sexta-feira, 20 de outubro de 2017

O Movimento LGBT Quer Ter Acesso às Crianças...




«Ser queer significa forçar os parâmetros do sexo e da família, e durante o processo, transformar a sociedade... Temos que manter os nossos olhos fixos no nosso objectivo... de reordenar radicalmente a visão social da realidade.» - Paula Ettelbrick, National Gay and Lesbian Task Force

O movimento LGBT, que só surgiu verdadeiramente na década de 1960, começou por apenas reivindicar a descriminalização da homossexualidade activa, que à época era considerada como sendo um crime em muitos países do Ocidente. Houve, no entanto, vozes proféticas que avisaram desde o primeiro momento de que o objectivo final do movimento LGBT, era a legalização plena da pedofilia e tudo o que se tem vindo a passar desde a década de 1960 só confirma tais avisos.

Depois de conquistada a legalização dos actos homossexuais, começaram as exigências do "casamento gay" e não foi difícil de se perceber, que logo de seguida o movimento LGBT iria começar a exigir o direito de adopção de crianças por parte de casais do mesmo sexo. O próximo passo lógico seria e continua a ser a legalização da pedofilia, um velho sonho do lobby gay, com o qual já delirava Michel Foucault e o ex-eurodeputado e pedófilo assumido Daniel Cohn-Bendit (Danny le Rouge para os amigos...). 

O travão à implementação da loucura total, por enquanto, continua a ser o facto de a sociedade ainda não estar suficientemente degradada do ponto de vista moral e ético, sendo por isso impossível neste momento legalizar a pedofilia ou fazer campanha aberta em prol da mesma. Foi, essencialmente, este motivo que levou nos últimos anos o apócrifo movimento LGBT a virar-se estrategicamente para as questões das "mudanças de sexo" e da "identidade de género" em crianças. Os terroristas sociais do Bloco de Esquerda até já começaram a defender a legalização da mudança de sexo aos 16 anos e isto é apenas a "ponta do iceberg" do que estes tarados planeiam aplicar ao País por força de lei.

Que ninguém se iluda. O alvo do movimento LGBT são as crianças. Esta gente sempre quis ter acesso às crianças e o seu objectivo final sempre foi a legalização plena da pedofilia. Se não forem atempadamente travados, dentro de 10 a 15 anos teremos as clínicas psiquiátricas cheias de gente com graves distúrbios mentais, que serão a consequência inevitável de todas estas engenharias sociais em torno da tal "ideologia do género", apregoada pela esquerda e que tem as suas raízes na desgraça intelectual que ficou conhecida por "Escola de Frankfurt".

João José Horta Nobre
20 de Outubro de 2017

8 comentários:

  1. Aqueles quem gritou "teoria de conspiração!!!" toda vez, eles são culpados. Em Grécia "mudanças do sexo" começar aos 15 anos. Tudo começou com "ah, os pobres homosessuais." Nunca mais.

    -um Grego

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, eu dantes também acreditva que tudo isto era uma gigantesca "teoria da conspiração". No entanto, tudo o que se tem vindo a passar ao longo dos últimos dez anos, só tem vindo a confirmar como muita das tais "teorias da conspiração" afinal de contas, eram mesmo verdade.

      O lobby gay é uma ferramenta política do cartel mundialista/globalista que o usa para dividir as nações e consequentemente aumentar a conflitualidade social, ao mesmo tempo que degrada a sociedade do ponto de moral e destrói a família tradicional, que como todos sabemos, é a base de qualquer sociedade civilizada.

      Eliminar
  2. Os depravados pederastas da década de 1960, hoje são "políticos", ministros e deputados na chamada "união europeia", que é só uma fétida pocilga de porcos homossexuais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Bilder, eu pessoalmente nada tenho contra o facto de alguém querer ser homosexual. O que eu não gosto e ao qual me opono de forma veemente é às tentativas do lobby gay de transformar o anormal no novo normal e mais recentemente, de mexer com as crianças.

      Os homossexuais devem de ter o direito a ser homossexuais e no limite, pode-se ainda tolerar o casamento gay. No entanto, a adopção de crianças por homossexuais e as mudanças de sexo devem de ser totalmente ilegalizadas e ponto final.

      Eliminar
  3. o Lobby LGBT a trabalhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nao ha problema em terem opções diferentes mas não é o mais natural. Um macho é 1 macho e um macho uma fêmea e uma fêmea e contra isso batatas

      Eliminar
  4. TUDO ISTO É ASSUSTADOR E SINISTRO!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José Montargil, tudo isto é apenas um espelho do estado de degradação a que chegou o Ocidente. Muito sinceramente, a podridão é neste momento de tal ordem, que eu duvido que seja ainda possível obter qualquer espécie de salvação de última hora. Estamos claramente a dar as últimas como Civilização e já não há-de faltar muito para isto dar o "esticão" final.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...