente as fronteiras dos países europeus, proibindo toda a imigração islâmica e dando início a uma campanha de desmantelamento do Islão em solo europeu. É preciso ilegalizar o Islão, encerrar todas as mesquitas e criar campos de internamento. Os bairros que dão guarida a terroristas e extremistas islâmicos, como o infame Molenbeek, na Bélgica, devem de ser pura e simplesmente arrasados sem piedade. Restaurar a pena de morte e executar os traidores à Pátria é outra necessidade. Mas como eu sei que a classe política não tem "tomates" para fazer nada disto e os poucos que têm, não conseguem chegar ao poder, o que vai acontecer é que os problemas se vão continuar a acumular uns em cima dos outros, até ao dia em que vamos todos acordar com uma guerra civil à nossa porta. Depois, nessa altura, os "bem pensantes" logo vão chorar e guinchar para que os "pavorosos faxistas" lhes venham salvar o coiro, só que então, poderá já ser demasiado tarde para se conseguir salvar seja o que for...

João José Horta Nobre
23 de Março de 2017
 

20 comentários:

  1. Vai chegar a vez de "Prutugal". Os mouros vêm aí. Aos milhares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se isto dependesse da vontade do kamarada kosta e do comité central do partido xuxalista, a esta hora já teríamos o triplo ou o quadruplo de muçulmanos em Portugal. A nossa sorte, ironicamente, é que este País está transformado num deserto económico onde grassa o desemprego e não há subsídios e por isso mesmo, a moirama assim que chega cá, arranja maneira de fugir o mais depressa possível para os países do Norte da Europa.

      Eliminar
  2. Foi apenas mais um evento cultural no seguimento dos festejos pela derrota do Wilders e dos mauzões fássistas.
    Agora que o Maomé queria chegar ao coiro dos deputedos do Paralamento, já se fala em terrorismo. Antes era tudo obra de doentes mentais.
    Se os ingleses tiverem tomates, espero que ajudem os maomés a entrar no antro da democracia inglesa.
    Mais bomba, menos bomba, só se perde a forma, o material fica todo lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos assistir a muitos "eventos culturais" deste género daqui em diante e bem piores...

      A minha única pena realmente, é que não sejam os esquerdistas que os trazem cá para dentro, as primeiras vítimas destes dementes. A canalha da classe política "bem pensante" e cosmopolita vive rodeada de segurança, ao passo que o cidadão comum é que fica sujeito à violência alógena nas ruas. E não vale a pena eles fazerem-se de parvos e tentarem passar a ideia de que não têm nada a ver com isto, porque todos sabemos que isto foi um problema artificialmente gerado pelas elites ao longo das últimas cinco décadas. Nós não tínhamos este problema na Europa e vivíamos em paz até que a classe política que se arvorou do poder, certamente a mando das forças sinistras que "puxam os cordelinhos" do "sistema", começou a importar muçulmanos em massa para dentro da Europa. Agora eis o resultado e apertem os cintos porque isto promete piorar e muito...

      Eliminar
  3. Isto é o que acontece quando um País abre as fronteiras e deixa entrar toda a espécie de lixo do Terceiro Mundo:

    http://www.dn.pt/galerias/fotos/globo/interior/ataque-terrorista-em-londres-5741903.html?utm_source=dn.pt&utm_medium=recomendadas&utm_campaign=afterArticle&_ga=1.247830663.1436319963.1479617731

    Só é pena que o carro não tenha passado por cima de uns quantos deputados, de preferência, de esquerda e pró-imigração. Esses é que merecem levar em cima com a merda alógena que têm andado a importar.

    ResponderEliminar
  4. Tommy Robinson reage ao ataque:

    https://vladtepesblog.com/2017/03/22/tommy-robinson-reacts/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Tommy Robinson sempre em grande! Esse homem um dia vai ter de ter uma estátua...

      Eliminar
  5. Quantos morreram, é indiferente. Eram infiéis. Estou preocupado é com a islamofobia e outras fobias. Eu cá, sou do Bloco de Estrume.

    ResponderEliminar
  6. "Mas como eu sei que a classe política não tem "tomates" para fazer nada disto e os poucos que têm, não conseguem chegar ao poder, o que vai acontecer é que os problemas se vão continuar a acumular uns em cima dos outros"

    Caro JJHN

    Têm, tem, os esquerdalhos têm tomates, ou seja, têm vontade política, querem espalhar a pobreza, miséria, fome e morte e para isso implementam o socialismo, podemos todos assistir ao vivo e a cores na Venezuela.

    Os esquerdalhos em Londres tiveram vontade política de concorrer com um muçulmano para a câmara de Londres e os desvairados eleitores votaram alegremente à esquerda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eles só têm "tomates" realmente é quando se trata de promover merda...

      Eliminar
  7. Só um detalhe importante(para quem não sabe)os oficiais de polícia ingleses(e não só)estão metidos no "aventalismo" que promove(a par do neomarxismo) o tal "universalismo" multi-caótico.Era um desses oficiais que devia estar à porta lá do "circo-politico" para ser esfaquiado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os oficiais da polícia inglesa e aposto que os do MI5 também. Cá no "jardim à beira-mar plantado", temos o SIS, SIED e SIRP que são controlados pela máfia do avental:

      https://ptesoterico.wordpress.com/2010/09/12/espioes-do-sis-na-maconaria/

      As Forças Armadas também estão relativamente bem infiltradas pela maçonaria e pela extrema-esquerda, algo que só por si revela bem o bando de traidores que temos encarregues da defesa do País. Eles não são parvos, não e sabem que quem controla os canos das espingardas, controla a máquina do poder...

      Eliminar
  8. MOIRAMA O KCT NEM ARABE NEM PAKI ERA UM NEGROIDE ALGO ENTRE SAHEL E CONGOIDE

    ResponderEliminar
  9. SABIA QUE A INTENÇÃO ERA CULPAR VERDES AZUIS E JUDEUS SÃO MERDA FAZEM VERDE SE PASSAR POR AZUL QUANDO INTERESSA FAZEM SUB VERDE SE PASSAR POR VERDE SÃO LIXOS

    ResponderEliminar
  10. FAZEM VERDES TAMBEM CONTAREM COMO SUB VERDES OU COMO AZUIS QUANDO TAMBEM INTERESSA

    ResponderEliminar
  11. A elite é que tem a culpa:

    http://newobserveronline.com/terror-europe-ruling-liberal-elite-blame/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A limpeza étnica em curso - os autóctones britânicos estão a ser expulsos das cidades pela população alógena:

      http://newobserveronline.com/ethnic-cleansing-white-british-driven-out-of-cities/

      Eliminar
  12. Os muçulmanos perante o Mundo:

    http://novoadamastor.blogspot.pt/2017/02/os-muculmanos-perante-o-mundo.html

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...