domingo, 5 de fevereiro de 2017

A Imprensa só se Preocupa Com "Assassinos" Quando lhe Convém...



«Trump diz que tem “respeito” pelo “assassino” Vladimir Putin»


A imprensa só se preocupa com "assassinos" quando lhe convém, ou melhor, quando os "jornalistas" de treta que hoje pululam pelas principais redacções, recebem ordens nesse sentido por parte dos seus donos e como animais obedientes que são, prontamente escrevem aquilo que os seus donos querem que eles escrevam. Neste caso, Putin é o "assassino" que tem de ser sempre e implacavelmente condenado, porque essa é a narrativa que o "sistema" quer martelar para dentro da cabeça do povo, de forma a tentar virar a opinião pública contra a Rússia. O motivo para isto, esse, é bastante simples de se entender e deve-se ao facto de o "sistema" odiar visceralmente a Rússia porque a mesma é hoje governada por um regime nacionalista. 

Os internacionalistas odeiam cegamente qualquer político que proteja e defenda o seu povo, como é o caso de Putin, que estando longe de ser perfeito, é sem dúvida um dos poucos líderes nacionalistas que temos na Europa. Foi Putin que tirou a Rússia da miséria humilhante em que este País se encontrava na década de 1990 e foi Putin que travou os planos da superclasse mundialista, no sentido de desmantelarem a Federação Russa e darem dessa forma o golpe final no povo russo. Pior ainda, foi Putin que esmagou o poder dos oligarcas judeus que tomaram conta da Rússia após o colapso da União Soviética e isto é coisa que os supremacistas judeus nunca lhe vão perdoar. É mais do que patente que há um ódio contínuo e visceral por parte da judiaria internacional e internacionalista contra Putin. É um ódio vingativo. Um ódio que não esquece, nem perdoa. O ódio de Sião. Não esperem que algum jornalista vos fale disto em qualquer artigo ou reportagem emitida nos grandes media e julgo que nem preciso de explicar o porquê para tal...

Eu sei que isto anda mau de emprego para todos, mas francamente, nem as prostitutas de rua se sujeitam a tamanha baixaria como aquela a que os jornalistas da grande imprensa se andam actualmente a sujeitar. É que isto só pode ser mesmo por dinheiro, não há outra explicação possível para o fenómeno de prostituição jornalística actualmente em curso. Só por dinheiro é que alguém pode descer tão baixo como os jornalistas dos mainstream media desceram. 

Durante os últimos oito anos, o mulato criminoso que ocupou a Casa Branca fartou-se de matar e bombardear a eito. Pelo caminho, o Nobel da Paz Obama[1] reduziu a Líbia a um Estado falhado, provocou desnecessariamente uma guerra civil na Ucrânia e reduziu a Síria à actual desgraça em que está. Em cima disto tudo, ainda provocou uma das maiores crises de refugiados da história e reduziu as relações dos Estados Unidos com a Rússia ao nível da sarjeta. Obama foi de longe, um dos presidentes mais violentos e assassinos da história dos Estados Unidos. Mas lá está, como era mulato e estava totalmente alinhado com o "sistema", os media deram-lhe sempre luz verde para fazer praticamente tudo o que quisesse. Destas coisas não falam os tais "jornalistas" que andam muito hiperactivos nas últimas semanas a atacar o Presidente Trump por tudo e por nada. 

Espero agora e anseio mesmo para que o Presidente Trump dê ou pelo menos ajude a dar o golpe de morte à União Europeia e que acabe com o NATO, ou pelo menos deixe de usar a mesma para ameaçar a Rússia e andar a provocar guerras no Médio Oriente, que verdadeiramente só beneficiam os grandes fabricantes de armas e o Estado de Israel. As elites "bem pensantes" pensam que somos todos estúpidos e que andamos todos de olhos tapados, mas vai-lhes sair o tiro pela culatra mais depressa do que pensam. É só aguardarem...

________________________________________

Notas:
[1] - Julgo que a atribuição do Prémio Nobel da Paz a Barack Hussein Obama, terá sido a primeira e única vez na história em que alguém recebeu tal prémio apenas devido ao facto de ter mais melanina na pele...

João José Horta Nobre
5 de Janeiro de 2016
 

15 comentários:

  1. «É que isto só pode ser mesmo por dinheiro, não há outra explicação possível para o fenómeno de prostituição jornalística actualmente em curso. Só por dinheiro é que alguém pode descer tão baixo como os jornalistas dos mainstream media desceram.»

    Eu também sou dessa opinião. Não acredito que todos os jornalistas acreditem realmente naquilo que escrevem e a prova é que, de vez em quando, lá aparece um Alberto Gonçalves ou uma Helena Matos.

    Deve ser muito triste viver assim. Passar os dias a mentir, a distorcer e a omitir para conseguir pagar as contas. Sobretudo agora que sabem que cada vez menos gente acredita no que eles escrevem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Afonso, na minha opinião a Helena Matos é superior ao Alberto Gonçalves e é até a única cronista do Observador que tem uma verdadeira veia nacionalista. Já o Alberto Gonçalves é mais um liberal conservador que gosta de espetar o dedo na ferida de alguns temas mais quentes. Mas no essencial, não penso que Alberto Gonçalves seja tão nacionalista quanto a Helena Matos.

      «Deve ser muito triste viver assim. Passar os dias a mentir, a distorcer e a omitir para conseguir pagar as contas. Sobretudo agora que sabem que cada vez menos gente acredita no que eles escrevem!»

      Acredito que sim. Essa gente deve saber o que está a fazer. Podem não o admitir, mas lá no fundo, eles sabem que trabalham para as forças do mal e que estão do lado errado da história. Nota-se também uma grande frustração da parte dos jornalistas, eu sinto isso quando leio as pe´rolas que essa gente a produzir sobre Trump. Nota-se que eles estão extremamente frustrados porque cada vez menos gente acredita nas suas balelas. Acabou-se o tempo em que os jornalistas ditavam o que o povo pensava. Isso acabou e temos de dar graças às redes sociais por tal, pois foi, de facto, a internet que quebrou o monopólio (des)informativo dos grandes media controlados por interesses obscuros.

      Eliminar
  2. "e foi Putin que travou os planos da superclasse mundialista, no sentido de desmantelarem a Federação Russa e darem dessa forma o golpe final no povo russo."

    O facto de existir Fed. Russa, essa união de vários países, um país multiracial com vários povos, é que continua a dar cabo do povo russo e dos vários povos eslavos que por la ha.
    É um país sem logica nenhuma do ponto de vista etnico, genetico.
    Os Russos verdadeiros, loiritos e tal, la vao levando com misturas de tartaros e outros povos do sul e da asia e vao-se diluindo. Moscovo recebe gente de todo o país e isso destroi a genetica daquela area.

    Com tudo isto, Putin não é bem nacionalista pois esta-se a marimbar para a preservação genetica dos povos. Ele defende é uma bandeira e o nome de um país. Um nome, so isso. Qualquer dia é um nome sem significado quando os Russos verdadeiros desaparecerem.

    ResponderEliminar
  3. OUTRA A RUSSIA SEMPRE FOI DESPOTICA COMO O LESTE NUNCA PROMETEU LIBERDADE E DEMOCRACIA É COMO COMPARAR BEDUINO ALA CUCK E ALA RED UM É ASSUMIDAMENTE FDP MACONHEIRO SUJO ETC O OUTRO FINGE O QUE NÃO É

    ResponderEliminar
  4. É UM MAL LAVADO A PODRE QUE SE FINGE DE LIMPO GENOCIDA IMPERIALISTA DA NATO SEM HAIA

    ResponderEliminar
  5. QUANTOS A NATO MATOU NOS IRAQUES DA VIDA FINANCIOU GAZAS?DEVE TER SIDO BEM MAIS QUE O PUTIN E ERA GENTE COMUM INOCENTE NÃO UNS MALANDROS DA KGB DA LAIA DELES EM DISPUTA INTERNA DE PODER LACAIOS DO OESTE INFILTRADOS

    ResponderEliminar
  6. Os Maçónicos Iluminati globalistas que controlam os Mídia mundias e a banca Internacional estão contra Trump por este por em causa os interesses destes. Estão a fazer uma campanha mundial contra Trump, denegrindo a sua imagem. Aínda se vão arrepender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto o pessoal do politicamente correcto não está preparado para a frontalidade, para a verdade nua e crua! É verdade, a maioria dia dirigentes, quer da dita esquerda ou da direita, de países com alguma relevância agem do mesmo modo. O próprio Obama ao autorizar a morte de dirigentes dos chamados movimentos terroristas pode também ser acusado de assassino...

      Eliminar
    2. O Obama é apenas o cabeça de cartaz de um monstro muito mais maquiavélico e sinistro. A Nova Ordem Mundial age por intermédio de marioneta do calibre de Obama, que se limitam a obedecer a ordens e a cumprir os ditames emanados de cima.

      Eliminar
  7. Check https://paulamarisa.com/2017/02/02/trump-multiculturalismo-e-midia-globalista/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda há algumas mulheres que não vão na cantiga do liberal-esquerdismo e afins(pelo menos de forma assumida).Em lingua inglesa há até bastantes.

      Eliminar
  8. os maiores assassino são, aqueles que não vemos, gente como o Soros, Rei da Arabia e aqueles que já vemos pouco como o Bush, os Clintons, o Obama.

    ResponderEliminar
  9. Quem faz ataques furtivos com drones em países soberanos?
    Quem durante 8 anos largou 1 bomba a cada 20 minutos?
    Deve ter sido o Peter pan ������

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...