segunda-feira, 22 de maio de 2017

A Visita de Trump ao Reino da Arábia Saudita




«Trump vende armas a Riade e dança com espadas»


Parece que Trump e em linha com o que já se esperava, decidiu ir visitar o Reino da Arábia Saudita e encontrar-se com o furúnculo que manda lá por aquelas bandas desérticas. O cúmulo da hipocrisia da visita de Trump, não foi apenas o facto de este ter assinado um acordo de 110 mil milhões de dólares para a venda de armas à Arábia Saudita, mas também, o facto de Trump ter aproveitado a sua visita para falar de uma suposta "visão pacífica" do Islão (como se tal fosse sequer possível...), perante uma plateia repleta de seguidores do Wahhabismo que para quem não saiba, é "apenas" a principal fonte de inspiração ideológica de grupos como o Estado Islâmico, a Al-Qaeda e a Frente Al-Nusra.

Mais uma vez e para não variar, o Ocidente em lugar de se afastar e fazer um corte radical com os semitas e as suas doutrinas religiosas alucinadas, faz exactamente o contrário e fornece-lhes armas e legitimidade no concerto internacional. Quando não são os israelitas, são os sauditas. Quando não são as exigências das víboras sionistas, são as exigências dos islamitas da maligna Casa de Saud. Trump está a dançar com as forças do mal e como é óbvio, isto inevitavelmente apenas irá gerar mais sofrimento e terror no Médio Oriente e não só.

A Arábia Saudita é de longe, o Reino com a mais asquerosa e vil monarquia na face da Terra. Trata-se do Reino do Mal por excelência. É da Arábia Saudita que têm partido não só as principais fontes doutrinárias do Islamismo radical, como também muito do apoio financeiro que sustentou e sustenta grupos como o Estado Islâmico e a Al-Qaeda. O Reino da Arábia Saudita é inquestionavelmente o principal mentor e patrocinador do terrorismo islâmico a nível mundial. Ainda hoje, passados mais de quinze anos sobre o 11 de Setembro de 2001, continua por esclarecer adequadamente o que é que o regime saudita e o Estado de Israel sabiam ou tiveram a ver com esse mesmo ataque, sendo que a maioria dos piratas do ar que levaram a cabo o atentado, eram eles próprios cidadãos sauditas e as suspeitas do envolvimento da Mossad na operação são mais do que muitas...

Os sionistas e os sunitas radicais da Casa de Saud estão unidos contra o Irão e os Xiitas por mero interesse. Aos israelitas interessa-lhes isolar o Irão, de forma a provocarem o avanço do sinistro Plano Yinon que foi bloqueado pela intervenção iraniano-russa na Síria. Aos sauditas, por sua vez, interessa-lhes combater a crescente influência regional e o poder militar exibido pelo Irão. É de crer que a Casa de Saud possui alguma noção sobre os planos dos Supremacistas Judeus para o Médio Oriente e não só. No entanto, como estamos aqui a falar de fanáticos religiosos que acreditam em superstições descabidas, é provável que os sauditas simplesmente julguem que o Deus (inventado por judeus...) em que acreditam, os vá livrar miraculosamente do destino infernal que as forças da Nova Ordem Mundial estão a preparar para todos nós. A Casa de Saud está a colaborar com a judiaria internacional e internacionalista porque ingenuamente acredita que no fim acabará por sair por cima. Não vai. 

Os supremacistas judeus que controlam por inteiro a Casa Branca e o Deep State americano, aparentemente não vêem problemas em fornecer armamento a um regime islamita radical como é claramente o da Arábia Saudita, desde que tal sirva os seus interesses. Por este mesmo motivo é que vemos hoje os Estados Unidos a vender armas à Arábia Saudita, ao passo que simultaneamente aplicam sanções contra a Rússia, o Irão e a Coreia do Norte. 

A Arábia Saudita é um regime que não está a desafiar a Nova Ordem Mundial e até faz algum do trabalho sujo da mesma. A Rússia, o Irão e a Coreia do Norte, pelo contrário, são potências que desafiam a Nova Ordem Mundial e recusam sujeitar-se aos ditames dos supremacistas judeus que mandam em Washington e Bruxelas. É por este motivo e apenas por este motivo que estas nações são continuamente odiadas e visceralmente atacadas nos media ocidentais ao serviço do "sistema". Qualquer Nação que hoje resista ao governo mundial totalitário que está a ser preparado pela Superclasse Mundialista, deve preparar-se para ficar isolada de grande parte do Mundo e acima de tudo, deve munir-se de armas nucleares o mais depressa possível, tal e qual a Coreia do Norte tem estado laboriosamente a fazer, de forma a desincentivar futuras "abriladas" e/ou agressões externas para espalhar a "democracia" e os "direitos humanos". O poder destrutivo do átomo é a única força capaz de travar e em última análise derrotar a Nova Ordem Mundial e os judeus dementes que estão largamente aos comandos da mesma.

A China também não é um País que esteja alinhado com a Nova Ordem Mundial, mas como estamos a falar da China, Nação esta que possui "apenas" cerca de 1 338 612 968 habitantes, já há mais respeitinho para com a mesma da parte de Sião e por esse motivo é que os media ao serviço do "sistema" normalmente se "esquecem" de falar dos testes de mísseis e de todas as armas nucleares que a China possui. Kushner, Soros e os restantes agentes do Sionismo Rothschild não ladram muito sobre a China porque sabem que convém não agitar muito as águas em relação a esse grande País asiático, caso contrário, a "coisa" pode vir a ficar muito feia... 

O Mundo está a ficar mais perigoso e volátil do que nunca, mas pelo menos, a cada dia que passa se torna mais fácil perceber quem é quem e de que lado está o mal e de que lado está o bem.  

João José Horta Nobre
22 de Maio de 2017


13 comentários:

  1. Esta visita foi apenas mais uma confirmação de que Trump vai continuar as políticas do mulato Merdama. E ainda estou para ver o que vai sair da actual visita a Israel... esta conversa anti-Irão não me agrada nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A coisa está a ficar feia:

      https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201705088336927-ira-arabia-saudita-tensao/

      Trump é uma marioneta da NOM. Só tenho pena de não ter dado mais atenção ao David Icke que bem nos avisou a todos sobre esta farsa chamada Trump. Mas verdade seja dita, nós não tínhamos outra alternativa a não ser apoiar Trump até prova em contrário e foi exactamente isso que eu fiz.

      Pessoalmente, não acredito que Trump chegue ao fim da sua presidência sem arranjar uma guerra grande e cada vez me parece mais que o próximo alvo vai ser o Irão. Com a Coreia do Norte Trumo dificilmente se vai envolver porque ele sabe que isso poderia potencialmente provocar um holocausto nuclear. Na Síria os russos estão a bloquear o avanço do Plano Yinon, portanto resta-lhes apenas atacar o Irão e é exactamente com esse fim em vista que Trump está a fazer este périplo pelo Médio Oriente, precisamente para acertar os pormenores da guerra que está a ser preparada contra o Irão. Repare-se que Trump está a visitar os maiores inimigos do Irão, primeiro visitou Riad e agora visita Israel. Penso que é claro como água o que se está realmente a passar. É só aguardar pelo que aí vem, pois cheira-me que dentro dos próximos três meses vamos ter ampla matéria sobre a qual bloggar...

      Eliminar
  2. "Mais uma vez e para não variar, o Ocidente em lugar de se afastar e fazer um corte radical com os semitas e as suas doutrinas religiosas alucinadas, faz exactamente o contrário e fornece-lhes armas e legitimidade no concerto internacional. Quando não são os israelitas, são os sauditas. Quando não são as exigências das víboras sionistas, são as exigências dos islamitas da maligna Casa de Saud. Trump está a dançar com as forças do mal e como é óbvio, isto inevitavelmente apenas irá gerar mais sofrimento e terror no Médio Oriente e não só."------------------------------Sem menosprezar o resto do texto neste post este parágrafo(copiado e colado) é elucidativo da realidade actual e do que está em espera para o futuro próximo.Além das visitas já realizadas(e por si analisadas)esperemos pelo resto do "périplo" na Europa(incluindo a nato e o vaticano,neste último estou curioso a respeito da "conversa do muros").

    ResponderEliminar
  3. Este post http://divinecosmos.com/start-here/davids-blog/1208-endgame-pt-1 é de dezembro(estive agora a reler)e achei interessante linkar.

    ResponderEliminar
  4. Enquanto os eua pensam em guerra a CHINA planeja a ROTA DA SEDA para integrar nações ao comércio mundial, quanta diferença de caráter.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que se está a passar não tem nada a ver com o carácter do povo americano. Tem a ver é com o facto de a China não ser um País com um governo controlado por sionistas alucinados, ao contrário dos Estados Unidos que estão claramente sob o controlo de uma máfia sionista com tentáculos poderosíssimos nos media, na alta finança e por consequência lógica, na política.

      Este video do David Duke explica-lhe na essência aquilo de que estou aqui a falar:

      https://www.youtube.com/watch?v=Zw9EhjyU3JU&t=3s

      Eliminar
  5. Caro João Nobre
    Andam a brincar as guerras, e vão se meter com o Irão ????
    Quando a URSS se desintegrou, quantas bombas atómicas desapareceram do arsenal ?????
    Será que o Irão não tem mesmos bombas atómicas ???
    Acho que terão uma grande surpresa, e todo o planeta vai pagar muito caro.
    Einstein disse que não sabia como seria a 3º guerra mundial, mas também disse ..... que a 4º guerra seria com paus e pedras !!!!!
    Abraços.

    Ramiro Lopes Andrade

    ResponderEliminar
  6. "Einstein disse que não sabia como seria a 3º guerra mundial, mas também disse ..... que a 4º guerra seria com paus e pedras !!!!"

    Você usa essa pseudo referencia como se esse einstein fosse alguma referencia intelectual....

    Informo o senhor que einstein fez lobby no governo americano para o inicio do programa manhattan, queriam usar essas armas contra a alemanha. Se a guerra durasse mais uns meses seria em berlim e não no Japão que elas seriam testadas. Mas esse bandalho desse einstein nem sequer participou no programa porque o próprio oppenheimer considerava o eintein um fisico menor.

    eistein foi uma fraude, um impostor, um sionista da pior espécie, odiava os Alemães e quando vejo alguém usar como referência esse einstein fico abismado com o poder da propaganda.

    Realmente 99% das pessoas não pensa pela própria cabeça, só reproduzem o que lhes dizem....

    Desde sempre a judiaria teve um complexo de inferioridade muito grande, eles eram conhecidos como o "povo do livro". Nunca tiveram um galileu nem um newton e de repente voilá!!!!! no inicio do século XX ficaram inteligentes LOL que ridículo, que absurdo que palhaçada.

    Quem quiser que veja esta entrevista. O entrevistado, ele próprio é parte judeu mas denuncia essa palhaçada.

    O que fode os judeus é que de vez em quando nasce uma ovelha branca no meio de um rebanho de ovelhas negras.

    https://www.youtube.com/watch?v=T1TUqw96iVw&t=2322s

    A fraude da história de einstein é uma boa oportunidade para quem quiser descobrir a verdade do mundo em que vivemos. É uma oportunidade porque é um tema pouco complexo, basta ler testemunhos das pessoas que o conheciam e conhecer a carreira dele.

    ResponderEliminar
  7. Caro anonimo
    Quanto rwcalque !!!!!!!!!
    Qualquer pessoa tem direito a sua opinião, voce não me conhece, e não lhe dou o direito de ser um ignorante para comigo.
    Estamos falados, não dou confiança em quem se esconde atrás do anominato.
    Passar bem.

    Ramiro Lopes Andrade´
    Engenheiro civil ( CREA - RJ / ORDEM DOS ENGENHEIROS DE PORTUGAL )

    ResponderEliminar
  8. "O Islão deseja destruir todos os Estados e governos que se oponham à ideologia e ao programa do Islão em toda a face da terra, independentemente do país ou nação onde isso aconteça. O propósito do Islão é implantar um Estado com base em sua própria ideologia e programa... o objectivo da jihad islâmica é eliminar o controle de qualquer sistema não-islâmico e estabelecer no seu lugar um governo islâmico. O Islão não tem intenção de restringir sua revolução a um único Estado ou a alguns poucos países; o objectivo do Islão é realizar uma revolução mundial".(xeque Maolana Maududi- erudito islâmico do sé.XX).

    Será que ainda não perceberam o que eles dizem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Maria Machado, eu já percebi, infelizmente há é muita gente que não percebe, nem nunca vai perceber tal coisa...

      Eliminar
  9. O que foi dito é verdade, os globalistas por detrás do governo norte-americano, o Irã que se cuide. Logo mais a América Latina também receberá terroristas islâmicos como parte da Agenda Global. Sério.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...