sexta-feira, 31 de março de 2017

Pastadas Como se Fossem Gado - Este é o "Futuro Radioso" Que as Feministas "Progressistas" Estão a Preparar Para as Mulheres do Ocidente




Prevê-se neste momento que durante os próximos dez anos e se tudo continuar como está, irão chegar cerca de trinta milhões de migrantes africanos à Europa, a maioria ou pelo menos uma parte considerável serão muçulmanos. Do Médio Oriente, esperam-se também mais uns largos milhões de migrantes e se não fosse o facto de a Hungria de Viktor Orbán ter colocado um travão à rota dos Balcãs, seria de prever que o Estado Social em países como a Alemanha e a Suécia entraria em colapso total já dentro da próxima década, fruto do simples peso dos números da autêntica invasão afro-islâmica com que a Europa se vê actualmente a braços.

Sentido já a vitória ao alcance e como qualquer predador que prepara os músculos para saltar sobre uma presa, Ali Hammuda, um imame "britânico", garante-nos que a guerra está próxima e que os muçulmanos podem tomar as mulheres dos "infiéis" como escravas sexuais. Os otomanos por sua vez, já "afiam as facas" e sabem que a anemia social em que se encontra a Europa lhes vai facilitar muito a vida. Por enquanto estão a fazer-nos a "guerra do ventre", mas não há-de tardar muitos anos até passarem ao clássico método da bala e da bomba para nos tomar território e quiçá, começar a declarar taifas islâmicas em bairros de cidades como Paris, Berlim e Estocolmo. 

As feministas que continuem a apoiar a invasão afro-islâmica e a substituição populacional que está actualmente em marcha na Europa Ocidental. Continuem todas a votar nas direitinhas e esquerdinhas catitas, "bem pensantes", "civilizadas" e politicamente correctas e entretanto, podem começar já a preparar as burcas que vão ser obrigadas a enfiar pela cornadura abaixo, a bem ou a mal, porque quando a turba islâmica tomar o controlo das estruturas de poder legal, o Feminismo, a "igualdade de género" e o "poder das mulheres" vão acabar numa questão de horas por via de decreto islâmico.

João José Horta Nobre
31 de Março de 2017


13 comentários:

  1. Só quem não lidou com essa malta entre portas, acredita que está a exagerar ...
    Se existe exagero ele é por defeito ...
    Essa malta dos árabes, não são assimiláveis pela cultura ocidental e nunca o serão, mesmo aqueles que se dizem moderados ...
    Ainda hoje falei com duas portuguesas que vivem em França, que me disseram, que com essa malta em Paris cada vez é mais difícil conviver e mesmo viver, pois o perigo de sair à noite é cada vez maior ...
    Então com a vitória do Macron, que está a subir nas sondagens, vai ser uma alegria, é importar malta dessa em catadupa ...
    A nova ordem mundial, vai rejubilar, pois a destruição da Europa está cada vez mais próxima ...
    Tem razão, essas somente quando forem encarapuçadas é que vão acordar, mas será tarde de mais ...
    São masoquistas e taradas ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o Medina ainda lhes oferece uma mesquita na Mouraria.
      Quando eles começarem a fazer atentados em Portugal, lá se vai o turismo.

      Eliminar
    2. «Ainda hoje falei com duas portuguesas que vivem em França, que me disseram, que com essa malta em Paris cada vez é mais difícil conviver e mesmo viver, pois o perigo de sair à noite é cada vez maior ...»

      Caro Arnatron, curiosamente é exactamente isso que também me dizem a maioria dos portugueses que vivem em França e com quem regularmente vou trocando algumas impressões. O último com quem falei há poucos dias, trabalha para uma empresa francesa que abastece prisões e ele disse-me que de cada vez que vai a uma prisão francesa, nota que a população prisional é largamente constituída por africanos e árabes. Disse-me também que vai votar na Marine Le Pen nas presidenciais deste ano...

      Eliminar
  2. É realmente assombroso que, apesar de não pararem de surgir vídeos como o primeiro desta posta, continua a haver tanta gente a negar da realidade do islamismo.

    E sobre as feministas já nem sei o que dizer, são para as mulheres aquilo que Judas foi para Cristo, estão a entregá-las à morte e à escravatura ao mesmo tempo que as bajulam e lhes mentem descaradamente. É realmente assombroso como, em nome de uma ideologia comprovadamente falhada -o marxismo- ainda há tanta gente disposta a abdicar da sua liberdade e também da liberdade dos seus filhos e netos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «É realmente assombroso que, apesar de não pararem de surgir vídeos como o primeiro desta posta, continua a haver tanta gente a negar da realidade do islamismo.»

      Caro Afonso, as pessoas não sabem maioritariamente a verdade sobre o Islão, porque os mainstream media distorcem continuamente a verdade e mentem descaradamente sobre aquilo em que consiste efectivamente a religião islâmica. Basta ver o marcelinho presidente que logo depois de ser inaugurado como presidentezinho da treta, tratou de ir à mesquita prestar vassalagem à comunidade islâmica.

      «É realmente assombroso como, em nome de uma ideologia comprovadamente falhada -o marxismo- ainda há tanta gente disposta a abdicar da sua liberdade e também da liberdade dos seus filhos e netos!»

      Não é só o Marxismo, antes fosse... Também há muitas feministas da direita liberal que são pró-imigração islâmica em massa.

      Eliminar
  3. O europeu é burro que nem um cepo. Não adianta piorar que quando chega às eleições os nacionalistas até descem (FN).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não creio que seja bem assim:

      https://historiamaximus.blogspot.pt/2016/08/contra-tudo-e-contra-todos-alt-right.html

      Eliminar
  4. É IMPRESSIONANTE COMO EUROPA VIROU UMA POCILGA DE DEGENERADOS, BUNDAS MOLES, PEDERASTAS, GLOBALISTAS, MULTICULTURALISTAS E MERDAS "DEMOCRATAS" QUE VÃO SER DESTRUÍDOS PELOS MUÇULMANOS, EM MAIS UNS 15-20 ANOS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Destruídos em 15-20 anos não digo, mas certamente se nada mudar seriamente no espectro político, dentro de 15-20 anos atingiremos o ponto de não retorno na Europa Ocidental e dentro de cerca de 50-80 anos, a Europa Ocidental estará seguramente sob o domínio islâmico.

      Isto é uma questão de números e matemática e é isso que a esquerda e os liberais não entendem. Basta fazer uns simples cálculos para se perceber que com as actuais taxas de fecundidade na Europa, a população autóctone branca será reduzida a uma minoria nos seus próprios países dentro de poucas décadas e todos sabemos como é que as minorias são tratadas nos países de maioria muçulmana...

      Eliminar
  5. O europeu é burro? Não me parece.
    Se o europeu é burro, que dizer dos restantes..ahaha!
    O caso é que os crápulas do comunismo estudaram muitos anos estas técnicas de comunicação e controlo para influenciarem as multidões e quem quer ver, basta relembrar a segunda guerra mundial onde até os alemães faziam outro tanto.
    portanto, isto é velho e é aplicado em todo o mundo ou como pensa que mais de um bilião de pessoas são controladas por um partido único na China?
    Não é só a ameaça física. Isso nunca deteria por completo a insurreição. Veja como milhões de russos choravam copiosamente na morte do carniceiro Estaline ou Mao e mesmo dos ditadores norte coreanos.
    A acção psicológica e o controlo dos mass media são o vector principal.
    Não vale a pena dizer como penso que chegamos aqui. Seria extenso e acho que todos sabemos um pouco sobre isso. E se não sabemos, isto poderá ajudar:
    https://www.youtube.com/watch?v=d0fTJqeRXCE

    Quanto ao Islão, basta atentar no caso sueco. É paradigmático. Ilustra como por todo o Ocidente governos e imprensa enganam os respectivos povos.
    É tão simples perceber o perigo que até dói ver gente que se quer enganar por fanatismo político ou por boçalidade.
    mais claro que isto, é impossível:
    https://www.youtube.com/watch?v=TXzDAhQPcX0

    ResponderEliminar
  6. "A acção psicológica e o controlo dos mass media são o vector principal.
    Não vale a pena dizer como penso que chegamos aqui. Seria extenso e acho que todos sabemos um pouco sobre isso."------------------------------Exacto,pode encontrar posts neste blog(ou nos meus blogs se quiser dar uma visita)que explicam bem como chegamos aqui e quais as estratégias utilizadas pela máfia globalista(podemos ir até ao século 19 ou mesmo antes,mas os primeiros 20 anos do século XX foram essenciais para a implantação do plano mundialista).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecendo,como é óbvio,o papel determinante das duas guerras mundiais na implantação do plano globalista ou mundialista.

      Eliminar
    2. Sim, o David Icke tem alguns bons videos sobre isso. Ele aborda repetidamente como as duas guerras mundiais foram artificialmente provocadas pela superclasse mundialista, já com a intenção de forçar a abertura do caminho para o governo mundial totalitário. Eu própria já abordei esta questão em vários artigos meus.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...