domingo, 4 de fevereiro de 2018

João José Horta Nobre - O Ocidente Está a Viver Numa Mentira Monumental







 
João José Horta Nobre - A distopia megalómana que os internacionalistas pretendem impor ao Mundo, precisa desesperadamente de controlar a informação, de forma a poder moldar a percepção da realidade que o comum cidadão tem ao seu dispor. A capacidade de se conseguir controlar a percepção da realidade e a manipulação e moldagem artificial da mesma consoante os interesses da elite reinante, é a "pedra angular" que permite a manutenção do poder sobre a sociedade por parte dos senhores da Nova Ordem Mundial.

O governo mundial totalitário é, em última análise, o objectivo final da actual elite reinante. De forma a poder atingir este fim, a elite reinante sabe que precisa de mentir e enganar e acima de tudo, sabe que tem de perseguir todos aqueles que se atrevem a ir contra a "cassete" oficial propagandeada pelos media do sistema. Foi neste contexto que surgiu o termo "fake news", que na prática é apenas um rótulo empregue pelas forças políticas e mediáticas ao serviço do sistema, para denegrir todos aqueles que falam a verdade sobre a trama maligna em curso. 

É mais do que óbvio que o termo "fake news" surgiu porque a elite reinante não está a gostar do contraditório a que está a ser sujeita pelos media alternativos e independentes. Aterrorizadas com o gradual declínio dos "mainstream media" inteiramente controlados pela elite reinante, não tardou para que as "gloriosas democracias" do Ocidente intensificassem a perseguição de todos aqueles que ousam falar a verdade e denunciar a conspiração globalista em curso. A gradual perda do seu monopólio (des)informativo, vai inevitavelmente conduzir a seu tempo a uma total descredibilização de todas as forças políticas, sociais e mediáticas ao serviço da Nova Ordem Mundial.  

A mentira monumental em que o Ocidente vive, gradualmente, está a ser desmontada e já dá sinais de estar a abrir as primeiras brechas.

Há, no entanto, que nunca esquecer que nós só chegámos à actual situação no Ocidente, devido principalmente à cobardia e à traição da parte de muitos. A cobardia de inúmeras forças políticas e sociais, associada à traição descarada de outras tantas, é de longe a principal causa da actual crise civilizacional que tomou conta do Ocidente. Enquanto não se varrer o lixo que sequestrou as estruturas de poder do Ocidente. Enquanto não se eliminar de vez estes vermes com forma humana que fazem da mentira e da traição uma profissão. Enquanto nada disto for feito, podem ter a certeza que não só não sairemos do pântano de podridão moral onde estamos atolados, como também só veremos a nossa situação colectiva piorar cada vez mais.
_________________________________________________

Notas:
[1] ROBERTS, Paul Craig - In The Western World Lies Have Displaced Truth. Institute for Political Economy, 28 de Janeiro de 2018. Link: https://www.paulcraigroberts.org/2018/01/28/western-world-lies-displaced-truth/


20 comentários:

  1. Estás uma maravilha. Grande abraço João!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio caro Valdemar. Um grande abraço para si também!

      Eliminar
  2. obvio, Cnn, washington post e pa, so fala mentira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só falam mentira e espalham propaganda e desinformação 24/7.

      Eliminar
  3. João José Horta Nobre disse...
    «(…) a "pedra angular" que permite a manutenção do poder sobre a sociedade por parte dos senhores da Nova Ordem Mundial.»

    Excelente. Não é por acaso que as caixas de comentários dos jornais e das redes sociais estão infestadas de trolls que, ao primeiro sinal de inconformidade, desatam a insultar os outros comentadores e às vezes até os próprios autores do artigo. A narrativa não pode ser contestada. Quem se atrever a fazê-lo, terá de ser destruído!


    «É mais do que óbvio que o termo "fake news" surgiu porque a elite reinante não está a gostar do contraditório a que está a ser sujeita pelos media alternativos e independentes.»

    O mais assombroso é que ainda haja pessoas que, não estando afectas aos mé(r)dia, consideram esse termo como válido. Posso dizer ao Mestre Nobre que conheço infelizmente muitas pessoas com formação e inteligência para saber melhor, mas que papagueiam insistentemente a cabala Trump-Rússia. E outros tantos que asseguram que foi a Rússia que provocou o Brexit! A lavagem cerebral funciona…


    «A gradual perda do seu monopólio (des)informativo, vai inevitavelmente conduzir a seu tempo a uma total descredibilização de todas as forças políticas, sociais e mediáticas ao serviço da Nova Ordem Mundial.»

    A menos, é claro, que eles consigam arranjar forma de censurar a internet. É preciso lembrar que a União Europeia criou um organismo anti-propaganda que, de acordo com o odioso Al-Guardian, recebe um milhão de euros por ano para contrariar as “fake news”. Além de que a Mer(d)kel e o Schulo estão a fazer cada vez mais pressão para que os “islamófobos” sejam presos!


    «A cobardia de inúmeras forças políticas e sociais, associada à traição descarada de outras tantas, é de longe a principal causa da actual crise civilizacional que tomou conta do Ocidente.»

    Plenamente de acordo! Consta que após a restauração da nossa independência, em 1640, o rei D. João IV fez questão de mandar enforcar todos os nobres e clérigos portugueses que tinham tomado o partido da causa castelhana. Caso consigamos dar a volta a isto, não nos podemos esquecer de seguir o sábio exemplo deste nosso glorioso antepassado e de fazer o mesmo aos portugueses adeptos da causa globalista!…

    Muita boa posta, caro Mestre Nobre! E claro, os vídeo do grande Black Pigeon Speaks são sempre um regalo! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Excelente. Não é por acaso que as caixas de comentários dos jornais e das redes sociais estão infestadas de trolls que, ao primeiro sinal de inconformidade, desatam a insultar os outros comentadores e às vezes até os próprios autores do artigo. A narrativa não pode ser contestada. Quem se atrever a fazê-lo, terá de ser destruído!»

      Caro Afonso, a intolerância para com quem contradiz a "cassete" oficial, já de há muito que é uma marca daqueles que laboram em prol da Nova Ordem.

      «A menos, é claro, que eles consigam arranjar forma de censurar a internet.»

      Não creio que tal seja possível caro Afonso. Eles até podem aplicar alguma censura, mas nunca vão conseguir controlar a internet por completo. Não dá. A internet é simplesmente grande demais para poder ser controlada. Nem o site do Andrew Anglin eles conseguem destruir:

      https://dailystormer.name/

      «Caso consigamos dar a volta a isto, não nos podemos esquecer de seguir o sábio exemplo deste nosso glorioso antepassado e de fazer o mesmo aos portugueses adeptos da causa globalista!…»

      A elite desta democracia abrileira que temos deve ser inteiramente levada a julgamento e estou certo de que a maior parte da mesma facilmente poderia ser condenada por traição à Pátria e condenada à morte. Eu próprio já propus abertamente a restauração da pena de morte:

      http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/06/da-necessidade-de-se-restaurar-pena-de.html

      http://historiamaximus.blogspot.pt/2015/12/a-filha-da-putice-das-elites-reinantes.html

      «Muita boa posta, caro Mestre Nobre! E claro, os vídeo do grande Black Pigeon Speaks são sempre um regalo! ;)»

      Obrigado pelo elogio caro Afonso. Tento fazer o meu melhor e acredite que com o pouquíssimo tempo livre de que disponho por estes dias, nem sempre é fácil conseguir actualizar este blog e responder a todos os comentários que os leitores aqui colocam.

      Eliminar
  4. Um grande exemplo disso tudo(relatado no post e no coment do Afonso)é precisamente a Alemanha merkeliana,vejamos A propósito https://www.infowars.com/german-refugee-worker-admits-she-was-wrong-plans-to-move-to-poland/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa idiota andou a apoiar a invasão afro-islâmica e agora está arrependida? Looooool, em lugar de a deixarem entrar na Polónia, os polacos deviam era de deportá-la de volta para a Alemanha.

      Eliminar
  5. E agora a França http://portuguesesprimeiro.org/wp/index.php/2018/02/05/eu-apoio-os-5-de-poitiers/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A propósito disso(toda o Ocidente está em grande perigo)vejamos o último do Makow https://www.henrymakow.com/2018/02/stopping-white-genocide.html

      Eliminar
    2. Caro Bilder, a Rússia de Putin não é perfeita, por enquanto vai combatendo a Nova Ordem Mundial e isso para mim é o mais importante. Ainda hoje os sírios abateram um F-16 israelita com a ajuda da tecnologia e o know-how militar fornecido por Putin:

      https://sputniknews.com/middleeast/201802101061531233-israeli-warplane-crashes/

      Eliminar
  6. Quem quiser acompanhar meus blogs(no sapo,pois tenho tido desde algum tempo sérias dificuldades em aceder a minha página de gerente no blogspot) pode ir ao link que deixei no meu último post do bilder livros do blogspot(clicar em Bilder)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou ir directo a http://bilder-livros.blogs.sapo.pt/livros-nom-nwo-402

      Eliminar
  7. O termo "fake news" apareceu para adjectivar e denunciar a palhaçada em que a "mainstream media" se tornou.

    Felizmente ao nível dos jornais já praticamente ninguém lê aquela merda e menos compram ainda.

    As televisões e as agências noticiosas não passam de retransmissores das mesmas falsidades.

    Se querem notícias sobre determinado assunto é preciso não ser carneiro e saber procurá-las.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «O termo "fake news" apareceu para adjectivar e denunciar a palhaçada em que a "mainstream media" se tornou.»

      Está errado caro Paulo Costa. Bem pelo contrário, o termo "fake news" foi cunhado pelos mainstream media para adjectivar os media independentes e que escapam ao controlo e influencia das forças da Nova Ordem Mundial. O problema para os mainstream media foi que "o feitiço virou-se contra o feiticeiro" e eles é que andam a ser expostos como sendo "fake news" e propaganda rasca.

      «Se querem notícias sobre determinado assunto é preciso não ser carneiro e saber procurá-las.»

      Concordo inteiramente!

      Eliminar
  8. "Há, no entanto, que nunca esquecer que nós só chegámos à actual situação no Ocidente, devido principalmente à cobardia e à traição da parte de muitos. A cobardia de inúmeras forças políticas e sociais, associada à traição descarada de outras tantas, é de longe a principal causa da actual crise civilizacional que tomou conta do Ocidente. "---------------De acordo,no entanto há que somar a esses os ingénuos que alinharam(e alinham) nas "cantigas" das igualdades e outras utopias(que dão por norma em distopias)usadas cinicamente por ideologos/partidos(e por organizações internacionais) para enganar grande parte da populaça/eleitores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grandes dúvidas em relação à Russia(e a Putin)e sua relação com o Ocidente(leia-se USA/cabala globalista)se levantam,por exemplo aqui neste site http://redefininggod.com/2018/01/globalist-agenda-watch-2018/

      Eliminar
  9. "em 1640, o rei D. João IV fez questão de mandar enforcar todos os nobres e clérigos portugueses que tinham tomado o partido da causa castelhana. Caso consigamos dar a volta a isto, não nos podemos esquecer de seguir o sábio exemplo deste nosso glorioso antepassado e de fazer o mesmo aos portugueses adeptos da causa globalista!…"

    O que é isto?

    A única coisa que tem de ser feita é afastar a mediocridade e os traidores do poder, não é necessário nem desejável massacrar sectores inteiros da população.

    Eu sei que o João faz tudo o que pode para não dividir e unificar, mas nestas coisas, desculpe, não estou de acordo com este tipo de posições e não compactuo com isto

    Nós somos pela verdade, pela pureza do espírito ariano, não somos assassinos nem psicopatas. Não contem comigo para este tipo de degredo. Estou certo que o João também não alinha nisso.

    massacres gratuitos e vingativos nada têm de ariano, isso é a escola do inimigos é a imagem que querem projectar nos arianos.

    Eu sei que a situação não é fácil mas não dêem munição ao inimigo, com merdas dessas podem muito facilmente meterem-nos a todos na prisão.

    Mais calma ok.

    não costumo comentar muito pq concordo quase sempre com o autor deste blogue, mas achei que devia fazer este comentário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «A única coisa que tem de ser feita é afastar a mediocridade e os traidores do poder, não é necessário nem desejável massacrar sectores inteiros da população.»

      Caro Anónimo, não me parece que o Afonso tenha alguma vez proposto que se massacrassem "sectores inteiros da população". O que ele propôs foi exactamente o mesmo que eu próprio já propus anteriormente, ou seja, que se julguem e condenem à morte os responsáveis pelo actual estado a que chegou o nosso País.

      «massacres gratuitos e vingativos nada têm de ariano, isso é a escola do inimigos é a imagem que querem projectar nos arianos.»

      Volto a repetir: ninguém propôs nenhum "massacre gratuito", mas sim, o julgamento e respectiva execução em moldes legais, dos responsáveis a que Portugal chegou. Obviamente que tal só poderia feito mediante uma mudança de regime que arrastasse consigo uma suspensão imediata da actual Constituição que foi, de resto, escrita por inimigos de Portugal e imposta ao País à margem de qualquer espécie de consulta popular.

      «Eu sei que a situação não é fácil mas não dêem munição ao inimigo, com merdas dessas podem muito facilmente meterem-nos a todos na prisão.»

      Caro Anónimo, não é, nem nunca foi crime defender a restauração legal da pena de morte. Você, eu e qualquer pessoa, temos todos o direito a dizer ou escrever que somos pela restauração da pena de morte. Isto não é, nem nunca foi crime.

      «não costumo comentar muito pq concordo quase sempre com o autor deste blogue, mas achei que devia fazer este comentário.»

      Lol, fico-lhe grato pelo elogio.

      Abraço ;)

      Eliminar
    2. João José Horta Nobre disse...
      «Caro Anónimo, não me parece que o Afonso tenha alguma vez proposto que se massacrassem "sectores inteiros da população".»

      Como é óbvio... mas esse "anónimo", que é o mesmo paspalho que já me atacou várias vezes neste espaço a coberto do "anonimato" (embora tenha o cinismo de me criticar por "não dar a cara") e que tem a cara-de-pau de dizer que nenhum nacionalista apoiou o antifa Lá La Cardo (quando nós vimos perfeitamente o cabrão do brunácio e a prostituta santrollesca a fazê-lo), só consegue argumentar assim, atribuindo aos outros palavras que eles nunca disseram e posições que eles nunca tomaram.

      Mas depois ainda tem a distinta lata de dizer que "é pela verdade", o animal! Estes nazis são mesmo assim, uma contradição constante. Depois ficam muito admirados por ninguém se querer associar a eles! Bando de atrasados mentais!...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...