quinta-feira, 10 de maio de 2018

Com o Abandono do Acordo Nuclear Com o Irão, Trump Confirmou Perante o Mundo Que os Estados Unidos Não Passam de um Estado Vassalo de Israel





O abandono por parte dos Estados Unidos, do Acordo Nuclear com o Irão no passado dia 8 de Maio, não deve surpreender ninguém, sendo que se trata apenas de mais um capítulo na longa guerra que o Sionismo empreende há décadas contra o povo iraniano, na sua senda megalómana para implementar o Plano Yinon e levar assim a bom porto a criação do "Grande Israel". Existem, para já, três ilações principais que podemos retirar da decisão de Trump de sair do acordo nuclear com o Irão:

1º - Os Estados Unidos confirmaram de forma definitiva perante o Mundo civilizado, que os mesmos não passam de um Estado vassalo de Israel. É agora nítido que as elites judaicas em controlo da Casa Branca, detêm um poder total sobre a política externa dos Estados Unidos, a ponto de conseguirem impor com sucesso uma agenda que não só é totalmente contrária aos interesses de Washington, como também coloca em risco a vida dos militares americanos, que estão literalmente a ser usados por Israel como "carne para canhão" (mas lá está, desde quando é que a vida dos goyim passou a ter qualquer espécie de valor para a escumalha sionista? Tob shebbe goyim harog, não é assim?...).

2º - A capitulação de Trump perante a criminosa agenda sionista é agora total e irreversível. Eu já tinha escrito há alguns meses que e passo a citar: «não acredito que haja já qualquer possibilidade de se poder salvar a presidência de Trump. O fiasco monumental em que se transformou o "Trumpismo", derrotou de vez a minha esperança de alguma ver um Presidente americano a conseguir libertar o meu país-irmão das garras da tirania israelita.» As elites judaicas em controlo do establishment político americano, vão continuar a agir de acordo com os melhores interesses de Israel e isto por sua vez significa que o risco de os Estados Unidos entrarem em confronto directo com a República Islâmica do Irão ou mesmo até com a Rússia, é cada vez maior. Não é segredo nenhum que os judeus que parasitam nos think tanks neocons e nos media do "sistema", como o "Jew" York Times e a apócrifa CNN, têm um ódio absolutamente visceral e assassino ao povo russo e à Rússia. Aliás, a actual obsessão sionista com o Irão, na verdade, é apenas um pequeno passo no grande plano da judiaria internacional para destruir a Rússia. Do ponto de vista geopolítico, o cartel globalista que é controlado pelas elites judaico-sionistas, necessita de controlar o Irão, de forma a cercar, isolar e posteriormente desmantelar a Federação Russa. 




3º - O Mundo civilizado, começando pela Rússia e China, se ainda não perceberam, devem de perceber de uma vez por todas que a palavra dos ianques não vale sequer o papel em que a mesma está escrita. Qualquer acordo ou tratado que seja selado com os Estados Unidos, na realidade, está a ser selado com o lobby judaico que controla os Estados Unidos. Historicamente, esta gente tem demonstrado que não só não passam de um bando de falsos e trapaceiros, como também possuem uma tremenda tendência para não honrar a sua palavra.

O Estado de Israel transformou-se num cancro que se não for atempadamente tratado, acabará por  inevitavelmente arrastar o Mundo rumo à Terceira Guerra Mundial. Não existe qualquer possibilidade de se conseguir alguma vez alcançar a paz no Médio Oriente, enquanto Israel não for devidamente isolado do Mundo civilizado e desarmado por via de sanções económicas tão duras e extremas, que os sionistas se vejam obrigados a abdicar das suas armas nucleares, de forma a poderem sequer comer. O cerco implacável e genocida a que os palestinianos hoje estão sujeitos na Faixa de Gaza, é o mesmo tipo de cerco a que todo o Estado de Israel no futuro deve de ser submetido, até este abdicar de todas as suas armas nucleares, biológicas e químicas

Donald Trump teve nas suas mãos a oportunidade de ficar para a história como o Presidente que fez frente ao "sistema". Em lugar disso, ele preferiu vender-se aos sionistas, alienando assim definitivamente uma parte significativa daqueles que o elegeram e garantindo também que não voltará a ser reeleito como Presidente dos Estados Unidos em 2020. O "Trumpismo" tem os dias contados e no fundo, é melhor que assim seja, pois já deu para perceber que Trump não só não tem quaisquer condições para derrotar o "sistema", como também não possui a coragem para denunciar abertamente as elites judaicas que ingloriamente reduziram os Estados Unidos a uma prostituta de Israel.

João José Horta Nobre
10 de Maio de 2018


14 comentários:

  1. José Carlos Lusitano Costa11 de maio de 2018 às 00:24

    Israel é um Pais pequeno em comparação com o Irão...talvez melhor armado militarmente..mas se o Irão decidir atacar em força não será muito dificil acabar com Israel..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois da coça humilhante que levaram no Libano em que os todos poderosos e supostamente invenciveis tanques Merkava foram destruidos aos mangotes que acabaram por debandar, tenho serias duvidas.
      Sentem é as costas quentes com o apoio do estado vassalo. Ja agora no ultimo ataque que fizeram a Siria os caças Isrealitas utilizaram um sinal de transponder (aparelho emissor-receptor que responde automaticamente a uma mensagem de identificação, ao sinal de um radar) falsificado para se fazerem passar por caças dos eua. Isto é do mais reles e sujo mas so mostra que teem de recorrer a estes expedientes pois não são assim tam bons quanto pintamm.

      public void man()

      Eliminar
    2. Israel está a entrar em desespero e isso vê-se no aumento dramático tanto do número, como da dimensão dos seus raids aéreos contra alvos na Síria. Uma coisa me parece certa: os ayatollahs vieram para ficar e quanto mais Israel os acossar, mais determinados eles vão estar em fixarem-se na fronteira da Síria com Israel. Os persas nunca foram "pêra doce" e são um inimigo muito mais capaz, sábio e poderoso do que os tradicionais inimigos árabes que os israelitas estão habituados a combater.

      Eliminar
  2. e' hora da populacao mundial exigir ha ONU, a inspecao em israel sobre armas quimicas e nucleares. israel nunca foi inspeccionado ate hoje .
    segundo consta tem mais ogivas nucleares que o mundo inteiro.

    e' hora do povo exigir intervencao da proibicao de armas quimicas e nuclear em isarel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vassalos tem que tomar no rabicó mesmo heheheheh.

      Eliminar
    2. Vhsparadvd Conversão11 de maio de 2018 às 08:41

      erro de imbecis, ou satanás agindo na 3 guerra, o Irã já possui tecnologias icbm avançadas seus misseis vão além do oriente médio até a Europa e um passo de chegar aos EUA. isso não é novidade, seus cientistas são brilhantes tanto de engenharia, fisica nuclear, engenharia da computação o Irã é um pais que investe muito em educação e os resultados estão aí... mexer com o irã é mexer com um vespeiro o país tem cidadelas subterraneas de misseis movéis por todo o país... e as sanções dos EUA é a sanções dos tolos a mesma do ouro dos tolos...

      Eliminar
  3. Trump é um idiota útil dos judeus já muito tempo, já que o seu genro é judeu!

    ResponderEliminar
  4. A IIIGM é inevitável (como foram as duas primeiras), está nos planos maçônicos a mais de cem anos. Vide Albert Pike.
    O Irã é só mais uma etapa, vencendo cada uma das etapas, firme e metodicamente, os judeus e maçons implantarão o Terceiro Templo em Jerusalém e a Religião Universal. Tudo está previsto e bem arquitetado há séculos. Somente Cristo e a Virgem Santíssima, no tempo certo, triunfará sobre eles. Leiam o livro "A conjuração Anticristã - Henry de Lassus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vhsparadvd Conversão12 de maio de 2018 às 02:25

      Não existe nações amigas aliadas, o que existe é jogo de interesses... EUA art.171 demonio disfarsado de heróis só compra quem não conhece... corporatocracia cartel dos falsos bancos centrais, cartel das petroliferas as 7 irmãs do petróleo, cartel das indústrias de armamento.... =satanás...

      Eliminar
    2. Tudo que se afirma dizendo , lendo e ou escrevendo tem grande tendência a se tornar realidade , por repetidas vezes , a coisa vai ocorrer de fato !!! O que Nostradamos previu em sua época sobre o Nosso tempo atual tende a acontecer sim , o inconsciente coletivo das massas associado a ação dos espíritos trevosos vão mais cedo ou sem tardar provocar novas destruições neste planeta ,se é fato necessário não sei, fato lamentável tenho certeza !

      Eliminar
  5. https://fitzinfo.wordpress.com/2018/03/10/putin-dossier/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos esperar para ver. Até agora, a política externa de Putin tem aparentemnte ido no setido contrário à da Agenda da Nova Ordem Mundial. Se que existem imensas "pontas soltas" no Putinismo e que o passado de Putin é um tanto ou quanto misterioso, mas lá está, até prova em contrário eu não me vou meter a atacar o Presidente Putin. Vamos esperar para ver e ter calma, muita calma para enfrentar a tempestade.

      Eliminar
    2. Já agora, o Anónimo das 20:43 que por favor faça o favor de ler isto:

      http://thesaker.is/putin-and-israel-a-complex-and-multi-layered-relationship/

      Eliminar
  6. @Manuel Silva

    Então mas o Trump não e um simpatizante Russo que ganhou as eleições devido a intreferêcia Russa. Esta a ser investigado pelo FBI e CIA e tem sido amplamente noticiado. No que ficamos então ?????

    public void man()

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...